Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7295
metadata.dc.type: Tese
Title: Juventude e mídia tribunal: produção de sentido no programa Correio Verdade.
metadata.dc.creator: Mendes, Sheylla Maria
metadata.dc.contributor.advisor1: Queiroz, Tereza Correia da Nóbrega
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo se propõe a analisar o tipo de abordagem efetivada pela mídia televisual das situações em que os jovens de origem popular aparecem envolvidos em casos de violência. A referência empírica escolhida foi o programa Correio Verdade, transmitido pelo Sistema Correio de telecomunicações, emissora representante da Rede Record de telecomunicações no estado da Paraíba. A hipótese adotada nesta pesquisa é a de que, ao enfocar os jovens, o programa acaba exercendo as funções de julgar e condenar, próprias do judiciário, passando a atuar como uma espécie de mídia tribunal. No espaço do programa, encontramos a presença das figuras dos réus (os jovens envolvidos em ocorrências de violência), de promotores, testemunhas de acusação e juízes, tal como acontece nos tribunais legítimos. A metodologia utilizada tratou da análise das linguagens verbais, visuais e sonoras para se apreender as diferentes estratégias utilizadas pelo programa a fim de produzir sentido e realizar um julgamento dos jovens focalizados. Foram analisadas a vinheta de abertura do programa e do quadro Os Inocentes e dez reportagens que tratavam de situações de violência envolvendo jovens. Os dados obtidos revelaram que a frequência com que jovens de origem popular aparecem no programa demonstra que esses jovens, quando se envolvem em situações de violência, são vistos de maneira diferente em relação aos mais favorecidos economicamente. No programa estudado, os jovens de origem popular são julgados e considerados culpados, num julgamento que não admite advogado de defesa nem permite a tomada da palavra pelos réus . As imagens, as estratégias discursivas e sonoras veiculadas constroem a figura de um sujeito irrecuperável, fora do espaço do direito, para o qual não existe solução possível. A mídia tribunal determina o veredicto, alimentando assim o estigma que recai sobre os jovens de origem popular.
Abstract: The present academic study proposes to analyse the kind of approach used by the broadcasted media (television) in situations which poor young people get involved in violent affairs. The chosen empirical source was the TV news known as Correio Verdade broadcasted by Sistema Correio de Telecomunicações, a TV station from Rede Record de Telecomunicações in Paraiba State. The selected hypothesis for this study is that, focusing on youngsters, the TV program judges and condemns those people as if assuming the duty of a kind of legal media. During the TV program we found the parts of a trial such as defendants (young people involved in violence), prosecutors, accusing witnesses and judges. The methodology used for such study dealt with the analysis of verbal, visual and sound language in order to learn the different strategies used by the TV program that aims to make sense, convince the audience and judge the focused youngsters. We analysed the opening headpiece of that TV program as well as the part of that program called Os Inocentes (The innocents) besides ten reportages that focused on situations of violence involving young people. The obtained data demonstrated how often those poor youngsters are shown on that mentioned program as well as the way they are seen in comparison to wealthy youngsters. On that TV program, poor young people are judged and considered guilty in a trial with no lawyers and opportunities to defence. The pictures, discourse and sound strategies shown on the TV program build the image of a hopeless criminal, without legal rights, for whom there is no possible solution. The legal media determines the verdict, contributing to the social view over those poor young people.
Keywords: Juventude
Violência
Mídia
Youth
Violence
Media
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Sociologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Citation: MENDES, Sheylla Maria. Juventude e mídia tribunal: produção de sentido no programa Correio Verdade. 2009. 154 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2009.
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7295
Issue Date: 14-Sep-2009
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo total.pdf657,12 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.