Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7617
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Térmitas de duas áreas de floresta atlântica brasileira: uma análise do desempenho de estimadores não paramétricos
metadata.dc.creator: Ernesto, Matilde Vasconcelos
metadata.dc.contributor.advisor1: Ramos, Elaine Folly
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Vasconcellos, Alexandre
metadata.dc.description.resumo: Estimadores de riqueza de espécies são alternativas na caracterização da biodiversidade local, diante das limitações de inventários faunísticos completos. Devido à contínua destruição e urbanização da Floresta Atlântica, estudos abordando a biodiversidade local são importantes como registros de fauna e como meio para subsidiar medidas conservacionistas. Avaliou-se a eficiência de cinco estimadores não paramétricos de riqueza de espécies, a partir do cálculo do enviesamento (bias), precisão e acurácia, para a taxocenose de térmitas da Floresta Nacional da Restinga de Cabedelo (FNRC) e da Área de Preservação Permanente Mata do Buraquinho (APPMB). Foi utilizado um protocolo de amostragem padronizado de térmitas, o qual consiste em cinco parcelas de 5 x 2m distribuídas ao longo de seis transectos de 65 x 2m. Foram aplicados cinco protocolos na FNRC e 12 na APPMB, totalizando esforço amostral de 5100m² e 510h x pessoa, e com uniques e duplicates ausentes nos dados. Quarenta e cinco morfoespécies de térmitas foram encontradas, pertencentes à pelo menos 26 gêneros e três famílias, ultrapassando todos os registros já publicados ao longo do Domínio da Floresta Atlântica. Foi constatado que o Jackknife1 e Jackknife2 devem ser utilizados para bancos de dados com um número de uniques superior a 25% da riqueza observada e que a utilização das estimativas do Bootstrap e do Chao2 são indicadas para os demais casos, quando o número de espécies raras for inferior a este. Sugere-se a necessidade de mais avaliações do desempenho do ICE antes de indicá-lo para estudos de diversidade de térmitas sob quaisquer condições. Foram amostradas de 65 a 70% da riqueza real das áreas com a aplicação de um protocolo e houve uma fiel reprodução das proporções da composição taxonômica e trófica, demonstrando a eficiência do método para determinar a diversidade de térmitas nas duas áreas de Floresta Atlântica investigadas.
Abstract: Estimators of species richness are alternatives to characterize the local biodiversity, facing the limitations of complete fauna inventories. Due to continuous urbanization and deforestation of the Atlantic Forest, studies on local biodiversity are important as records of fauna and as a way to subsidize conservation measures. It was evaluated the effectiveness of five nonparametric estimators of species richness, from the calculation bias, precision and accuracy of termites of Floresta Nacional da Restinga de Cabedelo (FNRC), and the Área de Preservação Permanente Mata do Buraquinho (APPMB). It was utilized a standardized sampling protocol of termites, which consists of five 5 x 2m plots distributed along six transects of 65 x 2m. Five protocols were applied in FNRC and 12 in APPMB totaling a sampling effort of 5100m² and x 510h per person, and with uniques and duplicates absent in the data. Forty-five termite morphospecies were found, belonging to at least 26 genera and three families, exceeding any records ever published throughout the biome of Atlantic Forest. It was found that the Jackknife1 and Jackknife2 should only be used for databases with a number of uniques over 25% of the richness, and it was observed that the use of the Bootstrap estimates and Chao2 are indicated in the remaining cases, when the number of rare species is lower than this. It is suggested the need of further evaluation of ICE performance before indicating it to studies on the diversity of termites under any conditions. It was sampled around 65-70% of the real richness of the areas with the application of a protocol and there was a robust representation of the taxonomic composition and trophic proportions, stressing the efficiency of this method to determine the termites diversity in two areas of Atlantic Forest investigated.
Keywords: Isoptera
Isoptera
Protocolo de Transecto
Enviesamento
Precisão
Acurácia
Transect Protocol
Bias
Precision
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Engenharia e Meio Ambiente
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia
Citation: Térmitas de duas áreas de floresta atlântica brasileira: uma análise do desempenho de estimadores não paramétricos. 2013. 71 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia) - Universidade Federal da Paraíba. Rio Tinto, 2013
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7617
Issue Date: 26-Jul-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências Aplicadas e Educação (CCAE) - Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Monitoramento Ambiental

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total2,63 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.