Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6937
metadata.dc.type: Tese
Title: Educação em direitos humanos em uma instituição militar
metadata.dc.creator: Barboza, Miriane da Silva Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Camino, Cleonice Pereira dos Santos
metadata.dc.description.resumo: O objetivo principal deste trabalho é verificar a influência de diferentes práticas interventivas sobre as representações sociais (RS) dos direitos humanos (DH) em alunos de um curso de formação de oficiais da polícia militar - cadetes. Tendo em vista este objetivo, foram realizados dois estudos. No primeiro, buscou-se investigar as RS, o conhecimento e as concepções sobre os DH, bem como a sensibilidade empática dos participantes. Foram administrados escalas e questionários sobre os DH, além de uma escala de empatia voltada para questões sociais a 176 cadetes, de ambos os sexos, alunos do 1o e do 3o ano. Também foi utilizada a Técnica da Associação Livre de Palavras. Nos dois estudos foram utilizadas estatísticas paramétricas e não paramétricas. Os resultados do primeiro estudo indicam: 1) a existência de um campo representacional dos DH e uma correspondência entre o conteúdo desse campo e a Declaração Universal dos Direitos Humanos; 2) a existência de RS negativas com relação à efetivação dos DH e; 3) uma baixa sensibilidade empática com respeito a alguns grupos sociais. A partir desses resultados, foi selecionada a amostra do segundo estudo, que visou promover uma mudança nas RS dos participantes, conscientizando-os quanto ao papel do policial enquanto defensor e promotor dos DH. Participaram deste estudo 48 cadetes, que foram distribuídos, randomicamente, em três grupos: dois experimentais e um de controle. O grupo controle assistiu a aulas sobre os DH com um professor da instituição onde foi realizada a pesquisa. Os grupos experimentais participaram de um dos tipos distintos de intervenção: com uma Técnica Racional Discursiva (TRD) e com uma Técnica Racional Discursivo-Afetiva (TRDA). A TRD consistiu na exposição e discussão dos conteúdos definidos no plano da disciplina Cidadania e Direitos Humanos , e de discussões de dilemas da vida real. A TRDA adotou os procedimentos utilizados na TRD, acrescidos de atividades psicodramáticas. Ao final do programa de intervenção, os participantes dos três grupos responderam novamente aos instrumentos mencionados no Estudo I. Os resultados das análises referentes às medidas objetivas não indicam diferenças significativas entre os grupos experimentais e de controle e entre os pré-testes e os pós-testes. Quanto às avaliações subjetivas, quando se compara o pré-teste com o pós-teste nos grupos experimentais verificam-se mudanças: 1) no conhecimento dos DH de um menor para um maior conhecimento-; 2) nas concepções de DH de pouco elaboradas para bem elaboradas ; 3) nas representações dos DH de individuais para grupais e; 4) nas representações da polícia - de uma visão idealizada para uma visão realista. Também são observadas diferenças entre os grupos experimentais: 1) no conhecimento os escores dos participantes submetidos à TRDA foram mais elevados do que os submetidos à TRD e; 2) na representação da polícia militar os participantes submetidos à TRD apresentaram representações específicas e os submetidos à TRDA, representações universais. Os resultados são discutidos à luz da TRS, da teoria psicossociológica de Doise e de estudos empíricos que investigam os DH na esfera das RS.
Abstract: The main goal of this research is to verify the influence of different intervention practices related to social representations (SR) of human rights (HR) over students of a military police training course - cadets. In view of this objective, two studies were carried out. In the first one, it was intended to investigate SR, knowledge and concepts about HR as well as the participants empathic distress. Scales and questionnaires about HR were used, besides an empathy scale turned to social issues to 176 cadets of both genders, 1st and 3rd year students. Also, the Technique of Association Free from Words was utilized. In both studies, parametric and non-parametric statistics were used. The results for the first study show: 1) the existence of a HR representational field and a correspondence between this field s content and the Universal Declaration of Human Rights; 2) the existence of negative SR in relation to the accomplishment of HR and; 3) a low empathic distress in respect to some social groups. From these results, the second study s sample was selected and it sought after promoting a change in the participants SR, making them aware of the police officer s role as a defender and promoter of HR. 48 cadets took part in this research, all of whom distributed at random in three groups: two were experimental, and one, of control. The control group attended classes about HR with a teacher from the institution in which the research was realized. The experimental groups participated in one of the distinct types of intervention: with a Discursive Rational Technique (DRT) and with a Discursive-Affective Rational Technique (DART). The DRT consisted of the exposure and discussion of the contents defined in planning of the discipline Citizenship and Human Rights , and discussions about real life s dilemmas. The DART adopted procedures used in the DRT, added by psycho-dramatic activities. At the end of the intervention program, participants of the three groups responded again to the instruments mentioned in study I. The results of the analyses that refer to the objective measure do not indicate significant differences between the experimental and control groups, and between the pre-tests and post-tests. As for subjective evaluations, when the pre-test and the post-test in the experimental groups are compared, changes are perceived: 1) in the knowledge of HR from low to high knowledge -; 2) in the concepts of HR from poorly-elaborated to well-elaborated -; 3) in the representations of HR from individual to group and; 4) in the representations of the police force from an idealized to a realistic view. Differences between experimental groups are also observed: 1) in the knowledge the participants scores submitted to the DART were higher than those submitted to the DRT and; 2) in the representation of the military police participants submitted to the DRT showed specific representations, and the ones submitted to the DART, universal representations. Results are discussed in light of the SRT, of Doise s psycho-sociologic theory, and of empirical studies which investigate HR in the SR field.
Keywords: Educação em Direitos Humanos
Representações sociais
Direitos humanos
Policias militares
Education in Human Rights
Social representations
Human rights
Military Police Officers
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: BARBOZA, Miriane da Silva Santos. Educação em direitos humanos em uma instituição militar. 2013. 272 f. Tese (Doutorado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6937
Issue Date: 30-Apr-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,71 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.