Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7591
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Vulnerabilidade física, social e programática de idosos atendidos na Atenção Primária de Saúde do município de João Pessoa, Paraíba
Other Titles: Physical, social and programmatic vulnerability of elderly patients in primary health care in the city of João Pessoa, Paraíba
metadata.dc.creator: Barbosa, Keylla Talitha Fernandes
metadata.dc.contributor.advisor1: Fernandes, Maria das Graças Melo
metadata.dc.description.resumo: Introdução: a vulnerabilidade consiste em um constructo multidimensional em que condições comportamentais, socioculturais, econômicas e políticas interagem com os processos biológicos ao longo da vida. Embora pouco estudado na gerontologia, o citado conceito enfatiza a necessidade da ampliação do cuidado integral e contextualizado na saúde do idoso por meio do reconhecimento de aspectos individuais e coletivos. Objetivo: identificar a vulnerabilidade física, social e programática entre os idosos atendidos na Estratégia Saúde da Família do município de João Pessoa, Paraíba. Metodologia: trata-se de uma pesquisa descritiva, de corte transversal e abordagem quantitativa, realizada com 368 idosos atendidos pela Estratégia Saúde da Família do referido município. A coleta de dados ocorreu entre os meses de fevereiro a abril de 2014, por meio de entrevista estruturada. O instrumento utilizado incluiu a caracterização sociodemográfica, o Vulnerable Elderly Survey (VES-13), o Índice de Vulnerabilidade Social (IVS), bem como questões referentes à vulnerabilidade programática. Os dados foram compilados e analisados com o auxílio do programa estatístico Statistical Package for the social sciences (SPSS) versão 20.0. Realizou-se análise descritiva dos dados, regressão logística e testes de associações, considerando variável estatisticamente significativa quando p< 0,05. Projeto aprovado em Comitê de Ética do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Paraíba, sob nº 0658/13. Resultado: constatou-se que a maioria dos idosos pertencia ao sexo feminino (68,8%), com faixa etária entre 60 a 69 anos (45,9%), casados (39,9%), com 4 a 8 anos de estudo (32,6%) e renda familiar de 1,0 a 3,3 salários mínimos. No que diz respeito às condições clínicas, evidenciou-se que 84% dos idosos referiram possuir três ou mais doenças, destacando-se, entre elas, os problemas de visão (21,1%), hipertensão arterial (19,2%) e varizes (13,7%). Identificou-se, no presente estudo, que 52% dos indivíduos eram fisicamente vulneráveis, com predominância do sexo feminino (72,4%) e idade entre 70 a 79 anos. Apresentaram autoavaliação da saúde ruim, bem como dificuldades na mobilidade e realização das atividades da vida diária. Após análises, verificou-se que a maioria dos idosos residia em áreas de baixa vulnerabilidade social. Dentre a população investigada, a maioria não possuía plano privado médico ou odontológico, utilizando com maior frequência os serviços do Sistema Único de Saúde. Conclusão: a compreensão dos fatores que contribuem para a vulnerabilidade na pessoa idosa pode auxiliar os profissionais e os gestores de saúde na promoção de intervenções integrais e resolutivas para essa população.
Abstract: Introduction: vulnerability consists of a multidimensional construct in which behavioral, socio-cultural, economic and political conditions interact with biological processes throughout life. Although there is little studied in gerontology, the quoted concept emphasizes the need for expansion of integral and contextualized care in the health of the elderly through the recognition of individual and collective aspects. Objective: identifying the physical, social and programmatic vulnerability among the elderly in the Family Health Strategy of the municipality of João Pessoa, Paraíba. Methodology: this is a cross-sectional descriptive survey of a quantitative approach, performed with 368 elderly served by the Family Health Strategy of the referred municipality. Data collection occurred between the months of February to April 2014, through structured interview. The instrument used included sociodemographic characterization, the Vulnerable Elderly Survey (VES-13), the Social Vulnerability Index (IVS), as well as issues related to programmatic vulnerability. The data were compiled and analyzed with the aid of the statistical program Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) version 20.0. Descriptive analysis was made of the data, and logistic regression tests of associations, considering statistically significant variable when p < 0,05. Project approved by the Ethics Committee of the Health Sciences Center of the Federal University of Paraíba, under paragraph 0658/13. Result: it was noted that most elderly were women (68,8%), with ages ranging between 60 to 69 years old (45,9%), married (39,9%), with 4 to 8 years of study (32,6%) and household income of 1.0 to 3.3 minimum wages. Regarding the clinical conditions, it was showed that 84% of the elderly reported having three or more of the diseases, highlighting, among them, the vision problems (21,1%), hypertension (19,2%) and varicose veins (13,7%). There was identified in the present study, that 52% of individuals were physically vulnerable, with female predominance (72,4%) and aged 70 to 79. Had bad health self-assessment as well as difficulties in the mobility and performance of activities of daily living. After analysis, it was found that the majority of elderly people resided in areas of low social vulnerability. Among the population investigated, most did not have medical or dental private insurance, using more frequently the single health system services (SUS). Conclusion: recognizing the factors that contribute to the vulnerability in the elderly person can assist professionals and health managers in promoting integral and resolutive interventions for this population.
Keywords: Enfermagem
Nursing
Idoso
Vulnerabilidade em saúde
Saúde pública
Aged
Health vulnerability
Public health
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citation: BARBOSA, Keylla Talitha Fernandes. Vulnerabilidade física, social e programática de idosos atendidos na Atenção Primária de Saúde do município de João Pessoa, Paraíba. 2015. 103 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7591
Issue Date: 11-Feb-2015
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total3.04 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.