Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8420
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Lula e o mensalão: memória, identidade, sombras e opacidade no discurso jornalístico
metadata.dc.creator: Oliveira, Josélio Paulo Macário de
metadata.dc.contributor.advisor1: Francelino, Pedro Farias
metadata.dc.description.resumo: A mídia tem desempenhado um papel de extrema relevância no processo de construção/desconstrução/reconstrução de identidades e representações na sociedade contemporânea. Na era da midiatização, muitos dos perfis identitários de nossa sociedade, em todas as áreas de atuação, têm se originado a partir do cotidiano das produções jornalísticas de nossas instituições midiáticas. O presente estudo busca analisar o trabalho discursivo operado pela mídia no âmbito do discurso político, abordando os efeitos de sentido produzidos pela revista Veja em torno do processo de discursivização do esquema de corrupção, denominado pelas diversas mídias como o “Caso do Mensalão”. A escolha pela Veja foi motivada pela prática do jornalismo investigativo e de denúncia. Pela posição que ocupa no mercado de vendas de revista, assim como pela credibilidade que defende em relação ao discurso político, que atravessa o seu discurso jornalístico. Para tanto, pesquisamos, mediante consulta ao acervo digital da revista Veja, matérias e imagens do referido veículo de comunicação, as quais trataram de tal acontecimento histórico. Buscamos, especificamente, verificar como foi produzido o jogo de sentidos relacionado à figura do ex-presidente Lula e ao caso de corrupção que teve o envolvimento de importantes personagens do Governo do então presidente, a partir da análise de enunciados verbais e imagéticos. O intuito desse empreendimento analítico é o de contribuir para a identificação de aspectos constitutivos do complexo domínio imaginário político da sociedade brasileira, do início das investigações do caso (2005) aos dias atuais. Nosso corpus analítico é constituído por capas da revista, referidas ao presidente Lula, que foram publicadas desde o início do caso. Este estudo é fruto de pesquisas da produção identitária na esfera midiática, assim como os discursos do cotidiano na perspectiva da análise do discurso de linha francesa (AD), seguindo a orientação teórica de Michel Pêcheux, Michel Foucault e Jean-Jacques Courtine. Esta é uma teoria de interpretação que tem como um de seus primeiros objetivos lançar mão da dimensão da História, da Linguística e da Psicanálise para alcançar a tessitura do interdito, do equívoco, de uma exterioridade que lhe é constitutiva. Neste trabalho, utilizamos as categorias de análise relacionadas à memória, como interdiscurso, redes de memória, enunciado, sujeito, formação discursiva etc., bem como analisaremos, sobretudo as imagens, sob a perspectiva da semiologia histórica. A pertinência deste trabalho reside no fato de que ele pretende levar a uma reflexão crítica sobre como a mídia afeta nosso cotidiano e nossa memória coletiva, a partir do enfoque no discurso político; como a mídia funciona enquanto espaço de re-construção de significados e lugar de confluência de sentidos entrecruzados. Em suma, como o discurso político tem se adequado à íntima, complexa e próxima relação com os meios de comunicação de massa de nossa sociedade contemporânea.
Abstract: The media has developed a role of extreme relevance in the process of construction/deconstruction/reconstruction of identities and representations on contemporaneous society. In the mediatized era, a lot of identities profiles of our society, in all the areas of actuation, have been originated from the daily journalistic productions of our media institutions. The present study aims to analyze the discursive work operated by media in the range of the political discourse, approaching the sense effects produced by the Veja magazine about the process of discursivization of the corruption scheme, nominated by the diverse media as the “Caso do Mensalão”. The choice for Veja was motivated by the practice of the reporting and investigative journalism. By the position that it occupies in the market of magazine sailing, as well as the credibility that it champion in relation to the political discourse, which crosses its journalistic discourse. For that, we researched, beyond consultation to the digital collection of the Veja magazine, materials and images of the referred communication vehicle, which treated of this historical happening. We sought, specifically, to verify how the senses game was produced in relation to the figure of the ex-president Lula and to the case of corruption that had the involvement of important people from the Govern of this president, from the analysis of verbal and imagetic statements. The intention of this analytic enterprise it to contribute to the identification of constitutive aspects of the complex imaginary politic domain of the Brazilian society, the start of the case studies (2005) to today. Our analytic corpus is constituted of magazine covers, referred to the president Lula, which were published since the beginning of the case. This study is the fruit of researches of the identity production in the mediatic sphere, as well as the daily discourses in the perspective of the French discourse analysis (DA), following the theoretical orientation of Michel Pêcheux, Michel Foucault and Jean-Jacques Courtine. This is an interpretation theory that has as one of its first objectives to consider the dimensions of History, Linguistics and Psychoanalysis to achieve the range of an exteriority that is constitutive to it. In this work, we used the categories of analysis related to memory, as interdiscourse, memory network, statement, subject, discursive formation etc., as well we analyzed, specially the images, on the perspective of historic semiology. The pertinence of this work is consisted by the fact that it intends to promote a critical reflection about how the media affects our daily life and our collective memory, from the focus on the political discourse; how the media works as a space of re-construction of meanings and place of intercrossed senses confluence.In summary, how the political discourse has been adequate to the intimate, complex and next relation with the mass communicative means of our contemporaneous society.
Keywords: Análise do Discurso
Speech analysis
Discurso Político
Discurso midiático
Memória
Identidade
Political speech
Media discourse
Memory
Identity
metadata.dc.subject.cnpq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Linguística e ensino
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Linguística
Citation: OLIVEIRA, Josélio Paulo Macário de.Lula e o mensalão: memória, identidade, sombras e opacidade no discurso jornalístico. 2014. 93 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8420
Issue Date: 13-Aug-2014
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo total.pdf1.71 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.