Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/448
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Adição de cinza da lenha de algaroba (Prosopis juliflora) em massa cerâmica para revestimento
metadata.dc.creator: Santos, Leonardo Leandro dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Campos, Liszandra Fernanda Araújo
metadata.dc.description.resumo: Estima-se que existam 500 mil hectares de algarobeiras (Prosopis juliflora) plantadas no Nordeste, 45% do montante só na Paraíba. No Estado, a lenha é utilizada quase que exclusivamente como combustível nos fornos de secagem e queima de produtos cerâmicos nas olarias, gerando uma cinza como resíduo/subproduto. As cinzas da lenha de algaroba apresentam elevadas concentrações de metais alcalinos e alcalinos-terrosos, principalmente CaO e K2O. O presente trabalho estuda a utilização desse resíduo na indústria de placas cerâmicas para revestimentos, em substituição ao feldspato. Foram definidas 13 formulações com iguais proporções de argila, caulim e quartzo, e o resíduo (variando de 5 a 20%, ainda sob três perspectivas granulométricas), e confeccionados corpos de prova de dimensões 110 mm x 55 mm x 8 mm em matriz uniaxial, com pressão de compactação de 15 MPa. As amostras foram sinterizadas em três níveis de temperatura, 1160°C, 1190°C e 1220°C, com patamar de queima de 20 minutos. Foram realizados ensaios para caracterização das matérias-primas por fluorescência de raios-X, difração de raios-X, AG, DTA e ATG, e analisados os resultados de absorção de água, porosidade e massa específica aparentes, retração linear e tensão de ruptura à flexão. Os corpos de prova com adição de 5 e 10% de cinzas, de granulometria -#35 +#60 (250 μm < tamanho de partícula < 500 μm), sinterizados a 1220°C, apresentaram resultados de absorção de água de 0,99% e 0,62%, respectivamente, o que segundo as normas ABNT, ASTM e ISO podem ser classificados como grês porcelanato, e resistência à flexão de 23,3 e 23,0 MPa, respectivamente, caracterizando-os como materiais de revestimento.
Abstract: It is estimated that there are 500,000 acres of mesquite (Prosopis juliflora) planted in the Brazilian Northeast, 45% only on State of Paraíba. In State, the wood is used almost exclusively as fuel on drying kilns and firing of ceramic products in brick kilns, generating ash as residue. These ashes contain a high concentration of alkaline metals and earth metals, mainly CaO and K2O. This work studies the use of this residue in the ceramic tiles industry, in substitution to the feldspar. Thirteen mixtures with equal ratios of clay, kaolin and quartz, and the residue (varying from 5% to 20%, still under three granulometric perspectives), and prepared specimens of dimensions 110 mm x 55 mm x 8 mm in uniaxial tool die, with compacting pressure of 15 MPa. The samples were fired in three different temperatures: 1160°C, 1190°C and 1220°C, during 20 minutes, and characterized by means of X-ray fluorescence, X-ray diffraction, gravimetric thermal analysis and differential thermal analysis. The results of water absorption, apparent porosity and specific mass, linear shrinkage and flexural strength were also analysed. The specimens with addition of 5 and 10% ash, of granulometric -#35 +#60 (250 μm < particle size < 500 μm), fired in 1220°C, presented results of water absorption of 0.99% and 0.62%, respectively, which according to the ABNT, ASTM and ISO standards can be classified as stoneware tiles, and flexural strength of 23.3 and 23.0 MPa, respectively, being classified as coating materials.
Keywords: Engenharia de materiais
Cerâmica
Revestimento
Cinza da lenha de algaroba
Feldspato
Resíduo
Materials engineering
Ceramic
Coating material
Mesquite firewood ash
Feldspar
Residue
metadata.dc.subject.cnpq: ENGENHARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Engenharia de Materiais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais
Citation: SANTOS, Leonardo Leandro dos. Adição de cinza da lenha de algaroba (Prosopis juliflora) em massa cerâmica para revestimento. 2014. 154 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Materiais) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/448
Issue Date: 26-Feb-2014
Appears in Collections:Centro de Tecnologia (CT) - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aquivototal.pdf4,35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.