Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5847
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Território e memória: a construção da territorialidade étnica da Comunidade Quilombola Grilo, Paraíba
metadata.dc.creator: Maracajá, Maria Salomé Lopes
metadata.dc.contributor.advisor1: Rodrigues, Maria de Fátima Ferreira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Galvão, Josias de Castro
metadata.dc.description.resumo: Ao abordar a questão étnico-racial, toma-se como referência algumas questões de natureza política, ideológica, social e identitária. O objetivo desta dissertação é de analisar o processo de construção do território e da identidade étnica da Comunidade quilombola Grilo, com base em relatos memorialistas e nos mitos fundadores. A comunidade ora investigada localiza-se, geograficamente, no município de Riachão do Bacamarte, na Mesorregião do Agreste Paraibano. Nesta investigação, destacamos as relações e o processo de resistência dos negros e das negras do Grilo na construção da identidade material e imaterial com o território. Do ponto de vista teórico-metodológico, ressaltamos a importância do debate interdisciplinar na ciência geográfica, assim, buscando ampliar o nosso olhar nesta investigação, procedemos a uma revisão da literatura sobre o tema em documentos e bibliografias, e do trabalho de campo, que é a etapa mais relevante na elucidação dos fenômenos materiais e imateriais da referida comunidade. A combinação dessas metodologias possibilitou a construção deste texto, que compõe a Dissertação de Mestrado. Nessa perspectiva, algumas questões nos levam a afirmar que o território da comunidade quilombola representa para o grupo não só a apropriação de um território marcado pelas relações de poder, como estratégia política, mas também a manutenção da memória herdada dos ancestrais e repassada aos descendentes que se materializam nas relações de vizinhança, solidariedades costumeiras, que contribuem na construção da territorialidade
Abstract: In addressing the ethnic-racial issue, we do so with reference to some issues of political, ideological, social and identity. Therefore, this dissertation aimed to analyze the process of construction of the territory and the ethnic territoriality in the maroon community Grilo, based on memorialistic reports and founding myths. The investigated community is located in the municipality of Riachão do Bacamarte, in the Mesoregion of Agreste Paraibano. In this investigation we are going to emphasize the relations and the resistance process of black men and black women from Grilo in the construction of the material and immaterial identity in their territory. From the theoretical and methodological standpoint we emphasize the importance of interdisciplinary debate in geography, in this context, and seeking to extend our gaze in this investigation, we have been reviewing the literature on the topic in documents and bibliographies, as well as field work which constitutes the most important step in the elucidation of the social, political and cultural phenomena in the community. Based on the above, we highlight that the combination of these methodologies enabled the construction of the text that makes up this dissertation. Thus, some issues have led us to affirm that the territory of the maroon community Grilo represents to the group not only ownership of a territory marked by power relations as a political strategy, but the maintenance of the memory inherited from ancestors and passed on to descendants which materialize in dances, neighborly relations, customary solidarity, among other aspects that contribute to the construction of territoriality
Keywords: Quilombolas
Resistência negra na Paraíba
Trabalhos de campo
Territorialidade
Memória
Identidade
Maron
Black Resistance in Paraíba
Fieldwork
Territoriality
Memory
Identity
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Geografia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Geografia
Citation: MARACAJÁ, Maria Salomé Lopes. Território e memória: a construção da territorialidade étnica da Comunidade Quilombola Grilo, Paraíba. 2014. 163 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5847
Issue Date: 23-Aug-2014
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf6.76 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.