Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5127
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Avaliação do risco para desenvolvimento de úlcera por pressão em idosos institucionalizados
metadata.dc.creator: Ribeiro, Jackeline Kércia de Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Maria Julia Guimarães Oliveira
metadata.dc.description.resumo: A úlcera por pressão (UPP), agravo importante encontrado na população idosa institucionalizada, além de aumentar os gastos com os cuidados prestados, tem repercussões relevantes em suas vidas, como o aumento na morbidade e diminuição da qualidade de vida. As pessoas idosas são mais susceptíveis ao desenvolvimento de UPP, em virtude das alterações que ocorrem com o envelhecimento, sobretudo na pele. Este é um estudo transversal, observacional, predominantemente descritivo, de abordagem quantitativa e teve como objetivo geral conhecer a prevalência e os fatores determinantes para o risco de desenvolvimento de úlcera por pressão em idosos institucionalizados. Foi desenvolvido com 160 idosos, com 60 anos ou mais, residentes em duas instituições de longa permanência para idosos (ILPI) da cidade de João Pessoa-PB. Os dados foram obtidos através do exame físico, entrevista e análises dos prontuários. Para análise dos dados foram obtidas distribuições absolutas, percentuais uni e bivariadas, e técnicas de estatística inferencial. Os dados coletados foram organizados no Microsoft Excel e exportados para Statistical Package for Social Science (SPSS) 20.0. O levantamento da literatura contemplou artigos científicos nacionais e internacionais, tese e dissertações. A maioria dos idosos era do sexo feminino (67,5%), com média de idade de 81,9 anos, alfabetizados (36,9%), de cor ou raça branca (55%), solteiros (49,4%), aposentados (91,4%), encaminhado às instituições por familiares (45,6%) e utilizavam o SUS para o acesso aos serviços de saúde (56,9%). Houve predomínio de doenças do aparelho circulatório (65,6%) e uso medicamentoso de psicotrópicos (65%). Dentre os fatores de risco, apresentaram significância estatística para a presença de UPP: a dependência de mudança de decúbito (p<0,001), incontinência fecal (p=0,004) e urinária (p=0,001), déficit cognitivo (p=0,013) e limitação física (p=0,030). A prevalência de UPP nesta população foi de 7,5%, as localizações anatômicas de maior frequências foram as regiões glútea (49,9%) e sacral (25,3%). Houve predomínio de úlceras por pressão em estágio II (68,5%). O escore médio da escala de Braden foi de 18,3 pontos, sendo que 45,6% dos idosos apresentaram risco para desenvolvimento de UPP. Entre os idosos, 71,3% possuíam alguma dependência para atividades de vida diária e 34,4 % foram classificados com risco para desnutrição. Portanto, parte dos idosos institucionalizados apresenta risco para desenvolvimento de UPP, demanda ajuda para tomar banho, se vestir, ir ao banheiro, se transferir de um lugar a outro e se alimentar, além de encontrarem-se em risco para desnutrição ou desnutridos.
Abstract: A pressure ulcer (PU), important harm found in the institutionalized elderly population, and increases spending on care, has important repercussions in their lives, such as increased morbidity and decreased quality of life. The elderly are more susceptible to developing PU, because of changes that occur with aging, especially in the skin. This is a cross-sectional, observational, descriptive predominantly, quantitative approach and aimed to determine the prevalence and risk factors for the development of pressure ulcers in institutionalized elderly. It was developed with 160 individuals, aged 60 or older, living in two long-stay institutions for the elderly (nursing home) city of João Pessoa. Data were obtained through physical examination, interview and analysis of medical records. The data analyses were obtained distributions absolute percentage unitary and bivariate and inferential statistical techniques. The data collected were organized in Microsoft Excel and exported into Statistical Package for Social Sciences (SPSS) 20.0. The literature review included national and international scientific articles, thesis and dissertation. Most seniors were female (67.5%) with mean age of 81.9 years old, literate (36.9%), colored or white (55%), single (49.4%) , retired (91.4%), sent to institutions by relatives (45.6%) and used for the SUS access to health services (56.9%). There was a predominance of cardiovascular diseases (65.6%) and use of psychotropic medication (65%). Among the risk factors, showed statistical significance for the presence of PU: dependence on position change (p<0,001), fecal (p=0,004) and urinary incontinence (p=0,001), cognitive impairment (p=0,013) and physical limitations (p=0,030). The PU prevalence in this population was 7.5%, the anatomical locations of higher frequencies were gluteal region (49.9%) and sacral (25.3%). There was a prevalence of pressure ulcers stage II (68.5%). The mean score of the Braden Scale was 18.3 points, with 45.6% of the elderly were at risk for development of PU. Among seniors, 71.3% had some dependence for activities of daily living and 34.4% were at risk for malnutrition. So much of the institutionalized elderly presents risk for development of PU, demand assistance with bathing, dressing, toileting, transferring from one place to another and feed and is at risk for malnutrition or malnourished.
Keywords: Idoso
Úlcera por pressão
Instituição de longa permanência para idosos
Enfermagem
Elderly
Pressure ulcers
Long-term care institution for the elderly
Nursing
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Citation: RIBEIRO, Jackeline Kércia de Souza. Avaliação do risco para desenvolvimento de úlcera por pressão em idosos institucionalizados. 2013. 107 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5127
Issue Date: 12-Mar-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.