Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4665
metadata.dc.type: Tese
Title: Subjetividade e educação: um olhar a partir dos sujeitos das feiras agroecológicas solidárias populares.
metadata.dc.creator: Silva, Nelsania Batista da
metadata.dc.contributor.advisor1: Cardoso, Carlos Augusto de Amorim
metadata.dc.description.resumo: A presente tese analisa a constituição de subjetividades presente na organização das feiras agroecológicas solidárias populares no estado da Paraíba. A subjetividade é entendida como produção humana intersubjetiva constituída nas relações entre sujeitos e o mundo. Utilizamos procedimentos metodológicos baseados na concepção dialética, tendo como técnicas de investigação: observações, conversas informais e entrevistas semiestruturadas. A pesquisa buscou fundamentos teóricos epistemológicos nas concepções de Vygotsky, Kosik, Rey, Duarte, Athayde, Clot, Molon, Bock, Freire, Brandão. A pesquisa demonstra pistas referentes à constituição da subjetividade humana na organização social de camponeses e camponesas que realizam um trabalho que envolve compromisso ético da produção sem produtos contaminados com venenos, pesticidas ou outros tipos de agrotóxicos. Além da relação de cuidado com o meio ambiente e com as relações estabelecidas no curso das experiências, relações essas que promovem subjetividades no percurso de transformação de suas realidades. Para tanto, defendemos a seguinte proposição: na organização social das feiras agroecológicas, através da prática de educação popular, encontra-se em curso a produção de subjetividades que promovem relações de emancipação entre os sujeitos envolvidos. Visto que, ao se relacionarem com os outros, na perspectiva de transformação de suas vidas, permeados pelos princípios educativos da educação popular produzem subjetividades que contribuem para os processos desencadeadores de autonomia. São demonstradas as relações que se constituem ao longo das experiências, seja pela relevância social do trabalho, pela relação de cooperação com o outro ou pelo reconhecimento da experiência em termos de possibilidades de ampliação do potencial de elevação do sujeito.
Abstract: This thesis analyzes the constitution of subjectivities present in the organization of the Popular Solidarity Agroecological Fairs in the State of Paraiba. The subjectivity is understood as an intersubjective human production constituted in the relations between the individuals and the world. We used methodological procedures based on the dialectic conception, and having as techniques of investigation: observations, informal conversations and semi-structured interviews. Our research was based on epistemological theories such as the conceptions of Vygotsky, Kosik, Rey, Duarte, Athayde, Clot, Molon, Bock, Freire, Brandão. The research shows clues regarding the constitution of human subjectivity in the social organization of female and male peasants who perform a work that involves ethical commitment, concerning the production without the use of products contaminated with poisons, pesticides or other types of agrochemical products. Besides the caring relation with the environment and with the relations that are established in the course of the experiments. Such relations being responsible for the promotion of these subjectivities in the transforming processes of their realities and, to do so, we advocate the following proposition: in the social organization of the Agroecological Fairs, through the practice of Popular Education, it is ongoing the production of subjectivities that promote relations of emancipation among the subjects involved. Once when relating to others, in the perspective of transforming their lives, and based by the educational principles of Popular Education, these individuals produce subjectivities that contribute to the triggering processes of autonomy. Stated in the relations that constitute themselves throughout the experiments, either because of the social relevance of the work, the cooperative relationship with each other or the recognition of the experience in terms of possibilities for expanding the potential concerns the emancipation of the subject.
Keywords: Educação
Emancipação
Subjetividade
Trabalho
Subjectivity
Work
Education
Emancipation
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Educação
Citation: SILVA, Nelsania Batista da. Subjetividade e educação: um olhar a partir dos sujeitos das feiras agroecológicas solidárias populares.. 2012. 205 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4665
Issue Date: 16-Mar-2012
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf3,91 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.