Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7539
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Educação ambiental e sensibilização para conservação dos recursos naturais em um assentamento agrícola em Lucena-PB
metadata.dc.creator: Córdula, Eduardo Beltrão de Lucena
metadata.dc.contributor.advisor1: Abílio, Francisco José Pegado
metadata.dc.contributor.advisor2: Furtado, Gil Dutra
metadata.dc.description.resumo: A Educação Ambiental Não Formal visa a sensibilização de comunidades quanto aos problemas ambientais, buscando o restabelecimento das relações harmoniosas entre o ser humano e o ambiente. Dentre os grupos sociais, estão as comunidades agrícolas, que, em áreas de Assentamentos Rurais, promovem a produção de alimentos com base na Agricultura Familiar. No entanto, muitas destas comunidades utilizam no manejo de suas lavouras, substâncias químicas para adubação do solo e controle de pragas. Estas práticas visam o aumento na produção de alimentos em menor espaço de tempo. Porém, essas substâncias podem se acumular no ambiente e no corpo dos próprios agricultores, trazendo prejuízos não só ambientais, mas também, para qualidade de vida destas populações. Como alternativa a esse modelo, a produção agroecologica de alimentos visa a manutenção da produtividade nas áreas agrícolas, com manejos à base de produtos naturais, ganhos na qualidade de vida dos agricultores e suas famílias, unindo conservação dos recursos naturais locais, valorização econômica e dos produtos cultivados. O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de analisar o modo, o manejo da produção agrícola predominante em um assentamento rural e o tipo de conservação/utilização dos recursos naturais locais. O Assentamento Oiteiro de Miranda, está localizado no Município de Lucena, Paraíba, possuindo uma área total de 668 hectares(ha), com 82 lotes para 82 famílias. Na área há presença de aproximadamente 94,7ha de áreas de Reserva Legal de Mata Atlântica, distribuídas em 16 fragmentos. A pesquisa teve caráter Qualitativo, com método Etnográfico, utilização de técnicas de Observação Não Participante e Entrevistas com Roteiro Semiestruturado, com Análise Qualitativa, Descritiva e de Conteúdo dos dados obtidos. A partir dos resultados, foram planejadas e executadas ações de sensibilização para 50% dos agricultores e seus familiares residentes no assentamento, com intuito de torná-los agentes multiplicadores. Para estas ações, foram realizadas 13 Oficinas Ecopedagógicas para o público infanto-juvenil e 04 Palestras Dialógicas para os adultos. Os resultados mostraram que o modelo de manejo predominante é o tradicional, com utilização de substâncias químicas na lavoura e resistência para adoção de novos modelos de produção agroecológica, o que é ratificado pela falta de conhecimento sobre este tipo de manejo. Foi verificado que parte da população afirmou visitar e utilizar os recursos naturais locais, inclusive nas áreas de Reserva Legal. Socialmente, foi observado a desunião entre os assentados. A falta de uma maior divulgação do projeto e das ações desenvolvidas no assentamento, além do desinteresse individual, dificultaram os processos de informação, sensibilização e multiplicação de novos saberes entre os assentados. O presente estudo mostrou que os agricultores precisam de uma liderança que consiga uni-los, incentivá-los e encorajá-los para que se engajem em novas mudanças rumo a um modelo agroecológico de produção agrícola, para que rompam o paradigma de resistência e tomada de novas práticas de produção de alimentos. Estas mudanças levariam a conservação dos recursos naturais locais e a convivência harmoniosa com o ambiente, melhorias na qualidade dos produtos alimentares produzidos no assentamento e, consequentemente, aumento da qualidade de vida socioambiental local.
Abstract: The Non-Formal Environmental Education aims at the sensitization of the communities regarding the environmental problems, seeking the restoration of the harmonious relation between humans and the environment. Among the social groups, there are farming communities that, in the rural settlement areas, wage the food production based on the family agriculture. Nonetheless, many communities use in their crops chemical substances to the soil fertilization and pest control. These practices intend to increase the food production in a fewer time. However, these substances may be accumulated on the environment and on the body of the farmers, causing damages, not only environmental, but also to the quality of life of these people. As an alternative to this model, the agro-ecological food production is focused on maintaining productivity in the agricultural areas (with managements based on natural products), on gains in quality of life of the farmers and their families, joining conservation of local natural resources and appreciation of the economy and grown products. This study was conducted with the purpose of analyzing the way and the management of the predominant agricultural production in a rural settlement, as well as the type of conservation and use of local natural resources. The settlement Oiteiro de Miranda is located in the city of Lucena, Paraíba State, with an area of 668 ha and with 82 allotments for 82 families. In this area there are approximately 94.7ha of Legal Reserve of Atlantic Forest, distributed in 16 parts. The research was qualitative, with the use of Ethnographic method, Non-participant observation techniques, interviews with a semi-structured map, and there was a qualitative and descriptive analysis of the data’s content. From the results, actions for sensitization to 50% of the farmers and their family members, who live in the settlement, were planned and carried out, with the aim of making them multipliers. For these actions, there were 13 eco-pedagogical workshops for children and youth and 4 dialogical lectures for adults. The results showed that the predominant management pattern is the traditional one, which uses chemicals in agriculture, and also that there is a resistance to adopt new agro-ecological production models, which is confirmed by the lack of knowledge about this type of management. Part of the population affirmed that they visit and use local natural resources, including those in the areas of Legal Reserve. Socially, it was noticed a disunity among the settlers. The lack of greater propagation of the project and of the actions developed in the settlement, beyond the individual disinterest, made the information processes, the awareness and multiplication of new knowledge among the settlers difficult. This study showed that farmers need a leadership that may unite, stimulate and encourage them to engage them in new changes towards agro-ecological model of agricultural production, to break the paradigm of resistance and making new food production practices. These changes would lead to the conservation of local natural resources and the harmonious coexistence with the environment, to the improvements in the quality of food produced in the settlement and, thus, to the increasing of the quality of their social and environmental life.
Keywords: Recursos naturais
Natural resources
Problemas ambientais
Agroecologia
Agricultura familiar
Educação ambiental
Environmental problems
Agroecology
Family agriculture
Environmental education
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Gerenciamento Ambiental
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente
Citation: CÓRDULA, Eduardo Beltrão de Lucena. Educação ambiental e sensibilização para conservação dos recursos naturais em um assentamento agrícola em Lucena-PB. 2015. 198f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7539
Issue Date: 23-Feb-2015
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total9,8 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.