Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6582
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Na brincadeira, me perdi!: Zambê e outras práticas musicais no ambiente familiar de seu Geraldo Cosme, em Cabaceira-RN
metadata.dc.creator: Costa, Jaildo Gurgel da
metadata.dc.contributor.advisor1: Sandroni, Carlos
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho é resultante de uma investigação etnográfica sobre o zambê e demais práticas musicais existentes no ambiente familiar de seu Geraldo Cosme. O campo empírico situa-se na comunidade de Cabeceira, município de Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte. Nesta cidade, os destaques econômicos são a carcinicultura, a produção açucareira e o turismo. No que se refere a expressões culturais, têm obtido destaque manifestações como o coco de roda e, sobretudo, o zambê tipo de música e dança coletiva, com canto responsorial e acompanhamento percussivo, pertencente à tradição oral. Esta investigação tem por objetivo identificar, analisar e discutir os fazeres musicais, atuais, da família em questão. Para tanto, considera-se que a paisagem sonora local é tensionada por dois segmentos distintos, porém dialógicos: o da tradição oral e o da música popular, ambos organicamente interligados e amplamente comungados, quer seja em forma de veiculação, desses repertórios, nos aparelhos eletrônicos em geral ou através de performances musicais locais. O processo investigativo contemplou pesquisa bibliográfica e documental, pesquisa de campo, com ênfase na observação participante de diversas situações de performance, e abarcou também análises de fotografias, de registros de áudio e vídeo produzidos e vivenciados in loco, tanto quanto fora dele. Contudo, incluiu a análise da história oral como uma das principais ferramentas norteadoras desta pesquisa. Verificou-se, através das investigações, que nesta localidade existe um número expressivo e diverso de práticas musicais de cunho tradicional (a exemplo do zambê) e popular (gêneros midiatizados em geral). Percebeu-se ainda que a dança do zambê atende basicamente à demanda externa, através de apresentações pagas, enquanto que a música popular é vivenciada internamente, voluntariamente, como forma de entretenimento. Diante de tantos gêneros musicais distintos, presentes e partilhados, num mesmo espaço, pelo mesmo público, músicos e momentos, conclui-se que as práticas sonoras em suas diferentes expressões, com usos e funções particularmente definidos, no contexto familiar em questão, são capazes de dialogar e apresentar especificidades de cada fazer musical.
Abstract: This paper presents the results from an ethnographic investigation about zambê and other musical practices present in Sir Geraldo Cosme s family. The empirical field is located in the community of Cabeceira, municipality of Tibau do Sul, in the state of Rio Grande do Norte. In this town, economy is based on shrimp, sugar production and tourism. On the cultural expressions area, manifestations like coco de roda and, mainly, zambê kind of group music and dance, with responsorial singing and percussion accompaniment, originated from oral tradition have been highlighted. This investigation aims to identify, analyze and discuss the nowadays musical practices of the family studied. For that, it is considered that the local sonorous scenery is tensioned by two different segments, however dialogical: oral tradition and popular music, both organically interlinked and broadly communed, whether the divulgation of the repertories from electronics in general or through the local musical performances. The investigation process included bibliographical and documental research, field research, focusing on participant observation of several performances situations, and also covered analysis of photos, audio and video produced and lived on spot, as well as outside there. However, it includes the analysis of oral history as one of the main tools to guide this research. It was verified, through investigations, that in that place there is a significant and diverse number of traditional (such as zambê) and popular (genres produced by media) musical practices. It was also noticed that zambê dance attends basically to external demand, through paid presentations, while popular music is lived internally, voluntarily, as a way of entertainment. Before so many different musical genres present and shared in the same space, by the same public, musicians and moments, it was concluded that the sonorous practices in their different expressions, with uses and functions particularly defined, in the familiar context studied, are capable to dialogue and present specificities of each musical practice.
Keywords: Coco
Zambê
Tradição Oral
Música Popular
Espetacularização
Coco
Zambê
Oral Tradition
Popular Music
Espetacularization
metadata.dc.subject.cnpq: ARTES::MUSICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Música
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Música
Citation: COSTA, Jaildo Gurgel da. Na brincadeira, me perdi!: Zambê e outras práticas musicais no ambiente familiar de seu Geraldo Cosme, em Cabaceira-RN. 2011. 140 f. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6582
Issue Date: 19-May-2011
Appears in Collections:Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA) - Programa de Pós-Graduação em Música

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf3,27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.