Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6885
metadata.dc.type: Tese
Title: Análise do conhecimento e das atitudes frente às fontes renováveis de energia: uma contribuição da Psicologia
Other Titles: Analysis of knowledge and attitudes toward renewable energy sources: a contribution of Psychology
metadata.dc.creator: Pessoa, Viviany Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Gouveia, Valdiney Veloso
metadata.dc.description.resumo: O objetivo da presente tese foi verificar o conhecimento e as atitudes frente às fontes renováveis de energia (FRE), energia solar e eólica, e em que medida estas atitudes estão associadas e podem ser preditas a partir do grau de inclusão ambiental e dos valores humanos. O Estudo 1 objetivou verificar o conhecimento acerca das FRE. Contou-se com a participação de 74 pessoas (27 homens e 47 mulheres) da cidade de João Pessoa (PB), com idades variando de 18 a 61 (m = 28,9; dp = 11), sendo a maioria (63,5%) estudantes de universidade pública. Estes responderam à técnica de autorrelato conhecida como Redes Semânticas Naturais (RSN), além de perguntas acerca do conhecimento sobre as fontes renováveis de energia e questões sociodemográficas. Uma análise exploratória identificou redes semânticas que, embora tenham apresentado um número de repertórios limitados tanto para a energia eólica como a energia solar, representaram conhecimentos com significados positivos, úteis e coerentes com a proposta do uso eficiente e sustentável de energia. Nestas redes semânticas, os conhecimentos sobre energia eólica e energia solar são representados por palavras que atendem ao apelo (pró-) ambiental (ex. natureza e limpa), que evidenciam o aspecto tecnológico (ex. tecnologia e força) e o aspecto econômico (ex. sustentável, economia e produção). O Estudo 2 teve como objetivo desenvolver um instrumento de atitudes sobre as FRE, com versões para energia solar, eólica e convencional, além de verificar os parâmetros psicométricos de outras três medidas: Inventário de Atitudes Ambientais, Escala de Parentesco com a Natureza e Escala de Conexão Ambiental. Participaram 204 pessoas de João Pessoa (PB), com idade média de 23 anos (dp = 13,83), sendo a maioria do sexo feminino (60%). A análise exploratória e o cálculo da consistência interna empregados para as três versões da EAFRE indicaram estruturas unifatoriais com alfas de Cronbach de 0,94 para a versão Solar; 0,93 para a versão Eólica; e 0,86 para a versão Convencional. As Análises exploratórias e confirmatórias, bem como o cálculo da consistência interna empregados nas validações das demais medidas indicaram parâmetros de validade e precisão adequados. No Estudo 3, foram testadas as hipóteses relacionadas aos objetivos da tese, proporcionando subsídios para a construção do modelo teórico proposto valores inclusão ambiental atitudes comportamento. Participaram 282 usuários de internet, com idade média de 30 anos (dp = 11,60, amplitude de 17 a 75 anos), sendo a maioria do sexo feminino (65%). As hipóteses elencadas foram corroboradas, com exceção da hipótese 3 e hipótese 4. No entanto, apesar destes resultados, foi possível propor um modelo explicativo, no qual valores humanos são subjacentes às atitudes frente às fontes renováveis de energia. Confia-se que a presente tese contribui com a literatura da psicologia social e ambiental, apresentando parâmetros psicométricos de medidas que podem ser empregadas em pesquisas futuras, além de contribuir com um modelo explicativo do comportamento de aceitação das fontes renováveis de energia. Poder-se-ia, a partir do modelo proposto, desenvolver estratégias de marketing e políticas públicas de incentivo ao uso de fontes renováveis de energia.
Abstract: The present thesis aimed at verifying knowledge and attitudes toward renewable energy sources (RES), solar and wind energy, and in what extent these attitudes are related and can be predicted by environmental inclusion and human values. Study 1 aimed to verify the knowledge about RES. Participants were 74 people (27 men and 47 women) from João Pessoa (PB), with ages between 18 and 61, most were undergraduate from public universities. They answered to the self-report technique known as Natural Semantic Networks (NSN), besides questions about the knowledge of RES and demographic issues. An exploratory analysis identified semantic networks that, despite showing a limited repertory of solar and wind energy, represented knowledge with positive meaning, useful and coherent with the proposal of efficient and sustainable use of energy. In these semantic networks, the knowledge about solar and wind energy are represented by words that match with the pro-environmental appeal (e.g. nature and clean), words that show the technological features (e.g. technology and strength) and also the economic aspect (e.g. sustainable, economy and production). Study 2 aimed to develop an attitude toward RES instrument, with versions to solar, wind and conventional energy, besides verifying psychometric parameter of three other measures: Environmental Attitudes Inventory, Nature Relatedness Questionnaire and Connectedness to Nature Scale. Participants were 204 people from João Pessoa (PB), with mean age of 23 years old (sd = 13.83), most female (60%). Exploratory analysis and calculation of internal consistency used for the three versions indicated structures of EAFRE unifatorial with Crombach s alphas of 0.94 to Solar version, 0.93 to Wind version, and 0.86 for the conventional version. The exploratory and confirmatory analysis, as well as the calculation of internal consistency used in the validation of other measures parameters indicated adequate validity and reliability. In Study 3, we tested the hypothesis related to the objectives of the thesis, providing subsidies for the construction of the theoretical model values including environmental attitude behavior. 282 internet users participated, mean age 30 years (sd = 11.60), mostly female (65%). The hypotheses were corroborated listed, except for hypothesis 3 and hypothesis 4. However, despite these results, it was possible to propose an explanatory model in which human values are the underlying attitudes to renewable energy. One trusts that this thesis contributes to the literature of social and environmental psychology, presenting psychometric parameters of measures that can be used in future studies, and contributes with an explanatory model of the acceptance behavior of RES. Through this model, it is possible to develop incentive marketing strategies and public policies toward the use of renewable energy sources.
Keywords: Fontes renováveis de energia
Energia eólica
Energia solar
Atitudes ambientais
Inclusão ambiental
Renewable energy sources
Wind energy
Solar energy
Environmental attitudes
Environmental inclusion
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: PESSOA, Viviany Silva. Análise do conhecimento e das atitudes frente às fontes renováveis de energia: uma contribuição da Psicologia. 2011. 272 f. Tese (Doutorado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6885
Issue Date: 12-Dec-2011
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,94 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.