Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5868
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Da escola negada ao trabalho necessário: um olhar sobre a educação de jovens e adultos no bairro de bodocongó em Campina Grande-PB
metadata.dc.creator: Almeida, Juliana Nobrega de
metadata.dc.contributor.advisor1: Garcia, María Franco
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho traz o desafio teórico de compreender como se estabelece a atual relação entre a escola e o trabalho no bairro de Bodocongó em Campina Grande-PB, por meio do cotidiano dos alunos/as trabalhadores/as da EJA da Escola Estadual Professor Itan Pereira. A pesquisa se desenvolve num bairro que foi considerado por várias décadas como um bairro fabril, consolidado pelas antigas fábricas e curtumes que surgiram neste espaço, principalmente na década de 1940, existindo até a década de 1990. Buscamos conhecer a formação histórica de Bodocongó, pois este bairro se apresenta como espaço de morada, estudo, trabalho para muitos alunos/as trabalhadores/as da EJA da escola pesquisada. Retomamos também algumas das principais características da modalidade de ensino que atende aos alunos/as trabalhadores/as que retornam à escola: a EJA. Consideramos que os/as alunos/as trabalhadores/as da EJA são na maioria filhos de antigos trabalhadores/as fabris e estão inseridos no mundo do trabalho informal, ocasionando a venda da sua força de trabalho para garantir sua sobrevivência e de suas famílias. Dessa forma, a luta pela educação negada passa a ser a principal ação que motiva os/as alunos/as trabalhadores/as da EJA a retornarem a escola, buscando por meio da escola, ter acesso não só ao conhecimento, mas também à cidade. Hoje os/as alunos/as trabalhadores/as da EJA, em Bodocongó, se relacionam de forma diferente com o mundo do trabalho se comparamos com a classe trabalhadora na qual seus pais e avós estavam inseridos, pois a reestruturação produtiva do setor industrial provocou um impacto na inserção do trabalho formal para a atual geração de jovens e adultos/as trabalhadores/as, com a falência de suas fábricas e curtumes. A educação deve servir de subsídio para propiciar aos/às alunos/as trabalhadores/as condições para vencer as barreiras da exclusão social, da informalidade, do subemprego e do desemprego, pois dessa forma poderemos compreender o trabalho na sua totalidade social, ou seja, considerando o processo dialético que unifica as dimensões ambientais e socioespaciais.
Abstract: This paper presents a theoretical challenge to understand how to establish the current relationship between school and work in the neighborhood of Bodocongó in Campina Grande-PB, through the daily life of students workers to from the State School Professor EJA Itan Pereira. This research develops a neighborhood that was considered for decades as an industrial district, bound by old factories and tanneries which appeared in this space mainly in the 1940s to exist until the 1990s. We seek to know the historical formation of Bodocongó because this neighborhood is presented as space: home, school, work for many students the workers of the EJA searched the school. We resume some of the main characteristics of the type of education that meets students those workers who return to the school: the EJA. We believe that students the workers of the EJA are mostly sons of former factory workers and are inserted in the world of informal work, causing the sale of its workforce to ensure their reproduction and their families. Thus the struggles for education is denied to be the main action that motivates students the workers of the EJA to return to school, searching through the school, not only have access to knowledge, but also the city. Today the students the workers of the EJA in Bodocongó relate differently with the world of work by comparing the current working class in which their parents and grandparents were a part, because the productive restructuring of the industrial sector caused an impact on inclusion of formal work for the current generation of young and adult workers with the bankruptcy of its factories and tanneries. For that education should serve as foundation to provide students the workers conditions to overcome the barriers of social exclusion, informality, underemployment and unemployment, because that way we can understand social work as a whole, considering the dialectical process that unifies the environmental and socio-spatial dimensions.
Keywords: Bodocongó
Escola
Trabalho e Educação de Jovens e Adultos
School
Labor
Adult and youth Education
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Geografia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Geografia
Citation: ALMEIDA, Juliana Nobrega de. Da escola negada ao trabalho necessário: um olhar sobre a educação de jovens e adultos no bairro de bodocongó em Campina Grande-PB. 2010. 122 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5868
Issue Date: 28-Oct-2010
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf2,7 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.