Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8182
metadata.dc.type: Tese
Title: Desempenho acadêmico: uma explicação pautada nos valores humanos, atitudes e engajamento escolar
Other Titles: Academic performance: an explanatory model based on human values, attitudes and schooling engagement
metadata.dc.creator: Sousa, Deliane Macedo Farias de
metadata.dc.contributor.advisor1: Gouveia, Valdiney Veloso
metadata.dc.description.resumo: Objetivou-se conhecer em que medida os valores, as atitudes em relação ao contexto escolar e à aprendizagem, e o engajamento escolar explicam o desempenho acadêmico. Buscou-se ainda elaborar duas medidas psicológicas e conhecer seus aspectos psicométricos: Escala de Autoavaliação de Desempenho Acadêmico (EADA) e a Escala de Atitudes Frente ao Contexto Escolar (EACE), além de adaptar uma terceira: a Escala de Atitudes Frente à Aprendizagem (EAFA). Para lograr tais objetivos, realizaram-se cinco estudos empíricos. O Estudo 1 diz respeito à elaboração das medidas (EADA e EACE) e contou com 481 estudantes da segunda fase do ensino fundamental de escolas públicas e privadas da cidade de João Pessoa (PB), com idade média de 12,9 anos (dp = 1,59, amplitude de 11 a 17 anos), divididos igualmente quanto ao sexo. Os participantes responderam um questionário com perguntas abertas sobre o desempenho acadêmico e o contexto escolar. As respostas foram avaliadas por meio de uma técnica informatizada de análise de conteúdo (ALCESTE), e a partir delas foram elaborados itens tanto para a EADA, quanto EACE. O Estudo 2 apresenta os parâmetros psicométricos das medidas elaboradas nesta tese (EADA e EACE), além da EAFA. Participaram 200 estudantes do ensino fundamental, sendo a maioria do sexo feminino (53,5%), com idade média de 12,6 anos (dp = 1,50). A leitura do conteúdo dos itens da EADA permitiu nomear seus componentes de satisfação (α = 0,92, rm.i. = 0,39) e insatisfação com o desempenho acadêmico (α = 0,80, rm.i. = 0,25). No que diz respeito à EACE, três componentes foram extraídos: atitudes frente a professores (α = 0,90, rm.i. = 0,45), à escola (α = 0,85, rm.i. = 0,43) e aos colegas de classe (α = 0,85, rm.i. = 0,53). Já a EAFA teve sua estrutura tetrafatorial confirmada no presente contexto: abertura (α = 0,86, rm.i. = 0,40), disposição negativa (α = 0,77, rm.i. = 0,40), expectativa (α = 0,76, rm.i. = 0,35) e ansiedade (α = 0,73, rm.i. = 0,31) em relação à aprendizagem. Tendo as três medidas alcançado padrões de validade e precisão adequados, procedeu-se o Estudo 3, com o objetivo de comprovar a estrutura fatorial das mesmas. Para tanto, contou-se com a participação de 210 estudantes, com as mesmas características dos estudos anteriores. As três medidas apresentaram indicadores de ajuste satisfatórios, cabendo ressaltar que a EADA mostrou-se mais eficiente quando composta por apenas um fator. No Estudo 4 verificaram-se as relações entre as variáveis centrais desta tese, a saber: desempenho acadêmico, engajamento escolar, atitudes educacionais e valores humanos. Participaram deste estudo 200 estudantes, que responderam além das medidas anteriormente mencionadas, ao Questionário de Valores Básico (QVG), Escala de Engajamento Escolar (EEE) e questões sócio-demográficas. Verificou-se que o desempenho está relacionado a todas as variáveis, com exceção dos valores de experimentação e expectativa frente à aprendizagem. Nesse sentido, verificou-se por meio de regressões lineares, as relações preditivas entre as variáveis em questão, resultando num modelo explicativo do desempenho acadêmico. O Estudo 5 descreve o teste do modelo hierárquico: valores (normativa, interativa e suprapessoal) → atitudes educacionais (em relação ao contexto escolar e à aprendizagem) → engajamento escolar → desempenho acadêmico. Contou-se com uma amostra de 425 estudantes do ensino fundamental e verificou-se que o modelo em questão apresentou índices de ajustes satisfatórios [²/gl = 1,99, GFI = 0,96, AGFI = 0,92, CFI = 0,94 e RMSEA = 0,07 (IC90% = 0,03-0,10)]. Confia-se que os objetivos da presente tese foram alcançados, dando ênfase à teoria funcionalista dos valores humanos. Espera-se que os resultados aqui apresentados possam servir de base para estudos e intervenções futuros que visem a contribuir para esta área de interesse.
Abstract: This thesis aimed to know in what extent values, attitudes toward schooling context and learning, and school engagement predict academic performance. Moreover, we intended to develop two psychological measures [Self-Evaluation of Academic Performance Scale (SEAAS) and Attitudes toward Schooling Context Scale (ASCS)], adapt the Attitudes toward Learning Scale (ATLS) to Brazilian context and verify their psychometric parameters. The Study 1 refers to elaboration process of measures and counted with 481 students from 6th to 9th grades of public and private schools from João Pessoa (PB), with average age of 12,9 years-old (sd = 1,59), equally distributed by sex. Participants answered a questionnaire with opened questions regarding academic performance and school context. The answers were examined by an automatic content analysis (ALCESTE) and items were formulated from them to compose both SEAAS and ASCS. The Study 2, presents the psychometric parameters of referred measures, and also of ATLS. Participated 200 students from High School, mostly females (53,5%), with average age of 12,6 years-old (sd = 1,50). The exploratory analysis of SEAAS, distinguished two components: satisfaction (α = 0,92, rm.i. = 0,39) and dissatisfaction with academic performance (α = 0,80, rm.i. = 0,25). Regarding the ASCS, were extracted three components from its items: attitudes toward teachers (α = 0,90, rm.i. = 0,45), school (α = 0,85, rm.i. = 0,43) and classmates (α = 0,85, rm.i.). Lastly, the original four-factor structure of ATLS were confirmed in this context: openness (α = 0,86, rm.i = 0,40), negative disposition (α = 0,77, rm.i = 0,40), expectative (α = 0,76, rm.i = 0,35) and anxiety (α = 0,73, rm.i = 0,31) related to learning. Since the measures reached suitable patterns of validity and precision, we performed the Study 3. With a sample of 210 students, basically with same characteristics of samples from previous studies, this study aimed to confirm the factorial structure of these three measures. The results showed that all of them presented satisfactory fit indexes, although they also have showed that for SEASS it is more adequate consider only one factor. In the Study 4, we looked for knowing in what extent academic performance is related to variables aforementioned. To reach this goal we counted with 200 students who answered to Basic Values Survey (BVS), School Engagement Scale (SES) and socio-demographic questions, besides the three measures from study 3. Academic performance was correlated with all variables considered, except with excitement values and expectations from learning. In this sense, we performed multiple linear regressions to know the predictive relations between these variables, resulting in an explanatory model of academic performance. The study 5, describes the testing of hierarchical model: values (normative, interactive and suprapersonal) → educational attitudes (toward school context and learning) → school engagement → academic performance. With a sample of 425 students from High School, this model has shown promising, with satisfactory fit indexes [²/gl = 1,99, GFI = 0,96, AGFI = 0,92, CFI = 0,94 e RMSEA = 0,07 (IC90% = 0,03-0,10)]. The goals of this thesis were reached, emphasizing the functional theory of human values. We hope that the results presented here might be useful to ground future researches and interventions to promote improvement in students’ academic performance.
Keywords: Desempenho acadêmico
Academic performance
Engajamento escolar
Valores
Atitudes
Contexto escolar
School engagement
Human values
Attitudes
Schooling context
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Psicologia Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: SOUSA, Deliane Macedo Farias de. Desempenho acadêmico: uma explicação pautada nos valores humanos, atitudes e engajamento escolar. 2013. 282 f. Tese (Doutorado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8182
Issue Date: 25-Apr-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total2.09 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.