Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5119
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Desafios vivenciados por usuários de drogas no processo de inclusão e reinserção social: história oral testemunhal.
Other Titles: Challenges experienced by Drug Users in the Process of Inclusion and Social Welfare: oral history testimony.
metadata.dc.creator: Cordeiro, Renata Cavalcanti
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira Filha, Maria de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Dias, Maria Djair
metadata.dc.description.resumo: O aumento do consumo abusivo de drogas lícitas e ilícitas é um fenômeno que tem afetado o contexto de vida de grande parte da população mundial associado a diversos fatores de risco à saúde. Assim, a dependência química é considerada doença crônica e está relacionada a dificuldades de ordem social que favorecem a exclusão dos usuários de drogas do meio social e comunitário. Sabe-se que o processo de tratamento e reabilitação do dependente químico é um momento delicado e difícil, causador de dor e sofrimento para estes e seus familiares, por constituir-se fenômeno de caráter estigmatizante e excludente. Portanto, para dar mais visibilidade a este fenômeno por meio das histórias de pessoas que vivenciaram o processo de exclusão durante o percurso da reabilitação psicossocial, esta pesquisa objetivou conhecer os desafios dos usuários do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPSad) no processo de reabilitação psicossocial. Trata-se de uma pesquisa compreensivo-interpretativa e de caráter qualitativo, fundamentada nos pressupostos da História Oral Testemunhal, indicados por Bom Meihy. A investigação teve como cenário o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas do município de Campina Grande/PB. O material empírico foi produzido por meio de entrevistas realizadas com onze colaboradores, usuários deste serviço, no período compreendido entre maio e junho de 2013. Sendo o produto desse material discutido com base na análise temática proposta por Minayo, a qual subsidiou a construção de um grande eixo temático: Trajetória de Usuários de Drogas: entre a exclusão e a reabilitação Psicossocial; e três subeixos, conforme seguem respectivamente: a) Trajetória da Luta contra a Dependência Química: preconceito, exclusão social e o medo constante da recaída; b) Estratégias de enfrentamento utilizadas para alcançar a reabilitação psicossocial: desafios e possibilidades; e, c) O caminho para a reinserção social: trabalho e o CAPSad. Os resultados revelaram histórias de dor e sofrimento, cujo maior desafio no processo de recuperação foi o preconceito, estigma e a exclusão social vivenciados em seu cotidiano, evidenciando o afastamento do dependente químico da família e amigos, bem como, o isolamento social e o medo constante das recaídas. Pode-se perceber que os usuários estão conquistando sua reabilitação psicossocial por meio da reconstrução dos laços afetivos com a família e, também, através da espiritualidade, mostrando que estas consistem em fatores de proteção contra a recaída, por serem fonte de força e apoio durante sua recuperação. O trabalho e o CAPSad desempenham papel importante em relação ao empoderamento do usuário de drogas e contribuem para o sentimento de pertença destes indivíduos na sociedade. Considera-se que o trabalho em rede e a intersetorialidade contribuem para o desenvolvimento da autonomia e cidadania devido às relações em grupos sociais que proporcionam vínculos saudáveis, destacando-se o CAPSad por realizar sua atuação em rede e de maneira integral. Portanto, evidenciou-se neste estudo que os colaboradores mesmo enfrentando algumas dificuldades têm conseguido vencer o preconceito e a exclusão social, utilizando como estratégias o apoio da família, da espiritualidade, do trabalho e do CAPSad para sua reabilitação psicossocial.
Abstract: The increase in the abuse of licit and illicit drugs is a phenomenon that has affected the life context of much of the world's population associated with several risk factors to health. Thus, drug addiction is considered a chronic disease and is related to difficulties that favor social exclusion of drug users from the social environment and community. It is known that the process of treatment and rehabilitation of chemically dependent is a delicate and difficult, causing pain and suffering for them and their families, constitute a phenomenon character stigmatizing and exclusionary. So, to give more visibility to this phenomenon through the stories of people who experienced the process of exclusion during the course of psychosocial rehabilitation, this research aimed to identify the challenges users' Psychosocial Attention Center Alcohol and Drugs (CAPSad) in the process of psychosocial rehabilitation. It is a comprehensive research -interpretative and qualitative, based on the assumptions of Oral History Testimonialindicated by Bom Meihy. The investigation was setting the Psychosocial Care Center Alcohol and Drugs in Campina Grande/PB. The empirical data were obtained through interviews with eleven employees, users of this service in the period between May and June 2013. Being the product of the material discussed based on thematic analysis proposed by Minayo, which subsidized the construction of a large thematic axis: Trajectory of Drug Users: Between exclusion and Psychosocial Rehabilitation, and three sub axis as follows respectively: a) Trajectory Fight against Chemical Dependency: prejudice, social exclusion and the constant fear of relapse; b) coping strategies used to achieve psychosocial rehabilitation: challenges and opportunities, and; c) the path to social reintegration: work and CAPSad. The results revealed stories of pain and suffering, whose biggest challenge in the process of recovery was the prejudice, stigma and social exclusion experienced in their daily lives, showing the removal of the addict's family and friends, as well as social isolation and the constant fear of relapses. It can be noticed that users are gaining their psychosocial rehabilitation through the reconstruction of bonding with family and also through spirituality, showing that these consist of protective factors against relapse, being a source of strength and support during recovery. Work and CAPSad play an important role in relation to the drug user empowerment and contribute to the sense of belonging of these individuals in society. It is considered that the intersectoral networking and contribute to the development of autonomy and citizenship due to relationships in social groups that provide healthy bonds, highlighting the CAPSad to conduct its activities in a network and holistically. Therefore, in this study showed that employees even facing some difficulties have been able to overcome the prejudice and social exclusion, using strategies such as the support of family, spirituality, work and CAPSad for psychosocial rehabilitation.
Keywords: Enfermagem
Cuidados em enfermagem
Dependência química
Reabiliotação psicossocial
Chemical Dependency
Social Exclusion
Psychosocial Rehabilitation
Nursing
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Citation: CORDEIRO, Renata Cavalcanti. Challenges experienced by Drug Users in the Process of Inclusion and Social Welfare: oral history testimony.. 2013. 116 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5119
Issue Date: 10-Oct-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ArquivoTotalMaria.pdf1,39 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.