Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7024
metadata.dc.type: Tese
Title: Relação entre sintomas depressivos e estratégias de aprendizagem no contexto escolar
metadata.dc.creator: Palitot, Mônica Dias
metadata.dc.contributor.advisor1: Coutinho, Maria da Penha de Lima
metadata.dc.description.resumo: A escola é um espaço de multiplicidades e que favorece a observação da manifestação dos primeiros sinais depressivos, tanto através de oscilações do humor, das dificuldades de socialização e da participação nas atividades extraclasse, como pela presença de dificuldades no desempenho cognitivo e na motricidade que irão exercer forte influência no rendimento escolar. No que concerne ao processo de aprendizagem, e na busca da otimização deste processo, é que se fazem presentes as estratégias de aprendizagem Tendo em vista a importância de estudos sobre a relação entre a prevalência da depressão e o uso de estratégias de aprendizagem no ensino médio, decidiu-se então realizar a presente tese, cujos objetivos principais foram:1) Analisar a relação entre os sintomas da depressão e o uso de estratégias de aprendizagem pelos alunos do Ensino Médio em cinco cidades da região nordeste; 2) Verificar o índice epidemiológico da depressão em adolescentes na região Nordeste; 3)Avaliar o repertório de estratégias de aprendizagem utilizado pela amostra; 4) Investigar a relação existente entre sintomas depressivos e o uso de estratégias de aprendizagem; 5) VeriFIcar em que proporção os sintomas de depressão podem variar em função das variáveis sócio-demográficas: sexo, idade e escolaridade. Participaram deste estudo 1.535 adolescentes, alunos do ensino médio, distribuídos nas seguintes cidades: João Pessoa ( n= 301); Natal-RN (n=349); Teresina- PI (n= 265); Recife (n=310) e Maceió (n = 310). Os instrumentos utilizados foram: Inventário de Depressão Infantil (CDI), Escala de Avaliação de Estratégias de Aprendizagem e Questionário Sociodemográfico. Os resultados obtidos nas escolas públicas e privadas foram processados pelo SPSS 15.0, demonstraram um índice epidemiológico da sintomatologia depressiva de 10,2%, sendo este considerado pela literatura, um número bastante expressivo. Sendo que destes 63,5% do sexo feminino com idades variando entre 14 e 17 anos, 24% apresentaram história de reprovação, Os resultados da AFC apontaram três fatores explicativos que foram: compreensão, motivação e distração; componentes estes considerados essenciais para o processo de aprendizagem. Ao que concerne ao uso das estratégias de aprendizagem se observou uma correlação não-significativa, entre a pontuação da escala de estratégias de aprendizagem com a variável Idade (anos) p-valor = 0,263 > 0,05 e Série dos escolares (1º., 2º. e 3º. Anos) - p-valor = 0,837 > 0,05. Outros aspectos observados foram o fato de que as mulheres fazem maior uso das estratégias do que os homens, e que os estudantes com sintomatologia depressiva apresentaram fazer menos uso das estratégias de aprendizagem do que aqueles sem sintomatologia depressiva. Espera-se com esta tese auxiliar na construção do saber prático, a fim de mobilizar novas ações na práxis psicológica, sobretudo na elaboração de intervenções conjuntas entre estratégias afetivas e estratégias cognitivas no próprio ambiente escolar, visando à melhoria e à prevenção de problemas relacionados à presença da depressão e ao uso de estratégias de aprendizagem por parte dos alunos do Ensino Médio.
Abstract: The school is a space of multiplicities and that it favors the comment of the manifestation of the first depressive signals, as much through oscillations of the mood, the difficulties of socialization and the participation in the activities extra classroom, as for the presence of difficulties in the cognitive performance and the motricidade that will go to exert fort influence in the pertaining to school income. With respect to the process of learning, and in the search of the it improves of this process, it is that gifts become the strategies of learning In view of not having been joined, the least in the Brazilian context, no study on the relation enters the prevalence of the depression and the use of learning strategies in High School, was decided then to carry through the present thesis, whose main objectives had been: 1) To analyze the relation enters the symptoms of the depression and the use of strategies of learning for the pupils of High School in five cities of the northeast region; 2) To verify the index epidemiologist of the depression in adolescents in the Northeast region; 3) To evaluate the repertoire of strategies of learning used for the sample; 4) To investigate the existing relation between depressive symptoms and the use of learning strategies; 5) To verify where ratio the depression symptoms can vary in function of the partner-demographic 0 variable: sex, age and scholarity. They had participated of this study 1.535 adolescent students of the hight school, distributed in FIve cities: Joao Pessoa ( n= 301); Natal-RN (n=349); Teresina- PI (n= 265); Recife (n=310) e Maceió (n = 310). The used instruments had been: Inventory of Infantile Depression (CDI), Scale of Evaluation of Strategies of Learning and sociodemographic questionnaire. The results gotten in the public and private schools had been processed by the SPSS 15.0, they had demonstrated to an index epidemiologist of the depressive symptoms of 10,2%, being this considered by literature, a sufficiently expressive number. Being that of these 63.5% of the feminine sex with ages varying between 14 and 17 years, 24% had presented disapprove history, the results of the AFC had pointed three clarifying factors that they had been: understanding, motivation e distraction; components these considered essential for the learning process. What it concerns to the use of the learning strategies if observed a not-significant correlation, the punctuation of the scale of strategies of learning with the Age (years) variable - p-value = 0,263 > 0,05 and Series of the pertaining to school (1º., 2º. e 3º. Years) - p-value = 0,837 > 0,05. Other observed aspects had been the fact of that the women make greater use of the strategies of what the men, and that the students with depressive symptoms had presented to make little use of the strategies of learning of what those without depressive symptoms. One expects with this thesis auxiliary in the construction of practical knowing, in order to mobilize new actions in the praxis psychological, over all in the elaboration of joint interventions between affective strategies and cognitive strategies in the proper pertaining to school environment, aiming at to the improvement and the prevention of problems related to the presence of the depression and the use of strategies of learning on the part of the pupils of High School.
Keywords: Depressão
Estratégias de aprendizagem
Contexto escolar
Depression
Strategies of learning
School context
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: PALITOT, Mônica Dias. Relação entre sintomas depressivos e estratégias de aprendizagem no contexto escolar. 2010. 213 f. Tese (Doutorado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7024
Issue Date: 12-Aug-2010
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.