Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8319
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Onde não há soberano, não há súditos: uma leitura epistemológica de O Pensamento
metadata.dc.creator: Moraes, Daniel Henrique
metadata.dc.contributor.advisor1: Queiroz, Giovanni da Silva de
metadata.dc.description.resumo: O objetivo desta dissertação é compreender a epistemologia em Frege, além de perpassar o problema da verdade. Durante sua vida, Frege recebeu influência de vários autores como: Kuno Fischer, Ernst Abbe, Herman Lotze; assim como a crítica de Bertrand Russell, que fez com que mudasse o rumo de seus trabalhos, conferindo uma fundamentação filosófica em sua tentativa de basear a Aritmética através da lógica. Frege, ao final de sua vida, escreveu o artigo O pensamento (1918-1919) no qual buscava estabelecer as bases de sua epistemologia. Conforme diz nas primeiras linhas de seu trabalho, alcançar a verdade deve ser a meta da lógica, que deve ser entendida como a única alternativa para chegarmos às verdades que não nos são reveladas pelos axiomas matemáticos. Para tanto, revisamos as obras que se propuseram a trabalhar o tema, das quais podemos destacar: o próprio artigo O pensamento (1918-1919), Conceitografia (1879) e As fontes do conhecimento em matemática e ciências naturais matemáticas (1924), além da crítica de autores contemporâneos de seu legado. A verdade possui dimensão própria, não possui um portador, ela é senhora de si e para alcançá-la, devemos utilizar as demonstrações lógicas.
Abstract: The question of truth is recurrent in Fregean texts. This work focuses on the historical and theoretical research on the subject in the work of Frege and of those who set out to comment on the matter. The epistemology is handled directly in the article The Thought (1918-1919) that will guide our search for the right way that we know the world. Frege's life will be addressed to clarify the reading of the article as a project that is in the overall work of the philosopher and not separated from the Fregean project, as well as the influences that other philosophers had on the work. The delimitation of what is studied by logic is essential to contextualize how the term 'truht' is actually approached, in the other words, the delimitation of 'be true', or the normalization to get knowledge about the world. The thought is taken as the bearer of truth, it is independent of the objective world and that the representations of which they are part. The proposition is the dress of thought, so that man can assert about the world. We must avoid the forms of knowledge that are contaminated by sensible experience, for it alone is not capable of capture the truth, which has its own dimension in Frege's philosophy. The truth must be understood as a fact which is recognized as true and we can get to it by observing the laws of logic.
Keywords: Verdade. Epistemologia. Lógica. Proposição. Pensamento.
Truth. Epistemology. Logic. Proposition. Thought.
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Filosofia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Citation: MORAES, Daniel Henrique. Onde não há soberano, não há súditos: uma leitura epistemológica de O Pensamento. 2015. 109 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8319
Issue Date: 6-Apr-2015
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo total.pdf950,27 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.