Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6547
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Saúde do homem e o controle da pressão arterial em usuários hipertensos no nível da atenção primária à saúde
metadata.dc.creator: Dantas, Rosimery Cruz de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Paes, Neir Antunes
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Silva, Ana Tereza Medeiros Cavalcanti da
metadata.dc.description.resumo: A Hipertensão Arterial Sistêmica é uma doença multifatorial, considerada um fator de risco para as doenças cardiovasculares, com maior prevalência no grupo masculino. O Ministério da Saúde implantou a Política Nacional de Atenção Integral a Saúde do Homem, buscando através de ações no nível da Atenção Primária reverter este e outros quadros. Teve-se como objetivo central Investigar o acompanhamento de homens hipertensos pelos Serviços de Saúde da Atenção Primária para o controle da Pressão Arterial, a partir da relação dos fatores de risco modificáveis e de fatores sociodemográficos nos municípios de João Pessoa e Campina Grande, nordeste do Brasil. Trata-se de um estudo quanti-qualitativo, com amostra aleatória e probabilística de 74 e 69 usuários hipertensos para o município de João Pessoa (JP) e Campina Grande (CG) respectivamente analisados através da Regressão logística binária (RLB) e da técnica de análise do discurso proposta por Fiorin. Nos dois municípios destacouse um perfil de não acompanhados, níveis pressóricos não controlados, de baixa escolaridade, não-brancos, idosos, não tabagistas, não etilista, sedentários e com sobrepeso/obesidade. Na aplicação do modelo de RLB, adotando-se = 0,05, detectou-se para o município de JP duas variáveis que mantinham relação com o controle da pressão: raça ( = 0,047) e sobrepeso/obesidade ( = 0,036), e em CG sedentarismo ( = 0,067). O Odds Ratio (OR) (= 0,331 para raça, 0,333 par sobrepeso/obesidade) no município de JP expressa que os indivíduos brancos e com peso normal têm três vezes mais chance de controlar a pressão quando comparados aos que não tem essa condição. Em CG o OR (= 0,379) da variável sedentarismo, indica que sendo ou não sedentário a chance de controle da pressão é igual, em função do Intervalo de confiança (0,134;1,069). No tocante ao controle da pressão, durante a coorte, houve queda nos níveis das pressões, porém não significativos estatisticamente (significância > 0,05). Na abordagem qualitativa detectou-se que os indivíduos não tabagistas e não etilistas tinham iniciado no vício antes dos 18 anos, permanecendo nele por mais de 15 anos. A grande maioria desconhece o real significado da hipertensão, indicado pela dificuldade dos sujeitos da pesquisas em manifestar a concepção sobre a hipertensão, sobre as medidas adotadas para o controle da pressão, e pela valorização sobretudo do uso de medicamentos. Sugere-se para conseguir um adequado controle pressórico uma captação precoce dos homens aos serviços, uma reorganização na forma operacional de atendimento, registro, horário de consulta e o fortalecimento das ações de educação em saúde para promover no homem mais conhecimento do agravo e comprometimento com o autocuidado. O estudo permitiu identificar os fatores de risco que requerem mais foco de atenção por parte de gestores e profissionais de saúde para se chegar ao controle pressórico e, dessa forma, espera-se que possa contribuir com o processo de tomada de decisão, a fim de subsidiar a elaboração e implementação de políticas públicas factíveis e de práticas de saúde mais eficazes para o controle da hipertensão arterial.
Abstract: The Hypertension is a multifactorial disease, considered a risk factor for cardiovascular disease, with higher prevalence in males. The Ministry of Health established the National Policy for Integral Health of Man, searching through actions at the level of Primary Care to reverse this and other situations. We had as our central objective to investigate the monitoring of hypertensive men by the Health Services of Primary Care for the control of blood pressure, from the list of modifiable risk factors and sociodemographic factors in the municipalities of Joao Pessoa and Campina Grande, northeast Brazil. This is a quantitative and qualitative study, randomly sampled of 74 and 69 hypertensive patients from the city of João Pessoa (JP) and Campina Grande (CG) respectively, analyzed by binary logistic regression (BLR) and discourse analysis technique proposed by Fiorin. In municipalities stood out a profile of unaccompanied, uncontrolled blood pressure, low education, non-whites, elderly, nonsmokers, non-drinkers, sedentary and overweight / obesity. In the application of model RLB, adopting = 0.05, was detected for the city of JP two variables that maintained relations with pressure control: race ( = 0.047) and overweight / obesity ( = 0.036), and CG sedentary ( = 0.067). The odds ratio (OR) ( = 0.331 for race, 0.333 to overweight / obesity) in the city of JP expresses that white individuals with normal weight have three times more chance to control the pressure when compared to the ones that doesn t have this condition. In the CG OR ( = 0.379) of sedentarism variable indicates that being sedentary or not, the chance to control the pressure is the same on the basis of the confidence interval (0.134, 1.069). With regard to blood pressure control during the cohort, there was decrease in the levels of pressure, but not statistically significant (significance> = 0.05). In the qualitative approach it was found that individuals not smokers and non-drinkers had been a day, beginning in the habit before the age of 18 and remained there for more than 15 years. Most do not know the real meaning of hypertension, indicated by the difficulty of the subject of research in the conception manifest on hypertension, on measures taken to control the pressure, and the appreciation of the use of particular drugs. It is suggested, to achieve adequate blood pressure control, early uptake of men to health services, a reorganization in the form of operating assistance, registration, consultation schedule and strengthening actions of health education, to promote to the man more knowledge about the severity and commitment to the selfcare. The study identified risk factors that require more focus of attention on the part of managers and health professionals to reach the blood pressure control, and thus is expected to contribute to the decision-making process in order to subsidize the elaboration and implementation of public policies feasible and more effective health practices for the control of hypertension.
Keywords: Hipertensão
Modelos logísticos
Risco
Saúde do homem
Hypertension
Logistic models
Risk
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Exatas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Modelos de Decisão e Saúde
Citation: DANTAS, Rosimery Cruz de Oliveira. Saúde do homem e o controle da pressão arterial em usuários hipertensos no nível da atenção primária à saúde. 2013. 151 f. Dissertação (Mestrado em Modelos de Decisão e Saúde) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6547
Issue Date: 15-Feb-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Modelos de Decisão e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,89 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.