Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7817
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Consumismo, compulsão e felicidade: a representação social da felicidade nas práticas de consumo compulsivo
metadata.dc.creator: Amorin, Jéssica Ferrer Eduardo de
metadata.dc.contributor.advisor1: Retondar, Anderson Moebus
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa resulta de uma tentativa de aprofundar um estudo sociológico acerca da relação entre consumismo e felicidade. Procuramos a partir de uma pesquisa feita com consumidoras compulsivas da cidade de João Pessoa/PB e consumidoras compulsivas em recuperação da cidade de Natal/RN tentar compreender como se estabelece a relação entre as práticas de consumo compulsivo e a ideia da felicidade. O tema desta dissertação está conceitualmente situado na cultura de consumo tendo como referencial uma cultura que, a partir da modernidade, reorganiza-se simbólica e materialmente articulando questões centrais relativas à forma de organização da vida cotidiana. A cultura de consumo se apresenta como espaço fundamental das sociedades contemporâneas e afeta diretamente a constituição das identidades e das subjetividades dos indivíduos, colocando em foco as formas como a mesma articula as questões centrais relativas às formas de organização da sociedade contemporânea tendo implicações na construção de valores e identidades que se articulam ao fenômeno do consumismo. A própria ideia de felicidade é modificada neste contexto social. Assim, objetiva-se nesta dissertação, a tentativa de compreender como é representada a ideia de felicidade entre as práticas de consumo compulsivo e entre o comportamento de consumidoras compulsivas da cidade de João Pessoa/PB e Natal/RN. Para chegarmos a tal compreensão, trataremos sobre a temática dos processos identitários, bem como sobre a temática dos mecanismos de uma sociedade capitalista de consumo, como por exemplo, a publicidade e outros artífices mercadológicos e financeiros que em uma sociedade pós-moderna tem se ocupado ao atribuir significados e valores aos bens e à experiência subjetiva do consumo. Esses mecanismos, como veremos, são os principais responsáveis por reprocessar e/ou ressignificar a ideia de felicidade como o ideal da sociedade de consumo atual. A busca da felicidade para o nosso grupo social se torna compulsiva assim como a urgência pelo consumo e pela compra. Desse modo, perceberemos uma felicidade que é representada nas práticas e no comportamento de nove mulheres compulsivas pela atividade do consumo e pela atividade de compra, tornando-se uma meta e objetivo de vida.
Abstract: This research results from an attempt to deepen a sociological study on the relationship between consumerism and happiness. We sought from a survey of compulsive consumers of the city of João Pessoa /PB and compulsive consumers recovering from Natal /RN try to understand how widely gives the relationship between the practices of compulsive consumption and the idea of happiness. The theme of this dissertation is conceptually located in consumer culture using as reference a culture that, from modernity, reorganizes itself symbolically and materially articulating key issues relating to the form of organization of everyday life. Consumer culture is presented as a key area of contemporary societies and directly affects the formation of identities and subjectivities of individuals, putting into focus the ways in which it articulates the central issues relating to the organizational forms of postmodern society has implications in construction of values and identities that articulate the phenomenon of consumerism. The idea of happiness itself is modified in this social context. Thus, the objective in this dissertation is to understand how the idea of happiness represented among binge practices, and between the behavior of compulsive consumers of the city of João Pessoa /PB and Natal /RN. To arrive at such an understanding, we will on the theme of identity processes, as well as the thematic mechanisms of a capitalist consumer society, such as advertising and other marketing and financial craftsmen in a postmodern society has been busy assigning meanings and values to the goods and the subjective experience of consumption. These mechanisms, as we shall see, are primarily responsible for reprocessing and/or reframe the idea of happiness as the ideal of the current consumer society. There emerges another key point of this dissertation, the pursuit of happiness that becomes compulsive as well as the urgency and the purchase by the consumer. Thus, we analyze how happiness is represented in the practices and behavior of nine women by compulsive consumption activity and the activity of buying, becoming a goal and purpose in life.
Keywords: Cultura do consumo
Consumer Culture
Consumo compulsivo
Felicidade
Processos identitários
Compulsive consumption
Happiness
Identity processes
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Sociologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Sociologia
Citation: AMORIM, Jéssica Ferrer Eduardo de. Consumismo, compulsão e felicidade: a representação social da felicidade nas práticas de consumo compulsivo. 2014. 113 f. Dissertação (Mestrado em Sociologia)- Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7817
Issue Date: 5-Jun-2014
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Sociologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf915,42 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.