Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6553
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Influência do Programa Bolsa Família e renda no controle da pressão arterial de hipertensos atendidos na atenção primária à saúde
metadata.dc.creator: Buchmeier, James Silva Moura
metadata.dc.contributor.advisor1: Paes, Neir Antunes
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Ribeiro, Kátia Suely Queiroz Silva
metadata.dc.description.resumo: As doenças cardiovasculares são a maior causa de morte no planeta, sendo a Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) um dos principais agravos dessas doenças. Dos fatores modificáveis para HAS, a renda individual ou familiar exerce uma importante influência no controle da pressão arterial. Um dos principais aportes nesse sentido são os programas de transferência de renda, como, o Programa Bolsa Família (PBF) do governo federal. Deste modo, o principal objetivo deste estudo consistiu em analisar o efeito dos programas assistenciais de transferência de renda e da renda no controle da hipertensão arterial sistêmica em usuários adultos cadastrados no Programa HIPERDIA no município de João Pessoa. A renda foi dividida em quatro grupos (G1, que recebia Bolsa Família e recortes para G2, G3 e G4). Trata-se de um estudo com (abordagem qualitativa e quantitativa. A primeira é caracterizada por um estudo observacional, de corte transversal para os ano de 2009. Na abordagem qualitativa foi utilizado como método o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). As variáveis estudadas representam características sociodemográficas, antropométricas e hemodinâmicas dos usuários hipertensos. Para as análises estatísticas fez-se o uso do teste de Análise de Variância (ANOVA) com post hoc Tukey-HSD; o teste de Kruskal-Wallis com post hoc de Dunn; o teste t Student, o teste de Mann-Whitney e o teste de Wilcoxon. Para análise dos fatores de risco utilizou-se o Modelo Linear Generalizado Logístico. O perfil da amostra representativa foi predominante para o sexo feminino, de raço/cor não branca, casados, com escolaridade até o ensino médio, empregados, com pequena vantagem na Pressão Arterial (PA) controlada, alto risco para circunferência de cintura, baixo risco para relação cintura/quadril (RCQ) e Índice de Massa Corporal (IMC) normal. O teste entre médias resultou em diferenças estatísticas entre os quatro grupos para as variáveis: idade e Pressão Arterial Sistólica. Os fatores que atuaram no controle da PA foram: no grupo G1, idade (OR = -1,15) e sexo masculino (OR = 0,89); no grupo G2 sexo (OR = -1,29) e IMC (OR = 1,94); o grupo G4 situação conjugal ser casado (OR = 1,75) e massa corporal (OR= 0,50). Na etapa qualitativa foi observado que os indivíduos em sua maioria faziam uso principalmente de medicamentos alopáticos para controle da HAS com, claras alegações de que a renda proporcionada pelo PBF era insuficiente para o controle da pressão arterial em indivíduos hipertensos, cujos benefícios eram destinados com os gastos da casa. Sugere-se que não há evidências de que o PBF exerce influência no controle da pressão arterial de indivíduos hipertensos cadastrados no Programa Hiperdia, no município cidade de João Pessoa no período estudado.
Abstract: Cardiovascular diseases are the major cause of death in the planet, and Systematic Arterial Hypertension (SAH) is one of the main grievances of these diseases. Among the modifying factors for SAH, the individual or family income plays an important role in blood pressure control. Among the main contributions it is the income transfer programs, such as the Bolsa Família Program (PBF) of the Brazilian government. Therefore, the main goal of this study was to analyze the effect of income transfer assistance programs and income on controlling systematic arterial hypertension in adult users registered in the HIPERDIA Program in the city of Joao Pessoa. Income was divided into four groups (G1, which received Bolsa Familia and cutouts for G2, G3 and G4). This is a qualitative and quantitative study. The first is characterized by an observational study, cross-sectional for the year of 2009. In the qualitative approach it was used the Collective Subject Discourse (CSD) as method. The studied variables represent socio-demographic, anthropometric hemodynamic features of hypertensive patients. For statistical analyzes it was used the Variance Analyzes test (ANOVA) with post hoc Tukey-HSD; the Kruskal-Wallis test with post hoc of Dunn; the t Student test, the Mann-Whitney test and the Wilcoxon test. For the risk factors analyzes it was used the Logistic Generalized Linear Model. The profile of the representative sample was predominant in females, race/skin color not white, married, who have studied until high school, employed, with little advantage in controlled Blood Pressure (BP), high risk of waist circumference, low risk of waist-to-hip ratio (WHR) and normal Body Mass Index (BMI). The test of averages resulted in statistical differences between the four groups for the variables: age and systolic blood pressure. The factors that worked in the BP control were: G1, age (OR = -1,15) and males (OR = 0,89); in group G2 sex (OR = -1,29) and BMI (OR = 1,94); group G4 marital status being married (OR = 1,75) and body mass (OR= 0,50). In the qualitative phase it was observed that most individuals use allopathic medicines to control SAH and they clearly claimed that the funds provided by the PBF was not enough to control blood pressure in hypertensive individuals, whose money was spent on things for the house. It is suggested that there is no evidence that the PBF influences blood pressure control in hypertensive patients enrolled in the Hiperdia Program, in the city of Joao Pessoa during the study period.
Keywords: Hipertensão
Atenção Primária à Saúde
Renda
Hypertension
Primary Health Care
Income
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Exatas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Modelos de Decisão e Saúde
Citation: BUCHMEIER, James Silva Moura. Influência do Programa Bolsa Família e renda no controle da pressão arterial de hipertensos atendidos na atenção primária à saúde. 2014. 79 f. Dissertação (Mestrado em Modelos de Decisão e Saúde) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6553
Issue Date: 6-Aug-2014
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Modelos de Decisão e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.