Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7008
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Raça e religião: uma análise piscossocial dos discursos acerca das religiões afro-brasileiras
metadata.dc.creator: Santos, Matheus Laureano Oliveira dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Larrain, Leoncio Camino Rodrigues
metadata.dc.description.resumo: A dinâmica das relações raciais no Brasil é um fenômeno bastante complexo. Para compreendê-la é necessário abordar suas implicações históricas, políticas, econômicas e culturais, uma vez que se construiu ao longo dos anos idéias e práticas diversas em relação ao negro. Uma característica importante nas relações raciais do Brasil é o preconceito em relação a diversos aspectos culturais africanos, mais precisamente, frente as religiões afro-brasileiras. Elas possuem características sui generis, uma vez que a proibição inicial dos cultos e o conseqüente sincretismo, construíram ao longo do tempo, através de diversas lutas, uma diversidade de expressões e saberes que ocupam espaços sociais importantes. Desta forma, partimos da hipótese de que o preconceito em relação às religiões afro-brasileiras não existe somente em virtude de uma diferenciação interreligiosa, mas que há fatores raciais envolvidos. Nosso objetivo geral, então, é verificar se existe essa relação e quais os processos categoriais e discursivos envolvidos. Para tanto, foram realizados três estudos. A amostra dos dois primeiros estudos era composta por 77 sujeitos das religiões católica, evangélica e espírita, enquanto para o terceiro estudo, a amostra contou com 4 líderes religiosos. O primeiro estudo consiste na categorização em que os sujeitos categorizam os praticantes das religiões afro-brasileiras, católica, evangélica e espírita com adjetivos apropriados tanto a pessoas simpáticas e pessoas antipáticas, como a pessoas de primeiro mundo e pessoas de terceiro mundo. Esse primeiro estudo está baseado em pesquisas de Camino e Cols. (2001 e 2004). O segundo estudo é a análise lexical com o auxílio do software ALCESTE, da seguinte pergunta: quais são os elementos essenciais das religiões católica, evangélica, espírita e afrobrasileiras. Neste estudo as análises foram em torno das respostas para as religiões afrobrasileiras e entre as outras três. O terceiro estudo é uma análise do discurso de líderes das religiões citadas sobre as religiões afro-brasileiras em uma situação concreta. No primeiro estudo, não foi encontrada a relação esperada. Encontramos no segundo estudo, os repertórios discursivos e os léxicos em relação às religiões afro-brasileiras remetem ao primitivo, ao inferior. Quando se tratam das religiões católica, evangélica e espírita entre si, as palavras e os repertórios discursivos ficam no âmbito da diferenciação intergrupal. No terceiro estudo, encontramos diversos discursos racistas que remetem à cultura negra e africana como sendo inferior, distante e que precisa aprender com a cultura branca para que possa diminuir-se o preconceito. Conclui-se que há uma relação muito forte entre o preconceito com as religiões afro-brasileiras e o preconceito racial.
Abstract: The dynamics of racial relationships in Brazil is a complex phenomenon. To understand this, it is necessary to approach its historical, political, economical and cultural implications, once ideas and several practices in relation to the black were built along the years. Regarding to racial relationships of Brazil, an important characteristic is the prejudice in relation to several African cultural aspects, more precisely, in relation to Afro-Brazilian religions. They present sui generis characteristics, once the initial prohibition of the cults and the consequent syncretism built along the time, through several fights, a diversity of expressions and knowledge that occupy important social environments. In this manner, we present the hypothesis that the prejudice in relation to the Afro-Brazilian religions does not only exist by virtue of an inter-religious differentiation, but that there are involved racial factors. The main objective of this study, then, is to verify if this relationship exists and what categorical and discursive processes that are involved. To achieve it, three studies were accomplished. The sample of the first two studies was composed by 77 people who profess catholic, evangelical and spiritist religions, while for the third study, the sample counted on 4 religious leaders. The first study consists of the categorization in which the subjects classify the apprentices of the Afro-Brazilian, Catholic, evangelical and spiritist religions with adjectives proper to sympathizer and nor-sympathizer people, as well as, with adjectives to first world people and third world people. That first study is based on researches of Camino and Cols. (2001 and 2004). The second study is the lexical analysis with the aid of ALCESTE software, of the following question: what are the essential elements of the Catholic, evangelical, spiritist and Afro-Brazilian religions? In this study, the analyses were based on the answers to the Afro- Brazilian religions and among the other three. The third study is an analysis of the religious leaders' speech about Afro-Brazilian religions in a concrete situation. In the first study, the expected relationship was not found. We found, in the second study, the discursive repertoires and the lexicons in relation to the Afro-Brazilian religions are related to primitive, to inferior. In relation to Catholic, evangelical and spiritist religions, the words and the discursive repertoires are in the ambit of the intergroup differentiation. In the third study, it was found several racist speeches in relation to black and African culture as being inferior, distant and that this culture needs to learn with the white culture so that it can diminish prejudice. It can be concluded that there is a strong relationship between the prejudice with the Afro-Brazilian religions and the racial prejudice.
Keywords: Racismo
Religião
Análise do discurso
Racism
Religion
Discuss analysis
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: SANTOS, Matheus Laureano Oliveira dos. Raça e religião: uma análise piscossocial dos discursos acerca das religiões afro-brasileiras. 2010. 134 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7008
Issue Date: 30-Mar-2010
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf740.02 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.