Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6641
metadata.dc.type: Tese
Title: Efeito do ph e da concentração de flúor presente em dentifrícios líquidos no controle de cárie em área não fluoretada: estudo clpinico randomizado.
metadata.dc.creator: Leite, Dayane Franco Barros Mangueira
metadata.dc.contributor.advisor1: Sampaio, Fabio Correia
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Buzalaf, Marília Afonso Rabelo
metadata.dc.description.resumo: O objetivo do presente estudo clínico randomizado foi avaliar o efeito do pH e da concentração de flúor presente em dentifrícios líquidos no controle de cárie dentária em crianças na primeira infância, em área não fluoretada. Em adição, este estudo avaliou a influência do pH e da concentração de flúor nas unhas e na incorporação de flúor no biofilme dental. A amostra foi composta por 212 crianças na faixa etária de 2-4 anos de idade e foi dividida em 3 grupos de acordo com o dentifrício utilizado ao longo de 12 meses: G1 (n= 39-Ativos/38-Inativos): 550 ppmF- pH 4,5; G2 (n= 33-Ativos/35-Inativos): 1100 ppmF- pH 7,0; G3 (n= 33-Ativos/34-Inativos): 550 ppmF pH 7,0. O exame clínico foi realizado no baseline e após 12 meses de estudo, usando-se o critério de diagnóstico de atividade de cárie (ativa, inativa) e integridade da superfície da lesão (intacta, superfície com descontinuidade, cavidade). As lesões que progrediram ou regrediram e o incremento líquido (progressão - regressão) foram verificados para cada criança. Os dados foram verificados quanto à normalidade e homogeneidade usando os testes de Kolmogorov-Smirnov e Bartlett, respectivamente. Em função da não normalidade dos dados, mesmo quando estes foram submetidos à transformação logarítmica, o efeito dos dentifrícios sobre a progressão das lesões nas crianças cárie-inativas, bem como sobre a progressão, regressão e incremento líquido das lesões em crianças cárie-ativas foi avaliado pelo teste de Kruskal-Wallis. Para as unhas dos pés, os dados não atingiram padrão de normalidade, sendo analisados por Kruskal-Wallis, após transformação logarítmica, seguido pelo teste de Dunn, para comparações individuais. Para o biofilme dental, os dados foram analisados por ANOVA e teste de Bonferroni, para comparações individuais. Em todos os casos, o nível de significância foi fixado em 5%. Os dentifrícios líquidos acidulado e neutro com baixa concentração de flúor mostraramse eficazes para o controle da cárie dentária, já que os resultados foram semelhantes àqueles encontrados para o dentifrício convencional (1100ppmF). Apesar de uma diferença numérica no incremento de cárie após 12 meses (G3>G2>G1), não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos. Concentração de flúor nas unhas foi significantemente menor quando as crianças usaram os dentifrícios fluoretados de baixa concentração e baixo pH (p<0,05). A redução do pH foi capaz de aumentar a incorporação de flúor no biofilme dental, e os níveis de fluoreto no biofilme não diminuíram ao longo do tempo. Conclui-se que dentifrício líquido com baixa concentração de flúor pode ser eficaz para o controle da cárie dentária, sem aumentar o risco de fluorose dentária em crianças pequenas.
Abstract: The aim of this randomized clinical trial was to evaluate the effect of pH and fluoride concentration in liquid dentifrices in the control of dental caries in early childhood, in non-fluoridated area. In addition, this study evaluated the influence of pH and fluoride concentration in toenails and in the fluoride uptake in plaque. The sample comprised 212 children aged 2-4 years old and was divided into three groups according to the liquid dentifrices used over 12 months: G1 (n = 39-Active/38-Inactive): 550&#956;gF/g-pH 4.5; G2 (n = 33-Active/35-Inactive): 1100&#956;gF/g-pH 7.0; G3 (n = 33- Active/34- Inactive): 550&#956;gF/g-pH 7.0. Clinical examination was performed at baseline and after 12 months of study, using the diagnostic criteria for caries activity (active, inactive) and surface integrity of the lesion (intact, surface discontinuity, cavity). The lesions that progressed or regressed and the net increment (progression - regression) were recorded for each child. Data were checked for normality and homogeneity using the Kolmogorov-Smirnov and Bartlett tests, respectively. The data failed the normality test, even after logarithmic transformation, and the effect of dentifrice on the progression of lesions in caries-inactive, as well as progression, regression, and net increment of injuries in children caries activity was evaluated by Kruskal-Wallis test. For toenails, the data failed the normality test and were analyzed by Kruskal-Wallis test, after logarithmic transformation, followed by Dunn´s test for individual comparisons. For the plaque, the data were analyzed by ANOVA and Bonferroni test for individual comparisons. In all cases, the level of significance was set at 5%. The acidic and neutral liquid dentifrice with low fluoride concentration showed to be effective for the control of dental caries since the results were similar to those found for conventional one (1100&#956;gF/g). Despite a numerical difference in caries increment after 12 months (G3> G2> G1), no statistical significant difference between groups. Fluoride concentrations in toenails were significantly lower when children used the liquid dentifrice with low concentration of fluoride and low pH (p<0.05).The reduction of pH was able to enhance the incorporation of fluoride in the plaque, and the levels of fluoride in the plaque is not decreased over time. It can be concluded that a low fluoride concentration dentifrice can be effective for controlling dental caries without increasing the risk of dental fluorosis in young children.
Keywords: Dentifrícios
Cárie Dentária
Fluoretos
Unhas
Concentração de Íons de Hidrogênio
Dentifrices
Dental Caries
Fluorides
Nails
pH
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Odontologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Odontologia
Citation: LEITE, Dayane Franco Barros Mangueira. Efeito do ph e da concentração de flúor presente em dentifrícios líquidos no controle de cárie em área não fluoretada: estudo clpinico randomizado.. 2012. 89 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6641
Issue Date: 17-Aug-2012
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdf9,4 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.