Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6016
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Valentes Rio-Grandenses! Às Armas! : A questão do recrutamento militar na província do Rio Grande do Norte durante a Guerra do Paraguai (1864-1870)
metadata.dc.creator: Alves, Francisco Urbano
metadata.dc.contributor.advisor1: Mariano, Serioja Rodrigues Cordeiro
metadata.dc.description.resumo: Essa dissertação tem por objetivo analisar a mobilização militar durante a guerra do Paraguai (1864-1870) na província do Rio Grande do Norte, refletindo sobre o impacto social que o recrutamento causou nas estruturas sociais, atentando para as interferências nas estruturas de poder, relações sociais e na vida cotidiana provincial. O esforço necessário para financiar a guerra demandou do governo imperial um amplo movimento de recrutamento militar jamais visto no Brasil, sentindo-se seus efeitos em todo o território nacional. Nesse sentido o cotidiano provincial foi modificado e ordenado de maneira a facilitar o recrutamento, tanto na organização burocrática, com preenchimento de cargos, como na modificação das formas de trabalho. Um dos agentes que mais se empenhou nas questões da guerra e do recrutamento foram os presidentes de província, cargo que passou a ser de crucial importância para as intenções do governo imperial. A ampliação do recrutamento militar significou adentrar em domínio dos poderes locais, o que demandava do governo imperial complexa negociação. Apesar da grande torrente de soldados nos primeiros anos do conflito (1865-1866), as violências praticadas pelos agentes recrutadores não foram diminuídas nos anos seguintes, principalmente nos sertões da província do Rio Grande do Norte. A resistência da população propicia ao recrutamento produzia constantes conflitos em todo o território provincial, com fugas e resgastes de soldados, ataques a comissões de recrutamento, formação de séquitos e enfrentamentos de todo o tipo. Ao mesmo tempo em que surge necessidade de arregimentação de soldados para a incorporação às forças militares, desenvolve-se na província amplo movimento que pretende convocar às armas os cidadãos. A análise das fontes, a saber: relatórios dos presidentes de província, atas da Câmara dos Deputados e do Senado, decretos publicados durante a guerra, Códigos de Postura, além de alguns periódicos, nos possibilitou a percepção da temática do recrutamento em âmbito provincial, atentando para o cotidiano e as modificações sociais.
Abstract: This thesis aims to analyze the military mobilization during the war with Paraguay (1864-1870) in the province of Rio Grande do Norte, reflecting on the social impact that recruitment caused social structures, focusing on interference in power structures, relationships provincial social and everyday life. The effort required to finance the war demanded the imperial government a broad movement of conscription ever seen in Brazil, feeling its effects throughout the national territory. In this sense the provincial and orderly routine was modified in order to facilitate the recruitment, both in bureaucratic organization, with fill positions as the modified forms of work. One of the agents more engaged in the issues of war and recruitment were the presidents of the province, a position that has become crucial to the intentions of the imperial government. The expansion of military recruitment meant entering into the field of local government, which demanded the negotiating complex imperial government. Despite the great flood of soldiers in the early years of the conflict (1865-1866), the violence committed by recruiters were not diminished in the following years, especially in the hinterland of the province of Rio Grande do Norte. The resistance of the population favors the recruitment produced constant conflict throughout the provincial territory, leaking and rescues soldiers, attacks on commissions for recruiting, training entourages and confrontations of all kinds. At the same time that need arises regimentation of soldiers to incorporate the military, develops in the province wide movement to summon citizens to arms. The analysis of the sources, namely reports of provincial presidents, atas of the House of Representatives and the Senate, decrees published during the war, codes Posture, and some papers, allowed us the perception of the subject recruitment at the Provincial level, attending to the daily lives and social changes.
Keywords: História Militar
Recrutamento Militar
Província do Rio Grande do Norte
Military History
Military Recruitment
Rio Grande do Norte Province
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: História
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em História
Citation: ALVES, Francisco Urbano. Valentes Rio-Grandenses! Às Armas! : A questão do recrutamento militar na província do Rio Grande do Norte durante a Guerra do Paraguai (1864-1870). 2014. 160 f. Dissertação (Mestrado em História ) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6016
Issue Date: 30-Aug-2014
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.