Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5111
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Direitos Reprodutivos: conhecimento e estratégias de promoção da saúde para o empoderamento do homem.
Other Titles: Reproductive rights: knowledge and strategies for health promotion for man s empowerment.
metadata.dc.creator: Oliveira, Karla Maria Duarte Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Fontes, Wilma Dias de
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo tem como temática central o empoderamento do homem acerca dos direitos reprodutivos. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo, desenvolvido nas unidades de saúde do Distrito Sanitário III no município de João Pessoa PB/Brasil. Objetivou investigar a compreensão dos direitos reprodutivos dos homens a partir das falas dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS), bem como, identificar estratégias de promoção da saúde do homem no exercício desses direitos. Os dados foram coletados por meio de entrevista realizada com 25 ACS, os quais integram a equipe de saúde da família pertencentes ao referido local de estudo, no período de junho a agosto 2012. Para a realização da pesquisa foi preconizado às normas da Resolução n° 196/96 do Conselho Nacional de Saúde sobre pesquisa envolvendo seres humanos e da Resolução n° 311/2007 do Conselho Federal de Enfermagem. Para a análise dos resultados da pesquisa optou-se pela técnica de análise de conteúdo, proposta por Bardin. Os resultados alcançados constataram que há déficits de conhecimento dos ACS acerca dos direitos reprodutivos e a participação do homem nas ações que envolvem a saúde reprodutiva, no entanto, revelam uma percepção de mudança no papel do homem acerca do planejamento familiar e acompanhamento do ciclo gravídico-puerperal. A partir destas constatações, os ACS apontaram como estratégias para o empoderamento do homem na promoção da saúde reprodutiva: a visita domiciliar, ações dialógicas para a conscientização, campanhas educativas, maior atuação da Atenção Básica na divulgação da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem e na construção de uma metodologia que favoreça a inserção da população masculina ancorada em uma política inclusiva, a partir das demandas prioritárias, bem como a instrumentalização multiprofissional para o cuidado com o homem. Desse modo, conclui-se que uma vez vencida a barreira em discutir o significado do ser masculino e feminino nas questões que englobam a saúde reprodutiva, encarando-o como ser-cidadão, o homem poderá se reconhecer como sujeito de direitos reprodutivos, atuando como co-responsáveis nas ações da vida reprodutiva do casal.
Abstract: The study has as central issue the discussion of man s empowerment in relation to reproductive rights in the Health Communitarian Agents´ point of view. It is an exploratory-descriptive research accomplished in the health units of Distrito Sanitário III, in João Pessoa PB. It aimed at perceiving the knowledge of Health Communitarian Agents about reproductive rights and man s participation in the practice of these rights as well as identifying man s empowerment strategies while practicing the reproductive rights. Data were collected by means of interview fulfilled with 25 agents who make up the health family team of the mentioned study place, in the period from June to August 2012. For the accomplishment of the research the Resolution rules n° 196/96 of the Health National Council were observed in reference to research involving human beings and the Resolution n° 311/2007 of the Federal Council of Nursing by acquiring assent by the Research Ethics Committee of the Health Science Center of the Federal University of Paraíba, under the n° 0309/12 and CAEE: 02190312.7.0000.5188. Data were analyzed through Bardin´s content analysis technique. Results realized that there are deficits regarding the health communitarian agents´ understanding on reproductive rights and man s participation in actions involving reproductive health. Nevertheless, a real change in man s role about family planning and the follow-up of the pregnancy-puerperal cycle was revealed. Taking these findings into account, the agents pointed out the following aspects as possible strategies for man s empowerment in reproductive health promotion: domiciliary visit through dialogue committed with awareness for health care, major practice of Basic Attention while promoting the National Policy of Integral Attention to Man s Health as well as the construction of a methodology that favors the insertion of male population based on an inclusive policy. Therefore, it can be concluded that once cultural barrier is overcome, pertaining to discussion about the meaning of being male and female and reproductive health matters, man will be able to recognize himself as subject of reproductive rights acting as co-responsible in the actions of the couple s reproductive life.
Keywords: Enfermagem
Políticas públicas em Enfermagem
Direitos reprodutivos
Atenção Primária à Saúde
Saúde do homem
Reproductive rights
Man's Health
Primary attention to health
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citation: OLIVEIRA, Karla Maria Duarte Silva. Direitos Reprodutivos: conhecimento e estratégias de promoção da saúde para o empoderamento do homem. 2013. 93 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5111
Issue Date: 21-Jan-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.