Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4234
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Resiliência, religiosidade e sentido de vida em mulheres com câncer de mama
Other Titles: Resilience, Religiosity and Life Sense in women s with breast cancer
metadata.dc.creator: Amaro, Luana da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Klüppel, Berta Lúcia Pinheiro
metadata.dc.description.resumo: O Câncer de mama continua sendo uma das maiores causas de morte de pessoas do sexo feminino no mundo, mesmo com os grandes avanços terapêuticos. No Brasil, ele tem sido maior causa de óbitos na população feminina, principalmente na faixa etária entre 40 e 69 anos. Além da incidência da enfermidade, nas últimas décadas, também são expressivas as características do tratamento o qual demanda, por vezes, um período considerável de hospitalização ou idas e vindas ao hospital, expõe a paciente a diversos procedimentos invasivos, dolorosos e desagradáveis tanto no âmbito físico quanto emocional. Sendo assim, o objetivo deste estudo é investigar os fatores que podem promover o comportamento resiliente em pacientes com câncer de mama, verificar junto às pacientes as formas de enfrentamento diante das crenças, comportamentos e afetos em relação à patologia e ao tratamento e analisar as possíveis relações entre religiosidade e sentido de vida no enfrentamento da doença. Tratase de uma pesquisa exploratória e descritiva com uma abordagem qualitativa e quantitativa. Os instrumentos utilizados para a coleta dos dados foram: o questionário sócio demográfico e de dados clínicos; a escala de Coping Religioso e Espiritual Abreviada - CRE BREVE, o Questionário do Sentido de Vida; a entrevista Semi-Estruturada baseada na modalidade da história oral temática e o Diário de Campo. A amostra foi composta por 50 pacientes de duas organizações não governamentais situadas na cidade de João Pessoa-PB, com média de idade de 46,34 anos. O tempo de diagnóstico esteve entre 2 e 6 meses (62%) e entre 7 e 12 meses (38%) e encontravam-se vivenciando algum tipo de terapêutica: 28 % estavam sob tratamento por quimioterapia; 24 % por hormonioterapia; 16% por radioterapia e 4% realizando a imunoterapia, após terem se submetido, ou não à mastectomia. Os resultados apontaram como fatores de Resiliência no presente estudo: o apoio oriundo da família, dos amigos, do Grupo de apoio à mulher com câncer; a percepção de que outras pessoas precisam delas e a espiritualidade/religiosidade, que estão agrupadas como realização de valores vivenciais. As participantes conseguiram ressignificar o momento que estavam vivendo, transformando características da personalidade e a visão de mundo alcançando, assim, a realização de valores atitudinais, encontrando sentido diante do sofrimento inevitável. Ficou evidente que as participantes utilizaram maior índice de Coping Religioso Espiritual positivo (M= 3,3 DP = 0,6) que abrange estratégias que proporcionam efeito benéfico/positivo ao praticante, contudo, utilizaram o Coping Religioso Espiritual negativo em menor grau (M= 1,7 DP= 0,7). Os resultados também apontaram maior realização de sentido (M=6,0 DP=0,8). Indicando que as participantes embora estivessem vivenciando o processo de câncer de mama, conseguiram perceber sentido na vida. Foram encontradas algumas correlações entre o Coping Religioso Espiritual e o Sentido da Vida: a dimensão positiva desta escala, que aborda a busca de ajuda espiritual, correlacionou-se positivamente com o fator busca de sentido (r = 0,2; p<_0,05), assim como houve correlação entre o fator idade e a dimensão positiva do CRE: Oferta de ajuda ao outro, (r=0,2; p<0,05). Conclui-se que a espiritualidade/religiosidade nesta amostra, favoreceu uma nova percepção referente ao câncer de mama, alem de bem estar e esperança, bem como contribuiu para a ressignificação da vida das participantes.
Abstract: The breast cancer continues to be one of the top causes of death of female people in the world, even with the great therapeutic advancements. In Brazil, it has been the biggest cause of death in the female population, mainly in the age group between 40 and 69 years. Beyond the incidence of the infirmity, in the last decades, the characteristics of the treatment are also expressive, what demands, sometimes, a considerable period of hospitalization or forwards and backwards to the hospital, exposes the patient to diverse invasive procedures, which are painful and unpleasant in the physical and emotional ranges. Thus, the objective of this study is to investigate the factors that can promote a resilient behavior in patients with breast cancer, to verify with the patients the forms of confrontation in the face of beliefs, behaviors and affections in relation to the pathology and to the treatment and to analyze the possible relations between religiosity and life sense in the confront of the disease. It is an exploratory and descriptive research with a qualitative and quantitative approach. The instruments used to data collection were: the social demographic and clinic data questioning; the Coping Religioso and Espiritual Abreviada scale - CRE BREVE, the Life Sense Questioning; the Semi-Structured interview based on the modality of thematic oral history and the Field Diary. The sample was composed by 50 patients of two non-governmental organizations placed in the city of João Pessoa-PB, with 46,34 age average. The diagnostic time was between 2 and 6 months (62%) and between 7 and 12 months (38%), and they were having therapeutic treatments: 28% was receiving chemotherapy; 24% hormontherapy; 16% radiotherapy and 4% were realizing the immunotherapy, after to be, or not, submitted to mastectomy. The results pointed as factors of Resilience in the present study: the support from family, friends and the support Group to woman with cancer; the perception that other people need them and the spirituality/religiosity, which are grouped as realization of living values. The patients were able to redefine the moment they were living, transforming the personality characteristics and the world vision, achieving the realization of attitudinal values, finding sense in front of the inevitable suffering. It was evident that the participants used a higher grade of Coping Religioso and Espiritual positive (M= 3,3 DP = 0,6) which contemplates strategies that provide benefic/positive effect to the practitioner, however, they used the Coping Religioso and Espiritual negative in lesser extent (M= 1,7 DP= 0,7). The results also pointed a higher realization of sense (M=6,0 DP=0,8). Indicating that the participants despite living the process or breast cancer, could perceive sense in life. Some correlations between the Coping Religioso and Espiritual and the Life Sense were found: the positive dimension of this scale, which approaches the spiritual seeking care, was correlated positively with the factor sense seeking (r = 0,2; p<_0,05), as well as there was a correlation between the factor age and the positive dimension of CRE: Offer to help others, (r=0,2; p<0,05). It concludes that the spirituality/religiosity in this sample, favored a new perception referent to the breast cancer, beyond well-being and hope, and it contributed to the resignification of the participants life.
Keywords: Resiliência
Religiosidade
Câncer de mama
Sentido da Vida
Resilience
Religiosity
Breast cancer
Life Sense
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciência das Religiões
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Ciências das Religiões
Citation: AMARO, Luana da Silva. Resilience, Religiosity and Life Sense in women s with breast cancer. 2014. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ciência das Religiões) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4234
Issue Date: 18-Jul-2014
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf18,05 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.