Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4198
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Jogando flores no mar: as religiões afrobrasileiras na percepção dos estudantes do ensino fundamental em João Pessoa/PB.
metadata.dc.creator: Silva, Paula Maria Fernandes da
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, José Antonio Novaes da
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação tem como objetivo analisar a percepção dos estudantes do ensino religioso sobre as manifestações religiosas afrobrasileiras procurando identificar se está vem sendo trabalhada conforme propõe a atual Lei de Diretrizes de Base LDB, os Parâmetros Curriculares Nacionais PCN s e a Lei 10.639/03. Para tanto traçamos um histórico das religiões de matrizes africanas, uma vez que as histórias dessas religiões no Brasil estão entrelaçadas com a história do país e da luta das/ dos negras/negros escravizados (as) e afrodescendentes. As religiões afrobrasileiras têm seus primeiros registros no século XVI, com os Calundus, que posteriormente dá base para estruturação do Candomblé, que tem os primeiros terreiros fundados na Bahia. Na Paraíba as religiões afrobrasileiras de maior visibilidade são os Candomblés, a Umbanda e a Jurema. Discorremos também acerca da intolerância religiosa, uma vez que na atualidade verificamos que as práticas de cultos de matrizes africanas são perseguidos, principalmente pelos neopentecostais. Todavia, apesar da resistência o Candomblé, assim como outros cultos da cultura afrobrasileira até as primeiras décadas do século XX não eram aceitos pela sociedade como parte da nossa identidade. Embora hoje haja amparo legal com leis que assegurem a liberdade religiosa são verificadas discriminações contra os praticantes das religiões afrobrasileiras. Para compreender melhor esses cultos no contexto do Ensino religioso acerca da institucionalização desse componente curricular, onde conceituamos religião, compreendemos a educação como algo presente em nossa sociedade agindo pelos processos de ensinar e aprender discutimos o Ensino Religioso, enquanto componente curricular; discutimos a Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional LDB de 1996, sua nova redação dada ao seu artigo 33 e os Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Religioso PCNER; e a aplicabilidade desses na Paraíba. Depois de toda essa contextualização trazemos as religiões afrobrasileiras na percepção dos estudantes do Ensino Fundamental em João Pessoa/PB. Assim podemos verificar como é difícil a aceitação e reconhecimento dessas manifestações religiosas pela sociedade e por extensão no universo escolar, que mesmo essas religiões fazendo parte da construção de nossa identidade cultural elas vêm ao longo de nossa história ficando à margem da sociedade.
Keywords: Religiões afrobrasileiras
Ensino Religioso
Ciências das Religiões
Afro-Brazilian Religions
Religious Education
Science of Religions
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciência das Religiões
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Ciências das Religiões
Citation: SILVA, Paula Maria Fernandes da. Jogando flores no mar: as religiões afrobrasileiras na percepção dos estudantes do ensino fundamental em João Pessoa/PB.. 2011. 163 f. Dissertação (Mestrado em Ciência das Religiões) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4198
Issue Date: 25-Aug-2011
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf3,28 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.