Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5896
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Análise do estágio supervisionado de cursos de Administração à luz da aprendizagem em ação.
Other Titles: Analysis of Supervised Administration Course in light of the in Action Learning.
metadata.dc.creator: Rego, Sidnéia Maia de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Anielson Barbosa da
metadata.dc.description.resumo: Este estudo se propõe a analisar o processo de estágio supervisionado no curso de Administração sob a perspectiva da aprendizagem em ação. Para atender esse propósito, foi desenvolvida uma pesquisa em duas Instituições de Ensino Superior no Nordeste brasileiro, as quais obtiveram conceito máximo na última edição publicada do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes em 2009. São duas instituições tradicionais no Estado e atuam há mais de três décadas no ensino superior, sendo uma pública e outra privada. As teorias da aprendizagem de adultos e aprendizagem experiencial serviram de base para as investigações que foram balizadas pela Aprendizagem em Ação. A pesquisa parte de uma concepção qualitativa, como uma forma de investigação interpretativa, onde se optou pelo estudo de casos múltiplos. Os sujeitos da pesquisa foram 20 no total, selecionados de acordo com a sua disponibilidade. Os dados foram coletados por meio de duas entrevistas semi-estruturadas, com os coordenadores dos cursos. Foram realizadas quatro sessões de focus groups, duas em cada instituição; uma com alunos e outra com professores. Os resultados revelam que o processo de estágio supervisionado encontra-se institucionalizado nos Projetos Pedagógicos dos Cursos, conforme previsto na legislação. As instituições apresentam formas diferentes de ofertar o estágio; em comum, está a associação entre Estágio Supervisionado e Trabalho de Conclusão de Curso. Na instituição privada o estágio ocorre por meio de duas modalidades: no formato tradicional o aluno realiza o estágio em uma organização e apresenta ao final a monografia; na modalidade de simulado empresarial o aluno faz as interações semelhantes ao mundo real e apresenta um relatório de vivência. Na instituição pública, o aluno matricula-se nas disciplinas de Estágio Supervisionado, mas não é vinculado a uma organização; seu contato limita-se a coleta de dados; o estágio resulta na elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso, na modalidade monografia ou projeto de intervenção, entretanto, alunos e professores, afirmam que prevalece a monografia. A aprendizagem no estágio supervisionado, não foi percebida como prioridade, prevalecendo a preocupação em realizar o Trabalho de Conclusão de Curso. Entre os fatores facilitadores da aprendizagem do estágio está a motivação dos alunos que se mostram ansiosos por vivenciar experiências práticas. Entre os fatores limitantes, problemas de estrutura, poucos professores em relação ao número de alunos e problemas culturais, foram os mais apontados nos discursos. O estágio voluntário emergiu como alternativa para os cursos aproveitarem melhor as experiências de aprendizagem nessas atividades e os pressupostos da Aprendizagem em Ação possibilitam um caminho favorável para sua operacionalização, desde que seja criada uma estrutura de acompanhamento das atividades que priorize o aprendizado obtido por meio da experiência vivenciada pelo aluno, considerando que toda uma estrutura formal já é mobilizada pela Instituição de Ensino Superior que designa um supervisor de estágio e exige a elaboração de um relatório ao final.
Abstract: This study aims to analyze the process of supervised stages of the course from administration the perspective of action learning, to serve this purpose were established as specific objectives: describe the process in Supervised stages Administration course in two Higher Education Institutions; identify the perceptions of the students during the learning experience Stages Supervised and set facilitating factors and limiting the Supervised learning. The research was conducted in two higher education institutions in the Northeast, one public and one private. Theories of adult learning and experiential learning formed the basis for investigations which were buoyed by the Learning in Action The research part of a qualitative conception, as a form of interpretive research, we opted for the multiple-case study, the subjects of research were selected according to availability to participate in the study, 20 people participated in the survey. Data were collected through semi-structured interviews with two course coordinators, four sessions were held focus groups with 9 students and 9 teachers in both Higher Education Institutions. The results revealed that the process of supervised training is institutionalized in Educational Projects Course, according to the legislation. The institutions have different ways of offering the internship, in common, is the association between stage and Work of Course Completion. In private institution stage occurs through two modes, the traditional format, the student performs supervised internship in an organization and presents the final monograph, another modality through simulated business, students makes interactions similar to the real world and report the experience. In public institution, the student enrolled in the disciplines of Stages supervised, is not linked to an organization, their contact is limited to data collection, the development stage is linked to the End of Course Work in monograph form or intervention project However, students and teachers, say the monograph prevails. The learning in supervised training was not perceived as a priority, the prevailing concern in performing the Work of Course Completion. Among the factors that facilitate the learning stage, is the motivation of the students who appear eager to experience practical experiences among the limiting factors, structure problems, few teachers in relation to student numbers and cultural problems, were more pointed in speeches. The voluntary internship emerged as an alternative for courses taking better learning experiences in these activities, look more priority, considering that all formal structure is already mobilized by the Institution of Higher Education, which designates a supervisor and internship requires the preparation of Final report to the Learning in Action can provide a favorable way for operationalization of this activity.
Keywords: Administração
Formação de administrador
Aprendizagem experimental
Training Administrator
Action Learning
Supervised Training
Experiential Learning
Adult Learning
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Mestrado em Gestão de Organizações Aprendentes
Citation: REGO, Sidnéia Maia de Oliveira. Análise do estágio supervisionado de cursos de Administração à luz da aprendizagem em ação. 2013. 178 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Organizações Aprendentes) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5896
Issue Date: 5-Mar-2013
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Mestrado Profissional em Gestão nas Organizações Aprendentes

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,57 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.