Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4733
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Leituras pedagógicas das crianças com deficiência em creches e pré-escolas de Campina Grande-PB
metadata.dc.creator: Lima, Maria Betania Barbosa da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Melo, Ana Dorziat Barbosa de
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho trata da política de inclusão na Educação Infantil da rede municipal de Campina Grande Paraíba. Partimos do pressuposto de que embora haja, por parte da política da educação inclusiva, uma orientação em matricular todas as crianças, inclusive as consideradas com deficiência, na escola regular, oferecendo as condições necessárias para sua participação nas propostas educativas, muitas vezes, há contradições na natureza da própria lei que reverberam na prática, dificultando o processo pedagógico como um todo. Com base nessas considerações, tivemos por objetivo analisar a Política de Inclusão de crianças com deficiências nas Creches e Pré-escolas municipais de Campina Grande. Para tanto, nos baseamos em produções que abordam sobre Educação Infantil, infância, inclusão, identidade, diferença e políticas e práticas de inclusão, recorrendo às contribuições teóricas de autores como Bujes (2005), Sarmento et. al (2006), Hall (2009), Silva (2009), Woodward (2009), Veiga-Neto (2001, 2005) Abramowicz (2001), Dorziat (2006, 2007, 2009a, 2009b, 2010, 2011), Laplane (2007), Lopes (2007), Glat (2007), Garcia (2008), Ferreira e Ferreira (2007), entre outros. O campo da pesquisa foi composto por três Creches e Pré-escolas, com a participação de nove professoras do Atendimento Educacional Especializado (AEE) e Sala Regular (SR). Através de entrevistas semi-estruturadas e observações, obtivemos dados que indicaram que a Política de Inclusão desenvolvida pela SEDUC para Educação Infantil se materializa apenas no Atendimento Educacional Especializado AEE, com a participação das professoras designadas para esse atendimento. Ficou patente a desarticulação das professoras do AEE com as da SR, deixando à mostra a ausência de um trabalho coletivo e, como consequência, o desconhecimento das professoras das SR sobre o AEE, bem como a sua não participação na formação continuada. Essa falta de articulação/conhecimento/participação das professoras se reflete em práticas pedagógicas que acabam por excluir as crianças com deficiência de experiências fundamentais para o seu desenvolvimento infantil.
Abstract: This Project is about the policy of inclusion on the Elementary school of the municipal net in Campina Grande Paraíba. It was observed that although there is guidance in order to enroll all the children with some kind of disability in the regular school, giving the necessary conditions to them to take part of the educational activities, there are sometimes contradiction on the law that reverberates in the practice, making it difficult the pedagogical process as a whole. Based on these considerations, we have the aim to analyse the policy of inclusion of handicapped children on the municipal daycare centers and elementary schools in Campina Grande. Our productions are based on authors that write about elementary school, childhood, inclusion, identity, differences and policy and practice of inclusion, such as: Bujes (2005), Sarmento et al. (2006), Hall (2009), Silva (2009), Woodward (2009), Veiga-Neto (2001, 2005), Abramowicz (2001), Dorziat (2006, 2007, 2009a, 2009b, 2010, 2011), Laplane (2007), Lopes (2007), Glat (2007), Garcia (2008), Ferreira e Ferreira (2007), among others. The field of the research was three daycare centers and elementary schools, where nine teachers of the Atendimento Educacional Especializado (AEE) , specialized Educational Service and Regular Classrooms (RC). Through semi structured interviews and observations, we got informations that indicate that the policy of inclusion that is developed by Preschool to materialize only in the Atendimento Educacional Especializado Specialized Educational Service AEE, with the participation of the appointed teachers to the service. It was clear the disconnection between the teachers of the AEE and the ones of Regular classrooms, without a collective work and as a result, the teachers of Regular classrooms did not know about AEE, as well they do not take part in the angoing training. This lack of connection/ knowledge/participation of the teachers is reflected in pedagogical practices that end up excluding handicapped children from essential experiences to their development.
Keywords: Política de inclusão
Educação infantil
Criança com deficiência
Policy of inclusion
Elementary school
Handicapped children
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: LIMA, Maria Betania Barbosa da Silva. Leituras pedagógicas das crianças com deficiência em creches e pré-escolas de Campina Grande-PB. 2012. 127 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4733
Issue Date: 27-Aug-2012
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf713,55 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.