Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7997
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Mamoeiro Havaí, biofertilizante bovino e adubação mineral: reflexos no crescimento, produção, nutrição e fertilidade do solo
metadata.dc.creator: Araújo, Fernanda Aspazia Rodrigues de
metadata.dc.contributor.advisor1: Cavalcante, Lourival Ferreira
metadata.dc.description.resumo: A cultura do mamoeiro (Carica papaya L.) apresenta elevados gastos com insumos e defensivos agrícolas evidenciando a necessidade de utilizar produtos alternativos como os biofertilizantes bovinos visando reduzir custos e prejuízos ambientais. Neste sentido, um experimento foi conduzido no período de maio de 2004 a abril de 2006, no município de Remígio, Estado da Paraíba, para avaliar os efeitos do biofertilizante bovino aplicado via solo na forma líquida e adubação mineral com NPK, sobre o crescimento, produção, qualidade pós-colheita de frutos, nutrição mineral do mamoeiro e na fertilidade do solo. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com três repetições e quatro plantas por parcela, empregando arranjo fatorial 5x2+2 referentes às doses 0,0; 0,8; 1,6; 2,4 e 3,2 L planta-1 do biofertilizante bovino, na ausência e presença de adubação mineral com NPK e os tratamentos adicionais relativos ao solo sem biofertilizante, sem calcário e com biofertilizante na dose média e sem calcário. O biofertilizante foi aplicado 30 dias antes do transplantio e a cada 60 dias até o final da colheita. Pelos resultados o crescimento em altura e o diâmetro caulinar das plantas foram adequados, mas com supremacia no solo com biofertilizante e adubação mineral. A produtividade foi baixa mas significativamente superior nos tratamentos com o insumo orgânico e NPK. Os frutos dos tratamentos com biofertilizante sem NPK alcançaram maiores rendimentos em polpa e maiores teores de sólidos solúveis, maior firmeza e menor massa de casca. As plantas, no início da frutificação, estavam nutricionalmente equilibradas em nitrogênio, fósforo, potássio, magnésio, boro e zinco, mas deficientes em cálcio, cobre, ferro e manganês. O biofertilizante, na ausência de NPK, provocou maiores elevações no pH, matéria orgânica e cálcio, e reduções mais acentuadas nos teores de alumínio e hidrogênio no solo, quando comparado aos tratamentos que receberam aplicação de adubação mineral.
Abstract: Papaya crop (Carica papaya L.) presents high expenses with agricultural supplies and pesticides showing the necessity of the use of alternative products such as bovine biofertilizers aiming to reduce costs and environmental damages. Therefore, an essay was done during May/2004 to April/2006, in the city of Remígio, State of Paraíba, to evaluate the bovine biofertilizer effects when applied on soil as a liquid and in combination with mineral fertilization with NPK, on the growth, yield, post-harvest quality of fruits, mineral nutrition of papaya and soil fertility. The experimental design was randomized blocks, with three repetitions and four plants per parcel, using 5x2+2 factorial arrangement referring to doses 0.0; 0.8; 1.6; 2.4 and 3.2 L plant-1 of bovine biofertilizer, with and without mineral fertilization with NPK and additional treatments referring to soil without biofertilizer, without limestone and with biofertilizer on medium dose and without limestone. The biofertilizer was applied 30 days before the transplanting and every 60 days until the end of cropping. According to the results, the growths in height and stem diameter were appropriate, showing superiority on soil with bovine biofertilizer and mineral fertilization. Productivity was low, but significantly higher on treatments with organic matter and NPK. Fruits from treatments with biofertilizer and without NPK had highest pulp contend, highest levels of soluble solids, highest firmness and lowest peel mass. Plants in the beginning of fructification were nutritionally balanced in nitrogen, phosphorus, potassium, magnesium, boron and zinc but had deficiency in calcium, copper, iron and manganese. The biofertilizer without NPK, promoted higher increases of pH, organic matter and calcium and accented and greater reductions of aluminum and hydrogen contents on soil, when compared to treatments that received application of mineral fertilization.
Keywords: Carica papaya
Carica papaya
Insumos naturais
Nutrição mineral
Fertilidade do solo
Natural supplies
Mineral nutrition
Soil fertility
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Fitotecnia e Ciências Ambientais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Citation: ARAÚJO, Fernanda Aspazia Rodrigues de. Mamoeiro Havaí, biofertilizante bovino e adubação mineral: reflexos no crescimento, produção, nutrição e fertilidade do solo. 2007. 87 f. Dissertação. (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal da Paraíba, Areia, 2007.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/7997
Issue Date: 13-Mar-2007
Appears in Collections:Centro de Ciências Agrárias (CCA) - Programa de Pós-Graduação em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total1,14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons