Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5113
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Adaptação Fisiológica de idosos com sepse: diagnósticos e intervenções de enfermagem
Other Titles: Physiological adaptation of elderly patients with sepsis: nursing diagnoses and interventions.
metadata.dc.creator: Oliveira, Danielle Samara Tavares de
metadata.dc.contributor.advisor1: Fernandes, Maria das Graças Melo
metadata.dc.description.resumo: Introdução: A sepse é uma doença grave, de elevada morbimortalidade, especialmente quando acomete o idoso, pois, em decorrência do processo de envelhecimento, ele pode apresentar pior prognóstico em relação à população geral. Objetivos: Verificar, à luz de componentes específicos do Modo Fisiológico de Adaptação de Callista Roy, problemas adaptativos de idosos com sepse internados em Unidade de Terapia Intensiva, relacionados a esses componentes, assim como elaborar uma proposta de assistência de enfermagem contendo diagnósticos, resultados e intervenções para esses pacientes. Método: Trata-se de um estudo transversal, com abordagem quantitativa, desenvolvido em Unidade de Terapia Intensiva de um hospital-escola, entre fevereiro e junho de 2012. A amostra foi composta por 25 idosos com diagnóstico médico de sepse, sepse grave e ou choque séptico. A coleta de dados foi subsidiada por um instrumento estruturado, fundamentado na Teoria de Callista Roy, utilizando-se a técnica de observação sistemática e de exame físico, além de registro de informações do prontuário. Ressalta-se que, no processo de pesquisa, foram respeitados os princípios éticos previstos na Resolução 196/96. Os dados foram analisados mediante tratamento estatístico do tipo descritivo e discutidos à luz da literatura pertinente. Para a construção dos diagnósticos e das intervenções de enfermagem, foram utilizadas, respectivamente, as Classificações North American Nursing Diagnosis Association International e a Nursing Interventions Classification. Resultados: Na interpretação dos achados, verificou-se que o quadro séptico ocorreu não apenas em idosos mais longevos, mas nos idosos jovens, com maior incidência entre o sexo masculino e naqueles de baixa escolaridade e baixo nível socioeconômico. O menor período de hospitalização relacionou-se às maiores taxas de mortalidade, o que indica grande risco de óbito nesses pacientes, quando o quadro clínico evolui de sepse para choque séptico. Os principais problemas adaptativos encontrados estiveram relacionados aos componentes oxigenação e eliminação. Foram identificados 28 diagnósticos de enfermagem no grupo pesquisado e obtida uma média de 19,6 diagnósticos por idoso. Dentre os mais frequentes, destacaram-se 22 diagnósticos que atingiram uma frequência maior ou igual a 50%. Os mais incidentes foram: ventilação espontânea prejudicada, troca de gases prejudicada, nutrição desequilibrada: menos que as necessidades corporais, déficit de autocuidado: banho, higiene intima e alimentação e risco de glicemia instável. Assim, para esses diagnósticos de enfermagem, foram elaborados resultados e intervenções de enfermagem que poderão subsidiar a tomada de decisão do enfermeiro, o que contribui para resolver ou minimizar tais diagnósticos. Conclusão: Os dados obtidos por meio desta investigação apontam que o cuidado de enfermagem é essencial e prioritário para o idoso em processo séptico, especialmente quando fundamentado no Modelo de Adaptação de Roy. Considerando isso, foi elaborado um plano de cuidados com vistas a promover um cuidado direcionado às necessidades de idosos sépticos, que poderá contribuir para reduzir/minimizar as situações de adaptação fisiológica ineficaz.
Abstract: Introduction: Sepsis is a serious disease, with high morbidity and mortality, especially when it affects the elderly, because, as a result of the aging process, he may have worse prognosis in relation to the general population. Objectives: Check, in the light of specific components of the mode of physiological adaptation of Callista Roy, adaptive problems of elderly patients with sepsis admitted to intensive care unit, related to these components, as well as draw up a proposal for nursing care containing diagnoses, results and interventions for these patients. Method: This is a cross-sectional study with a quantitative approach, developed in the Intensive Care Unit of a hospital school, between February and June 2012. The sample was composed of 25 elderly patients with medical diagnosis of sepsis, severe sepsis or septic shock. Data collection was subsidized by a structured instrument, based on the Theory of Callista Roy, using the technique of systematic observation and physical examination, in addition to record information from the medical record. It is noteworthy that, in the research process were respected ethical principles laid down in Resolution 196/96. The data were analyzed by statistical treatment of descriptive and discussed in the light of the relevant literature. For the construction of the diagnoses and nursing interventions, were used, respectively, the Classifications North American Nursing Diagnosis Association International and Nursing Interventions Classification. Results: In the interpretation of the findings, it was found that the septic picture occurred not only in the elderly more long-lived, but in the elderly young, with greater incidence between males and those with low education and low socioeconomic level. The lowest period of hospitalization was associated with the highest rates of mortality, which indicates great risk of death in these patients, when the clinical picture evolves for sepsis to septic shock. The main problems adaptive found were related to the components oxygenation and disposal. We identified 28 nursing diagnoses in group researched and obtained an average of 19.6 diagnoses per elderly person. Among the most frequent, stood out 22 diagnoses that have reached a frequency greater than or equal to 50 %. The most incidents were: spontaneous ventilation impaired, impaired gas exchange, imbalanced nutrition: less than the body needs, self-care deficit: bath, intimate hygiene and feeding and the risk of unstable blood glucose. Thus, for these nursing diagnoses, were drawn up results and nursing interventions that could subsidize the decision-making process of the nurse, which contributes to solve or minimize such diagnoses. Conclusion: The data obtained by means of this research suggest that nursing care is essential and a priority for the elderly in septic process, especially when based on Adaptation Model of Roy. Considering this, it was drawn up a plan of care with a view to promoting a care directed at the needs of elderly septic that may help to reduce/minimize the situations of physiological adaptation ineffective.
Keywords: Enfermagem
Sepse -idoso
Idoso sépticos - cuidados de enfermagem
Sepsis
Aged
Nursing Care
Nursing Theory
Intensive Care Units
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citation: OLIVEIRA, Danielle Samara Tavares de. Adaptação Fisiológica de idosos com sepse: diagnósticos e intervenções de enfermagem. 2013. 106 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5113
Issue Date: 18-Mar-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ArquivoTotalDanielleSamara.pdf1,53 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.