Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8418
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Paralelismo e foco estrutural no processamento da correferência de pronomes e de nomes repetidos
metadata.dc.creator: Lima, Juciane Nóbrega
metadata.dc.contributor.advisor1: Leitão, Márcio Martins
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo tem como objeto de investigação o processamento correferencial intersentencial, procurando observar como se dá o processamento da correferência de pronomes e de nomes repetidos em relação ao foco dos seus respectivos antecedentes. Tomamos como hipótese inicial que nomes repetidos teriam o processamento mais custoso do que os pronomes, independente da saliência do antecedente. Ou seja, haveria Penalidade do Nome Repetido, postulada pela Hipótese da Carga Informacional de Almor (1999; 2000). Para isso, realizamos dois experimentos com uma tarefa on-line de leitura automonitorada (self-paced reading), por meio do programa Psyscope. A variável dependente dos dois experimentos foi o tempo de leitura do segmento crítico (nome repetido ou pronome). E as variáveis independentes foram: o tipo de retomada (pronome ou nome repetido) e a posição do antecedente (focalizado ou não focalizado). A diferença entre os dois experimentos foi que no primeiro controlamos para que em todas as frases experimentais contivessem pronomes e nomes repetidos na mesma posição e função sintática de seus antecedentes, ou seja, em paralelo. Já no segundo controlamos para que em nenhuma das condições tivessem antecedente e retomada em paralelo. O total de participantes voluntários foi de 28 estudantes da UFPB em cada experimento. Os resultados do primeiro experimento mostram menor tempo de leitura para os pronomes em relação aos nomes repetidos independentemente se o seu antecedente estivesse focalizado ou não. Já o foco estrutural não mostrou efeito significativo em nenhuma das condições experimentais. Uma possível explicação seria a de que o efeito do paralelismo estrutural se sobrepôs ao efeito do foco. Foi o que os resultados do segundo experimento demonstraram. Dessa vez, com retomada e antecedente não paralelo, o efeito de foco estrutural se mostrou significativo, ou seja, a leitura foi mais rápida quando o antecedente estava focalizado do que quando não estava. E foi confirmada Penalidade do Nome Repetido também nesse segundo experimento.
Abstract: The present study has aims to investigate the intrasentencial coreference processing, observing how the processing of coreference of pronouns and repeated names occurs in relation to the focus of their antecedents. We take as initial hypothesis that repeated names take an extra cost to be processed than pronouns, despite the antecedent is more salient or not. This is nominated by the Repeated Name Penalty, postulated by the Informational Load Hypothesis. Almor (1999, 2000). We performed two online self-paced reading, through Psyscope program. The dependent variable of the two experiments was the reading time of the critical segment (repeated name or pronoun) and the independent variables were the type of resumption (pronoun or repeated name) and the position of the antecedent (focused or unfocused) . The difference between the two experiments was that at the first we controlled all experimental sentences to contain pronouns and repeated names in the same position and syntactic function of its background, so in parallel . The second was controlled in order not to contain the conditions in parallel. 28 students from UFPB participated in each experiment. The results of the first experiment show a lower reading time for the pronouns in relation to repeated names regardless if its antecedent was focused or not .The structural focus showed no significant effect on any of the experimental conditions. A possible explanation would be that the effect of structural parallelism overlapped the effect of focus. That's what the results of the second experiment showed. The resumption and antecedent not in parallel time resulted in an significant effect of structural focus. The reading time was faster when the antecedent was focused than when it was not. It was also confirmed Repeated Name Penalty also in this second experiment.
Keywords: Psicolinguística experimental. processamento. correferência. foco estrutural.
Experimental Psycholinguistics. processing. coreference. structural focus.
metadata.dc.subject.cnpq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Linguística e ensino
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Linguística
Citation: LIMA, Juciane Nóbrega. Paralelismo e foco estrutural no processamento da correferência de pronomes e de nomes repetidos. 2014. 76 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8418
Issue Date: 25-Mar-2014
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo total.pdf1,01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.