Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6982
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Percepção visual da forma em humanos: a utilização de quadros de Dali na marcação da esquizofrenia
metadata.dc.creator: Nogueira, Renata Maria Toscano Barreto Lyra
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Natanael Antonio dos
metadata.dc.description.resumo: A esquizofrenia, uma das principais formas de transtorno psicótico, pode ser acompanhada de prejuízo na representação e percepção visuo-espacial. O presente trabalho teve por objetivo investigar alterações na percepção visual de portadores de esquizofrenia, utilizando como marcador fotografias de alguns quadros do pintor surrealista Salvador Dalí. Participaram deste estudo 60 adultos, 30 isentos de patologia neuropsiquiátrica (Grupo controle - GC) e 30 portadores de esquizofrenia medicados e em fase remissiva (Grupo Experimental - GE). Os participantes do GC e do GE apresentavam grau de escolaridade(M= 11,6, DP= 4,78 e M= 8,26, DP= 2,91; GC e GE, respectivamente) e faixas etárias semelhantes (M= 28,3, DP= 5,35 e M= 31,23, DP= 6,78; GC e GE, respectivamente). Todos voluntários apresentaram acuidade visual normal ou corrigida. Foram utilizados vinte e quatro quadros do pintor Salvador Dalí fotografados na dimensão 20 x 30 cm, baseados em categorias previamente estabelecidas. As fotografias dos quadros foram apresentadas aos voluntários sucessivamente, uma após a outra, sem limite de tempo para observação. Após a apresentação de cada fotografia, o participante indicou a gravura que mais se destacou. Em seguida, cada uma delas foi medida em centímetro e utilizada para calcular o ângulo visual pela função matemática tang alfa-1. Os dados foram coletados nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) das cidades de João Pessoa - PB e Recife - PE. Os resultados mostraram diferença significativa entre os dois grupos (F 1, 58= 550, 62, p<0,001). Isto é, a maioria dos participantes do GE preferiu figuras com tamanho médio maior (entre 10-15°) do que o GC que preferiu figuras com tamanho médio menor (4-5°). No geral, as figuras indicadas pelo GE foram em média 3 vezes maiores que as indicadas pelo GC. Estes dados indicaram que os portadores de esquizofrenia apresentaram alteração na percepção visual de quadros de Salvador Dalí e que os mesmos podem ser utilizados para marcar e estudar esta patologia.
Abstract: Schizophrenia, one of the main forms of psychotic upheaval, can be folloied of damage in the representation and visuo-spatial perception. The aim of the work was to investigate alterations in the visual perception in patients with of schizophrenia, using some pictures of surrealista painter Salvador Dalí. Sixty adults participated in the experiments, thirty without neuropsiquiátrica pathology (Control Group -GC) and thirty with schizophrenia in remissive phase (Experimental Group - GE). The participants of the GC and GE presented equivalents degree of escolaridade (M= 11,6, DP= 4,78 e M= 8,26, DP= 2,91; GC e GE, respectivelly) and etárias bands ((M= 28,3, DP= 5,35 e M= 31,23, DP= 6,78; GC e GE, respectivelly). All volunteers had good visual acuity. Twenty and four pictures of Salvador painter from there photographed in 20 dimension x 30 cm, based on categories previously established had been used. The photographs of the pictures had been presented the volunteers successively, after to another one without limit of time for comment. After the presentation of each photograph, the participant indicated the figure that more was distinguished. After that, each engraving was measured in centimeter and used to calculate the visual angle for the mathematical function tang alpha-1. The data had been collected in the Centers of Atenção Psicossocial (CAPS) of the cities of João Pessoa - PB and Recife - PE. The results had shown significant difference between the two groups (F 1, 58 = 550, 62, p<0,001). That is, the majority of the participants of GE preferred figures with average size bigger (between 10-15°) of that the GC that preferred figures with lesser average size (4-5°). In the generality, the figures indicated for GE had been in average 3 times bigger than the indicated ones for the GC. These data had indicated that the schizophrenia carriers had from there presented alteration in the visual perception of pictures of Salvador and that the same ones can be used to mark and to study this pathology.
Keywords: Percepção visual
Esquizofrenia
Salvador Dalí
Visual perception
Schizophrenia
Salvador Dali
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: NOGUEIRA, Renata Maria Toscano Barreto Lyra. Percepção visual da forma em humanos: a utilização de quadros de Dali na marcação da esquizofrenia. 2006. 66 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2006.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6982
Issue Date: 13-Feb-2006
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf589,06 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.