Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7603
metadata.dc.type: Dissertação
Title: A construção do gênero entrevista por crianças de 03 a 04 anos na educação infantil da rede municipal de ensino de João Pessoa
metadata.dc.creator: Lins, Rosa Nubia de Vasconcelos
metadata.dc.contributor.advisor1: Faria, Evangelina Maria Brito de
metadata.dc.description.resumo: Esse trabalho, que se insere numa perspectiva sócio-interacionista, tem como objetivo analisar a entrada da criança no gênero entrevista, observando a utilização dos aspectos linguísticos e não-verbais para compreender o uso da oralidade em seus multissistemas. Para desenvolvê-lo teoricamente nos apoiamos em Marcuschi (2001), “A constituição do oral como objetivo legítimo de ensino exige, portanto, antes de tudo, um esclarecimento das práticas orais de linguagem que serão exploradas na escola e uma caracterização das especificidades linguísticas e dos saberes práticos nelas implicados”, e nas teorias sócio-discursivas de Marcuschi (2003) presentes nos gêneros textuais. Para as investigações, tomamos por base o modelo de análise dos textos no quadro teórico do sociointeracionismo proposto por Bakthin (2002) e na concepção de linguagem como interação explicitado por Traváglia (1997) e Faria (2013). Seguimos ainda os estudos sobre o gênero oral considerando os escritos de Melo e Cavalcante (2006) e Dolz e Schneuwly (2004). Nas entrevistas, adotamos as teorias publicadas por Hoffnagel (2003). Nas transcrições utilizamos o Programa Elan, um software gratuito, fácil de ser usado, que permite uma melhor organização e visualização dos dados transcritos. Metodologicamente, partimos de um estudo sobre o uso de estratégias linguísticas, utilizadas por dez (10) crianças de 03 e 04, da Rede Municipal de Ensino de João Pessoa. Posteriormente, nos utilizamos do programa Elan para armazenamento dos dados. Nossa análise aponta para um conhecimento pragmático já sedimentado por parte das crianças do gênero entrevista, bem como uma apresentação do oral em seus multissistemas, isto é, a realização do linguístico com o extralinguístico desde a mais tenra idade. Percebemos nestas investigações as estratégias linguísticas como atividades que se constroem tanto na interação quanto pela interação. Acreditamos que o sucesso das atividades sociais destas crianças esteja diretamente ligado às estratégias linguísticas que os infantes utilizarão na interação social ao longo de suas vidas. Desta forma, a escolha do gênero textual que as crianças se utilizarem para repassarem as suas idéias é fundamental e fará com que o sujeito coenunciador entenda perfeitamente o objetivo da comunicação.
Abstract: This work, which forms part of a social interactionist perspective, aims to analyze the entry of the child in the genre interview, noting the use of language and non-verbal aspects to understand the use of orality in their multi-system. To develop it theoretically lean on Marcuschi (2001), "The constitution of the oral teaching as a legitimate goal therefore requires, first of all, a clarification of oral language practices that will be explored at school and a characterization of linguistic specificities and the practical knowledge involved in them "and yet, in sociodiscursivas theories Marcuschi (2003) present in genres. For the analyzes, we based the analysis model of the texts in the sociointeracionismo theoretical framework proposed by Bakhtin (2002) and the conception of language as explained by interaction TRAVAGLIA (1997) and Faria (2013). Still follow the studies on oral genre considering the written and Cavalcante de Melo (2006) and Dolz and Schneuwly (2004) and interviews, adopted by Hoffnagel (2003). In the transcripts we used the Elan program which is a free software, easy to use, enables better organization and display of the transcribed data. Methodologically, we start from a study on the use of linguistic strategies used by ten (10) children from 3:04, the Municipal School of João Pessoa. Subsequently used in the Elan program for data storage. Our analysis points to a pragmatic knowledge already settled by the children of the interview genre as well as an oral presentation on their multi-system, ie the realization of the language to the extra from an early age. Perceive these investigations language strategies as activities that build both the interaction and by interaction. We believe that the success of social activities for these children is directly linked to language strategies that infants use in social interaction throughout their lives. Thus, the choice of genre that children are used to pass along your ideas is key and will make the coenunciador subject fully understands the purpose of the communication.
Keywords: Gêneros textuais
Textual genres
Entrevistas linguísticas
Estratégias linguísticas
Linguistic interviews
metadata.dc.subject.cnpq: LINGUISTICA::TEORIA E ANALISE LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Linguística e ensino
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Profissional em Linguística
Citation: LINS, Rosa Nubia de Vasconcelos. A construção do gênero entrevista por crianças de 03 a 04 anos na educação infantil da rede municipal de ensino de João Pessoa. 2014. 136 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Linguística) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7603
Issue Date: 11-Aug-2014
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Mestrado Profissional em Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total6.51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.