Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5176
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Avaliação Psicossociológica em Idosos Institucionalizados
Other Titles: Assessment Psychosociological in Institutionalized Elderly
metadata.dc.creator: Luna, Karínthea Kerlla Gonçalves Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Antonia Oliveira
metadata.dc.description.resumo: O processo de envelhecimento do ser humano a nível mundial configura-se um acontecimento relevante e inquietante do ponto de vista econômino, biológico, psicológico e social que tem despertado atenção de estudiosos do tema, refletindo-se na preocupação em subsidiar condições de promoção da qualidade de vida desse grupo, em diferentes áreas de conhecimento. Este estudo tem os objetivos de avaliar a depressão em idosos institucionalizados; medir a qualidade de vida em idosos; verificar a associação entre depressão e qualidade de vida em idosos institucionalizados com ênfase nas características sócio-demográficas e apreender as representações sociais sobre «ser idoso» e «ser idoso institucionalizado», enfatizando aspectos psicossociais. Trata-se de um estudo exploratório e epidemiológico descritivo, realizado em contextos sócio-culturais semelhantes, em que se priorizou a fala dos sujeitos e vivências, subsidiado no aporte teórico das representações sociais em uma abordagem quanti-qualitativa capaz de responder aos objetivos propostos. O estudo foi realizado em quatro instituições onde abrigam idosos, na grande João Pessoa, Paraíba, Brasil. Participaram do estudo setenta idosos, com idade entre 60 e 98 anos, de ambos os sexos. Para coleta de dados utilizou-se a técnica multi-método contemplando os instrumentos: Escala de Depressão Geriátrica Abreviada Geriatric Depression Scale (GDS), WHOQOL Bref, WHOQOL-OLD e uma entrevista semi-estruturada. Os dados apreendidos foram analisados estatisticamente e interpretados a luz da teoria das representações sociais. Os resultados acerca da depressão apontam a seguinte avaliação: 3,7% foram avaliados normais; 77,2% com depressão leve e um percentual de 17,1% com depressão severa. Com relação à qualidade de vida declarada pelos idosos institucionalizados, observa-se, que 55,7% (39) considera a qualidade de vida Boa , enquanto para 44,3% é Ruim . Observou-se com relação à situação de saúde dos idosos a existência de uma pequena predominância com declaração satisfatória: 52,9%, enquanto se encontravam insatisfeitos 47,1% dos idosos estudados. O teste de significância para o coeficiente de correlação linear r de Pearson entre as medidas das questões gerais do WHOQOL-Bref forneceu resultados: N = 70, r = 0,401 com p-valor = 0,001 (significante ao nível de 1%), indicando correlação linear positiva significativa entre: qualidade de vida dos idosos e satisfação com a saúde. As doenças mais citadas pelos idosos são: hipertensão arterial e diabetes. Os idosos representam a pessoa «idosa» a partir de um posicionamento desfavorável em igual resultado para o idoso institucionalizado. Sentem-se abandonados e associam «idoso» a «morte» e «abandono». Investigar os aspectos psicossociais dos idosos institucionalizados consiste numa possibilidade de conhecer como estes se posicionam frente a si mesmos, como eles se vêem diante de uma realidade muitas vezes ignorada pela sociedade a qual participam.
Abstract: The aging process of human beings the world has become an important and disturbing event from the economic, biological, psychological and social that has attracted attention of scholars of the subject, reflecting on the conditions of concern to subsidize the promotion of quality of life of this group in different areas of knowledge. This study has the objective of evaluating depression in the institutionalized elderly, measure the quality of life in elderly, finds the association between depression and quality of life in institutionalized elderly with emphasis on socio-demographic characteristics and apprehend the social representations of 'being old' and 'be institutionalized elderly, emphasizing the psychosocial aspects. This is an exploratory and descriptive epidemiological study, conducted in similar socio-cultural contexts, which prioritized the speech of subjects and experiences, subsidized the theoretical contribution of social representations in a quantity - qualitative approach capable of meeting the proposed objectives. The study was conducted in four institutions which house the elderly, in the great João Pessoa, Paraíba, Brazil. Study participants were seventy elderly, aged 60 to 98 years, both sexes. To collect data using the multi-technique approach including tools: Depression Scale Geriatric abbreviated Geriatric Depression Scale (GDS), WHOQOL Bref, WHOQOL-OLD and a semi-structured interview. The data were statistically analyzed perceived and interpreted in light of the theory of social representations. The results of the depression indicate the following assessment: 3.7% were normal, 77.2% with mild depression and a percentage of 17.1% with severe depression. With regard to the quality of life reported by the institutionalized elderly, it is observed that 55.7% (39) consider the quality of life "Good," while 44.3% is for "Bad". It was observed with respect to the health of the elderly there was a small predominance with satisfactory statement: 52.9%, while 47.1% were dissatisfied the elderly studied. The test of significance for the linear correlation coefficient r of Pearson between measures of general issues of the WHOQOL-Bref provided results: N = 70, r = 0401 with p-value = 0001 (significant at 1%), indicating correlation significant positive linear: quality of life of older people and satisfaction with health. The diseases most frequently mentioned by the elderly are hypertension and diabetes. The elderly represent a person "old" from a position adverse to the same result for the elderly institutionalized. They feel abandoned and senior associate to 'death' and 'abandonment'. To investigate the psychosocial aspects of the institutionalized elderly is a possibility of knowing how they are positioned opposite to themselves, as they are facing a reality often ignored by societies which participate.
Keywords: Envelhecimento
Qualidade de vida
Depressão
Representações sociais - Enfermagem
Aging
Quality of Life
Depression
Social representations
Nursing
Enfermagem
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citation: LUNA, Karínthea Kerlla Gonçalves Pereira. Avaliação psicossociológica em idosos institucionalizados. 2009. 105 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2009.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5176
Issue Date: 1-Dec-2009
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.