Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7836
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Literatura estrangeira: o uso em teses de Programas de Pós-Graduação em Ciência da Informação
metadata.dc.creator: Ferreira, Lucienne da Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: Alves, Edvaldo Carvalho
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Ramalho, Francisca Arruda
metadata.dc.description.resumo: Nas práticas de produção e comunicação em contexto acadêmico, a informação científica é o elemento que impulsiona as atividades dos pesquisadores na construção dos seus trabalhos. O processo de uso da informação científica favorece a aquisição de novos conhecimentos, contribuindo para o avanço e desenvolvimento da ciência. No âmbito acadêmico, mais especificamente da pós-graduação, a utilização da informação científica é de suma importância para a elaboração de trabalhos acadêmicos, assim como é fundamental o domínio da literatura estrangeira para o acesso aos conteúdos presentes na literatura mundial na esfera da ciência da informação. O uso dessa literatura, no contexto da ciência da informação, possibilita a geração, comunicação e partilha de conhecimentos entre pesquisadores. Sendo assim, a pesquisa objetiva analisar o uso da literatura estrangeira em teses de programas de pós-graduação em ciência da informação. Para o alcance do objetivo, a pesquisa se classifica como descritiva, documental e quantitativa. Logo, o campo empírico correspondeu aos programas de pós-graduação em ciência da informação (doutorado) da UNESP/MAR, UNB e UFMG. O corpus da pesquisa vincula-se às teses dessas instituições, defendidas no período compreendido entre 2011 a 2013, totalizando 103 teses. O instrumento utilizado para a coleta de dados foi o formulário elaborado em uma planilha do Excel, contendo as categorias necessárias ao processo de coleta e análise de informações, quais sejam: idioma, tipologia documental, origem do documento, autores, atualidade da referência. Para a análise dos dados utilizou-se a análise de referências, baseada na bibliometria. Constatou-se, mediante os resultados, que a literatura estrangeira está representada por um percentual de 36,8% da literatura utilizada na elaboração das teses por seus autores, enquanto a literatura nacional supera o uso de uma forma geral, com mais de 60% do total das referências analisadas. Quanto ao uso da literatura estrangeira, a pesquisa apontou que a maioria das teses caracterizava-se por fazer “pouco uso” dessa literatura, podendo revelar a falta de domínio de outros idiomas pelos autores das teses e o prejuízo no acesso às informações em âmbito acadêmico e científico. Verificou-se ainda que, o idioma mais utilizado da literatura estrangeira é o inglês, seguido do espanhol e do francês. Com relação ao tipo documental mais utilizado é o artigo de periódico, seguido do livro e do documento eletrônico. As origens geográficas, em sua maioria, são provenientes dos EUA e da Inglaterra. O grupo dos autores e coautores da literatura estrangeira é composto por teóricos diretamente ligados à ciência da informação. Sobre a atualidade da literatura estrangeira, constatou-se que os autores das teses fazem uso de referências recentes. Considera-se, portanto, que a contemplação dessa temática vislumbrou novos conhecimentos para a ciência da informação no que se refere à conscientização pelo uso da literatura estrangeira, a partir da confirmação que a mesma possibilita a ampliação do acesso às informações valiosas presentes no arcabouço teórico da área em que atuam os pesquisadores.
Abstract: In the production and communication practices in academic context, scientific information is the element that drives the activities of researchers in the construction of their work. The use of scientific information process favors the acquisition of new knowledge, contributing to the advancement and development of science. In the academic environment, specifically graduate, the use of scientific information is of paramount importance for the development of academic work, as well as the field of foreign literature for access to content present in the literature in the sphere of science is critical of information. The use of this literature in the context of information science, enables the generation, communication and knowledge sharing among researchers. Thus, the research aims to analyze the use of foreign literature in thesis graduate programs in information science. To reach the goal, the research is classified as descriptive, document and quantitative. Therefore, the empirical field corresponded to graduate programs in information science (PhD) at UNESP / MAR, UNB and UFMG. The corpus of the research is linked to the bases of these institutions, defended in the period from 2011 to 2013, totaling 103 theses. The instrument used for data collection was the standard form in an Excel spreadsheet containing the categories necessary to the process of collecting and analyzing information, such as: language, document type, document source, authors of reference today. For data analysis we used the analysis of references, based on bibliometrics. It was found by the results, that the foreign literature is represented by a percentage of 36.8% of the literature used in the preparation of theses by their authors, while the national literature surpasses the use of a general, over 60% of total analyzed references. As for the use of foreign literature, the survey indicated that most of the theses was characterized by doing "little use" of this literature, may reveal the lack of knowledge of other languages by the authors of the theses and the loss of access to information in academia and scientific. It was also found that the most widely used language of foreign literature is English, followed by Spanish and French. Regarding the most common document type is the journal article, followed by the book and the electronic document. The geographical origins, mostly are from the USA and England. The group of authors and co-authors of foreign literature consists of theoretical directly linked to information science. About today's foreign literature, it was found that the authors of the theses make use of recent references. It is considered, therefore, that the contemplation of this theme saw new knowledge to the science of information with regard to awareness when using foreign literature, from the confirmation that it enables increased access to valuable information provided in the theoretical framework the area in which researchers work.
Keywords: Uso da Informação
Use of Information
Informação Científica
Literatura Estrangeira
Teses de Doutorado
Pós-Graduação em Ciência da Informação (Brasil)
Scientific Information
Foreign Literature
Doctoral Theses
Graduate Diploma in Information Science (Brazil)
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciência da Informação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Citation: FERREIRA, Lucienne da Costa. Literatura estrangeira: o uso em teses de Programas de Pós-Graduação em Ciência da Informação. 2015. 135 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7836
Issue Date: 27-Feb-2015
Appears in Collections:Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf2,15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.