Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7210
metadata.dc.type: Dissertação
Title: A dialética da razão moderna: práxis e serviço social.
metadata.dc.creator: Araújo, Wécio Pinheiro
metadata.dc.contributor.advisor1: Nogueira, Cleonice Lopes
metadata.dc.description.resumo: Este estudo se constitui numa análise de corte sincrônico às questões atinentes ao método no tocante à relação entre realidade e pensamento, tanto no âmbito do legado marxiano e suas fontes econômico-filosóficas fundamentais, passando por uma série de marxistas (clássicos e contemporâneos), até a produção historicamente acumulada no Serviço Social brasileiro sob a perspectiva crítico-dialética. Revisitamos o pressuposto histórico-filosófico (ontológico-dialético) da concepção do ser humano a desenvolver-se no e pelo estabelecimento de relações sociais fundadas no e pelo o trabalho enquanto atividade especificamente humana (práxis: atividade consciente objetiva). Sob o itinerário marxiano, seguimos para a economia política, enquanto terreno das elaborações teóricas acerca da produção, da troca, da distribuição e do consumo na sociedade. Examinamos como o sentido outorgado à abstração sob a crítica à filosofia fornece o instrumental teórico-metodológico para que Marx possa adentrar entre os economistas políticos munido de um método capaz de refutar a alienação teórica e o fetichismo, capacidade desenvolvida na e pela dialética (re)construída a partir da superação (Aufheben) de Hegel enquanto forma de proceder no pensamento sob aquilo que nomeamos de orientação praxiológica. O desenvolvimento dessa capacidade e seu devir teórico-metodológico é nosso objeto de estudo e decodificação. Constatamos como esse processo desemboca na formação, ao nível teórico-prático, de uma consciência crítica de si, sob a qual o nosso próprio estudo se põe ao estabelecer mediações de base histórica no campo particular do Serviço Social brasileiro a partir de sua maioridade intelectual ao incorporar o legado marxiano no desenvolvimento crítico de fundamentos teórico-práticos na profissão, num momento conhecido como consolidação da intenção de ruptura . Concluímos demonstrando como a ruptura se dá essencialmente com relação ao sistema de (auto)representações e àqueles referenciais teóricos tradicionais (acríticos), por meio de um dinamismo disparado na proposta teórico-metodológica pioneira de Iamamoto e com isso, na relação entre consciência e realidade na profissão (questão de método), faz emergir um conteúdo inédito oriundo de uma forma igualmente inédita de se pensar na e a profissão. Inaugura-se uma nova era para os fundamentos teórico-práticos na profissão, deflagrada no despontar real de uma nova criticidade, consciente de si teórico e profissionalmente na sua história.
Keywords: Método dialético
Práxis
Orientação praxiológica
Consciência crítica de si
Serviço Social brasileiro
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Serviço Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Citation: ARAÚJO, Wécio Pinheiro. A dialética da razão moderna: práxis e serviço social. 2012. 219 f. Dissertação (Mestrado em serviço social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7210
Issue Date: 23-Feb-2012
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdf1,64 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.