Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6949
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O viver com AIDS depois dos 50 anos e sua relação com a qualidade de vida
metadata.dc.creator: Oliveira, Josevânia da Silva Cruz de
metadata.dc.contributor.advisor1: Saldanha, Ana Alayde Werba
metadata.dc.description.resumo: A AIDS na maturidade e velhice apresenta características específicas por trata-se de indivíduo com outras patologias associadas, próprias da velhice, que mascaram os sintomas da AIDS, ocasionando, em alguns casos, diagnóstico incerto ou inconclusivo. O interesse pela Qualidade de Vida de pessoas acima de 50 anos HIV+ se faz necessário uma vez que esta questão perpassa por situações de discriminação, estigmatização e abandono, bem como produz impacto nas relações afetivas dessas pessoas. Objetivos: Este estudo teve por Objetivo Geral verificar a vivência da AIDS e sua relação com a QV de pessoas acima de 50 anos soropositivas para o HIV/AIDS, atendidas em um hospital de referência no atendimento e tratamento dessa patologia na cidade de João Pessoa-Pb. Método: Contou-se com a participação, de forma não probabilística e acidental, de 43 pessoas HIV+, com idades variando de 50 a 78 anos (M=55; DP=4,6), sendo a maioria do sexo masculino (62,8%). Além disso, para o procedimento de entrevista, participaram 10 pessoas HIV+. Ademais, para a comparação com índice de QV da população geral, solicitou-se, de forma nãoprobabilística e acidental, a participação de 43 pessoas, com idades variando de 50 a 87 anos (M=59; DP=8,6), sendo a maioria do sexo feminino (76,7%). Para a coleta dos dados, utilizaram-se os seguintes instrumentos: Questionário biodemográfico, Escala de Qualidade de Vida para a velhice (WHOQOL-OLD) e Entrevista. Para a análise dos dados do questionário biodemográfico e do WHOQOL-Old foram realizadas análises de estatística descritiva e multivariada, por meio do programa estatístico SPSS, versão 15.0. Já para a análise dos dados das entrevistas, utilizou-se a Análise de Discurso. Resultados: No Fator Geral da QV os participantes HIV+ apresentaram escore médio positivo de 55,3 (DP=14,6), demonstrando uma QV relativamente boa. Já os participantes da população geral apresentaram índice geral de QV de 59,3 (DP=17,1), maior que o nível dos participantes HIV+. Na avaliação por fatores, os resultados indicaram baixos níveis de QV nas facetas Morte e Morrer e Intimidade para os participantes HIV+ e baixo nível de QV dos participantes da população geral apenas no Fator Morte e Morrer . No tocante as variáveis bio-demográficas, foram identificadas diferenças, estatisticamente significativas (p<0,05) entre os grupos critérios dos participantes HIV+ em relação aos fatores: Autonomia , Atividades passadas, presentes e futuras , Morte e Morrer e Intimidade . Ademais, para os participantes HIV+, os resultados indicaram que quanto maior era nível de religiosidade melhor era a Qualidade de Vida deles. A partir da análise dos discursos dos participantes, emergiram duas classes temáticas, 13 categorias, e 21 sub-categorias, à saber: Classe Temática I Cotidiano com AIDS (categorias: Contágio, Diagnóstico, Percepção da AIDS, Relacionamento Afetivo-Sexual, Enfrentamento, AIDS na Velhice, Suporte, Preconceito, Trabalho e Perspectivas) e Classe Temática II Atendimento à AIDS na velhice (categorias: atendimento, tratamento e Prevenção). Conclusão: Embora a terapêutica atual tenha prolongado a vida das pessoas HIV+ e melhorado a vivência da sexualidade nessa fase da vida, observa-se, para esses participantes, que a AIDS continua sendo associada à morte e a todo o sofrimento que lhe é pertinente, bem como impondo limitações para a vivência de relacionamentos íntimos, o que pode afetar a QV dessa população.
Abstract: In the maturity and old age AIDS presents specific characteristics because it is related to individuals with other associated pathologies, specifically from the old age, which cover the symptoms of AIDS, producing, in some cases, uncertain or inconclusive diagnostics. The interest for Quality of Life in people over 50 years old with HIV+ is relevant because of this question involves situations of discrimination, stigmatization and abandonment, and it produces impact on the affective relations of these people, as well. Objectives: To verify the experience of AIDS and its relation to the QV of people living with HIV/AIDS over 50 years old, who have been assisted in a specialized hospital in the city of João Pessoa-PB, was the Main Objective of this study. Method: 43 people living with HIV+ participate of this study, in a non-probabilistic and accidental way. The ages of these people varied from 50 to 78 years old (M=55; SD=4,6), and the majority of people were male (62,8%). Moreover, in order to make a comparison to the level of QV of the general population, 43 people were asked to participate of the study; the ages of these people varied from 50 to 87 years old (M=59; SD=8,6), and the majority of participants were female (76,7%). With the purpose of collect data, the following instruments were used: bio-demographic questionnaire, Quality of Life Scale for the old age (WHOQOL-OLD) and in-depth interview. Multivariate and descriptive statistic analysis were used, through the statistic program SPSS, 15.0 version, with the intention of analyzing the data of the bio-demographic questionnaire and WHOQOL-OLD. Content Analysis to analyses the interviews data was used. Results: The HIV+ participants showed a positive medium score of 55,3 (SD=14,6) in the General Factor of the QV, demonstrating a relatively good QV. However, the participants of the general population presented a general level of QV of 59,3 (SD=17,1), higher than the level of the HIV+ participants. In the evaluation per factors, the results indicated low levels of QV in the Death and Die and Intimacy facets for the HIV+ participants and a low level of QV of the participants of the general population just for the Death and Die factor. Concerning the bio-demographic variables, it were identified significant statistically differences (p<0,05) among the criteria groups of the HIV+ participants in relation to the Autonomy , Future, present and past activities , Death and Die and Intimacy factors. Furthermore, concerning the HIV+ participants, the results indicated that the higher the level of religiosity, the better their Quality of Life. From the speech analysis of the participants, two thematic classes, 13 categories and 21 sub-categories emerged, namely: Thematic Class I Quotidian with AIDS (categories: Contagion, Diagnostic, Perception of AIDS, Affective-Sexual Relationship, AIDS in the old age, Support, Prejudice, Work and Perspectives) and Thematic Class II Assistance to AIDS in the old age (categories: assistance, treatment and prevention). Conclusion: Although the present therapeutic has prolonged the lives of HIV+ people and has improved the experience of sexuality in this stage of the life, it was observed, in this participants, that AIDS still has been associated to death and suffering, as well it has been seen as a limitation for intimate relationships, what can affects the QV of this population.
Keywords: Qualidade de vida
Maturidade
Velhice
AIDS
Quality of life
Maturity
Old age
AIDS
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: OLIVEIRA, Josevânia da Silva Cruz de. O viver com AIDS depois dos 50 anos e sua relação com a qualidade de vida. 2009. 149 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2009.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6949
Issue Date: 17-Feb-2009
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf681,27 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.