Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8180
metadata.dc.type: Tese
Title: Ingestão aguda e crônica de etanol no funcionamento auditivo e neurocognitivo
Other Titles: Acute and chronic ethanol on auditory and neurocognitive functioning and intake.
metadata.dc.creator: Silva, Jandilson Avelino da
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Natanael Antonio dos
metadata.dc.description.resumo: Sabe-se que o etanol, presente nas bebidas alcoólicas, ingerido de forma aguda ou crônica, em seus vários níveis, leva a uma série de alterações orgânicas que podem interferir em processos cognitivos e comportamentais básicos. Nesse sentido, o presente estudo teve como objetivo avaliar a influência da ingestão aguda e crônica de etanol na percepção auditiva e no funcionamento neuropsicológico. Manipulou-se a ingestão aguda em estudantes universitários, de 18 a 30 anos, os comparando consigo mesmos em duas condições diferentes. Em uma delas, solicitava-se que os participantes ingerissem uma quantidade de álcool proporcional ao seu peso corporal para que no momento dos testes possuíssem 0,08 % de etanol no sangue. Na outra, ingeriam apenas uma bebida placebo. Avaliou-se a ingestão crônica do álcool em participantes de Alcoólicos Anônimos, com idades de 40 a 60 anos, que possuíam de 1 a 15 anos de abstinência, sendo que se avaliaram estes em grupos separados pelo tempo de três anos de abstinência em comparação a um grupo controle formado por parentes em primeiro grau. Avaliou-se a percepção auditiva por meio de um teste de discriminação de frequências sonoras correspondentes às notas musicais de um escala ocidental padrão. Já o funcionamento cognitivo avaliou-se por meio de testes neuropsicológicos relativos aos processos de memorização, atenção, e de funcionamento executivo. Os resultados mostraram que ambas as formas de ingestão do álcool ocasionam prejuízos perceptivos na audição, bem como em algumas das subfunções neuropsicológicas avaliadas, sugerindo que o uso do etanol pode ser um demarcador de determinadas deficiências cognitivas.
Abstract: It is known that ethanol present in the alcoholic beverages, of acute or chronic ingestion in its various levels, leave to a variety of organic alterations that can interfere with more basic behavioral and cognitive processes. In this sense, the present study aimed to evaluate the influence of acute and chronic ethanol intake in the auditory perception and neuropsychological functioning. Acute ingestion was experimentally manipulated in college students with 18 to 30 years old compared with themselves in two different sessions. In one of days, they had to ingest a quantity of alcohol proportional to their body weight and when they possessed 0.08% of ethanol in the blood they were evaluated. In another day, they drank just a placebo drink. The chronic ingestion of alcohol was evaluated in Alcoholics Anonymous participants, aged 40-60 years, who had 1-15 years of abstinence. They were evaluated in separate groups of three years of abstinence and were compared to a control group of first degree relatives. The auditory perception was evaluated by means of a test for discrimination of musical notes corresponding to standard Western scale sound frequencies. Cognitive functioning was evaluated by means of neuropsychological tests for the processes of memory, attention, and executive functioning. The results showed that both forms of alcohol intake cause perceptual hearing loss as well as the some neuropsychological subfunctions evaluated, suggesting that the use of ethanol may be a path of some cognitive impairment.
Keywords: Ingestão aguda de etanol
Acute moderate intake of ethanol
Ingestão crônica de etanol
Percepção auditiva
Discriminação de notas musicais
Avaliação neuropsicológica
Chronic ethanol ingestion
Auditory perception
Discrimination of musical notes
Neuropsychological assessment
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: SILVA, Jandilson Avelino da. Ingestão aguda e crônica de etanol no funcionamento auditivo e neurocognitivo. 2015. 207 f. Tese (Doutorado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8180
Issue Date: 24-Feb-2015
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total2,92 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.