Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6960
metadata.dc.type: Tese
Title: Paternidade e maternidade na adolescência: produção de saberes e sentidos compartilhados por adolescentes
metadata.dc.creator: Souza, Andréa Xavier de Albuquerque de
metadata.dc.contributor.advisor1: Coutinho, Maria da Penha de Lima
metadata.dc.description.resumo: O objetivo da pesquisa foi de apreender as representações sociais elaboradas por pais e mães adolescentes sobre a paternidade e a maternidade na adolescência. Por reconhecer a importância da inserção do pai adolescente no processo da paternidade, a presente pesquisa incluiu em seu escopo o adolescente do sexo masculino. Este estudo foi subsidiado pela Teoria das Representações Sociais. Contou com a participação de 80 adolescentes distribuídos equitativamente em relação ao sexo, provenientes de classe social baixa, com idades entre 14 e 19 anos (M = 16,71; DP = 1,20), que vivenciam a experiência de ter apenas um filho. Para a coleta dos dados, utilizou-se uma abordagem de multimétodos, com diferentes instrumentos: questionário sobre características biossociodemográficas e práticas contraceptivas, cujas respostas foram tabuladas no Predictive Analytics SoftWare (PASW), versão 18, e analisadas por meio de estatística descritiva; Teste de Associação Livre de Palavras, processados no software Tri-Deux Mots para Análise Fatorial de Correspondência (AFC) e; Entrevista Semiestruturada, que foi submetida ao software Alceste para análise das classificações hierárquicas descendente e ascendente. Os resultados da AFC evidenciaram que as representações dos adolescentes em relação ao sexo são diferenciadas. Os adolescentes pais representaram a paternidade como aprendizado , uma experiência que gera demandas a partir da necessidade de ajudar , e que provoca a perda da liberdade . As adolescentes mães apontaram algumas atribuições em que o pai é associado negativamente àquele que não aceita o filho , parece irresponsável , e deve assumir a criança e ajudar a criá-la, o que foi objetivado na expressão tem que participar . A maternidade na adolescência, segundo os participantes do sexo masculino, foi objetivada na prática da amamentação , considerada por eles como uma característica simbólica desta vivência; também foi associada ao aspecto afetivo dar amor e ao compromisso de cuidar do filho . Por seu tempo, as mães objetivaram a experiência da maternidade com uma conotação positiva, associada a algo bom , que representa amor , um sonho , uma coisa de Deus . Apesar disso, reconhecem que exige responsabilidade diante do papel de cuidar do filho. A análise das entrevistas evidenciou um dendrograma estruturado por quatro classes temáticas cujos conteúdos representacionais estão associados às vivências e significados da paternidade e maternidade na adolescência, incluindo-se nesta classe temática a dificuldade de inserção paterna e o compromisso materno; aos conhecimentos sobre contracepção, seus meios de veiculação e práticas preventivas; aos projetos futuros planejados antes e depois de serem pais/mães; e, por último, conteúdos associados aos afetos mobilizados frente à gravidez e ao julgamento do outro. Espera-se que o conhecimento produzido nesta pesquisa amplie as discussões e as reflexões em torno do objeto estudado, com informações relativas às crenças, às atitudes, ás imagens, aos significados e opiniões dos adolescentes. Neste aspecto, confia-se que os achados desta tese possam lançar luz sobre o saber elaborado pelos adolescentes, sobretudo na perspectiva paterna, com vistas a inseri-los em políticas públicas de saúde e de educação sexual que os engajem neste processo, desconstruindo a ideia de invisibilidade social comumente associada à figura paterna na vivência afetiva de ter/cuidar de um filho na adolescência.
Abstract: The present study aimed to identify the social representations made by adolescent fathers and mothers on paternity and motherhood in adolescence. Recognizing the importance of integrating the teenage father in the process of paternity, this research has included in its scope the male adolescent. This study was supported on the Social Representations Theory. With the participation of 80 teenagers distributed equitably by gender, from lower social classes, ages from 14 to 19 years-old (M = 16.71, SD = 1.20), who pass through the experience of having only one child. To collect data, it was used a multimethod approach, counting on different instruments: Questionnaire on bio-socio-demographic characteristics and contraceptive practices which answers were recorded in PASW (Predictive Analytics SoftWare) version 18, and analyzed by descriptive statistics; free word association test, processed in software Tri-Deux Mots for Correspondence Factor Analysis (CFA) and; Semi-structured Interview, which was submitted to the Alceste software for the analysis of descending and ascending hierarchical classifications. The results of the CFA showed that adolescents have representations that vary according to gender. Teenager parents represented paternity as "learning", an experience that generates demands from the need to "help", causing a "loss of freedom". The adolescent mothers indicated some assignments in which the parent is negatively associated to that which "does not accept the child" and seems "irresponsible", and should take help in child rearing, which was objectified in the expression "must participate". Motherhood in adolescence, according to male participants, was objectified in the practice of "breastfeeding", considered by them as a symbolic feature of this experience, was also associated with affective aspect "give love" and to the commitment of "taking care of the child". For its time, the mothers objectified experience of motherhood with a positive connotation associated with "something good", representing "love", a "dream", a "God thing", but, nevertheless, recognize that "demands responsibility" before the role of "caring" son. The analysis of the interviews revealed a dendrogram structured by four thematic classes whose representational contents are associated to the experiences and meanings of parenthood in adolescence, including aspects of the difficulty of inserting paternal and maternal commitment; to the knowledge about contraception, their means of serving and preventive practices; to the future projects planned before and after being fathers/ mothers, and, finally, to the affects mobilized forward to pregnancy and judgment of another. It is hoped that the knowledge produced in this research allows broaden discussions and reflections around the studied object, providing information on the beliefs, attitudes, images, opinions and meanings of adolescents. In this respect, it trusts that the findings of this thesis may shed light on the knowledge produced by teenagers, especially in the father s perspective, in order to insert them into public policies on health and sex education to enable them to engage in this process, deconstructing the idea of social invisibility commonly associated with the father figure in the affective experience of having/ caring for a child in adolescence.
Keywords: Paternidade
Maternidade
Gravidez na adolescência
Adolescentes
Representações sociais
Fatherhood
Motherhood
Teen pregnancy
Teens
Social representations
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: SOUZA, Andréa Xavier de Albuquerque de. Paternidade e maternidade na adolescência: produção de saberes e sentidos compartilhados por adolescentes. 2013. 255 f. Tese (Doutorado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6960
Issue Date: 10-Sep-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,52 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.