Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8425
metadata.dc.type: Tese
Title: A constituição do sujeito celebridade no site ego: (re)configurações da intimidade em tempos de hiperexposição midiática
metadata.dc.creator: Silva, Francisco Vieira da
metadata.dc.contributor.advisor1: Leite, Maria Regina Baracuhy
metadata.dc.description.resumo: Esta tese analisa o modo através do qual o site Ego espetaculariza a intimidade do sujeito celebridade. Para tanto, partimos das reflexões teóricas engendradas no âmbito da Análise do Discurso, especialmente das ressonâncias advindas das elucubrações de Michel Foucault para essa vertente teórica. Ao concebermos que a noção de intimidade erige-se no contínuo deslizar das descontinuidades históricas, objetivamos, a partir de uma visada, genealógica, aventar as condições de possibilidade que fazem com que essa noção se (re)configure ao longo do tempo, assumindo outros modos de existência. Acrescentamos a essa constatação a constituição mutante dos sujeitos os quais, ao longo da história, estiveram atrelados à fama, à glória, ao estrelato. Quando associamos essas duas assertivas, vislumbramos modificações nos modos de discursivizar a intimidade do sujeito celebridade, nos espaços de visibilidade da mídia, mais exatamente das atuais feições da web, as quais influem de maneira incisiva sobre a maciça proliferação de discursos em torno da vida íntima. O advento de uma web de cunho mais colaborativo e em convergência com outras mídias sustentou a irrupção de possibilidades de ser visto no interior da rede digital. Nesse sentido, a escolha do corpus para esta tese, formado por 38 (trinta e oito) notícias veiculadas no site Ego, ancorou-se nessas constatações a respeito do caráter rizomático da web, recrudescido, especialmente, a partir da popularização das redes de interconexão social. Boa parte das notícias que tematizam a intimidade do sujeito famoso provêm das confissões, corporificadas na natureza semiológica dos enunciados produzidos no âmbito das redes sociais. Com vistas a organizar a inevitável dispersão dos discursos sobre a intimidade do sujeito famoso nos limites do site em foco, partimos do seguinte trajeto temático: sexualidade, família e amor. A despeito de, em alguns momentos, ultrapassarmos os limites desse trajeto, ele se mostrou preciso no processo de imersão e de enredamento dos fios esparsos que formam a tessitura discursiva dos dizeres veiculados no site Ego. Em síntese, a análise nos permitiu entrever o funcionamento de uma dada posição sujeito na produção das notícias veiculadas em Ego. Essa posição pauta-se no uso de estratégias discursivas mobilizadas pelo sujeito enunciador das notícias, das quais decorrem alguns efeitos de sentido. Podemos enfatizar, dentre essas estratégias, a utilização do discurso direto das celebridades, com vistas a tornar sensacionais as confissões da vida íntima, publicizadas por tais sujeitos em variados espaços da web; o recorte empreendido por essa posição que enuncia em Ego, no que toca à voz, em discurso direto, das celebridades, sinalizando para determinadas direções argumentativas e, por fim, o tratamento conferido à celebridade, marcado sobremaneira por uma dada familiaridade no uso de determinadas formas para se referir ao sujeito celebridade, ou ainda em relação a insinuações veladas a respeito de particularidades do famoso, faz-nos constatar que o sujeito jornalista não apenas informa, função comumente alardeada por discursos acerca de uma dada imparcialidade jornalística, como orienta sentidos sobre os modos de constituição do sujeito celebridade no âmbito da mídia digital.
Abstract: This thesis analyzes how the website Ego presents the intimacy of the celebrity subject. For this, we are based on the theoretical reflections engendered in the scope of Discourse Analysis, especially on the resonances from the lucubration of Michael Foucault for this theoretical dimension. By conceiving that the notion of intimacy is set in the continuous slide of historical discontinuities, we aim, from a genealogical perspective, to investigate the conditions of possibility that contribute to the (re)configuration of this notion along the time, assuming other modes of existence. We add to this observation the mutant constitution of subjects who, along the history, were tied to fame, glory and stardom. When we associate these two assertive, we see modifications in how the discourse about the celebrity subject’s intimacy is constructed, in the media spaces, more precisely in the actual web features, which influence the ample proliferation of discourses around the intimate life. The advent of a more collaborative web in convergence with other media sustained the irruption of possibilities in which the subject can be seen in the interior of the digital network. In this sense, the choice of the corpus for this thesis, formed by 38 (thirty eight) news from Ego website, was anchored in these ascertainments about the rhizomatic character of web, which was intensified, especially, by the popularization of social interconnection networks. In order to organize the inevitable dispersion of discourses about the intimacy of the famous subject in the limits of the focused website, we consider the following thematic path: sexuality, family and love. Despite we, sometimes, exceed the limits of this path, it was precise in the process of immersion and entanglement of the sparse wires that form the discursive weaving of the statements published in the Ego website. In synthesis, the analysis allowed us to observe the functioning of a certain subject position in the production of news disseminated by Ego. This position is based on the use of discursive strategies mobilized by the subject author of the news, in which some sense effects are registered. We can emphasize, among these strategies, the use of celebrities’ direct discourse, aiming to produce sensational confessions of intimate life, published by such subjects in various web spaces; the crop undertaken by this position that is enunciated in Ego, related to the voice, in direct discourse, of celebrities, indicating certain argumentative directions and, finally, the treatment given to celebrity, specially marked by a particular familiarity in the use of determined forms of referring to the celebrity subject, or even in relation to insinuations about the famous’ particularities, allow us to conclude that the journalist subject do not only inform, a function commonly spread by discourses about a certain journalistic impartiality, but also orients senses about how the celebrity subject is constructed in the context of digital media.
Keywords: Análise do Discurso
Discourse Analysis
Sujeito Celebridade
Intimidade
Celebrity Subject
Intimacy
metadata.dc.subject.cnpq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Linguística e ensino
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Linguística
Citation: SILVA, Francisco Vieira da. A constituição do sujeito celebridade no site ego: (re)configurações da intimidade em tempos de hiperexposição midiática. 2016. 212 f. Tese (Doutorado em Linguística) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8425
Issue Date: 15-Apr-2016
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf3,37 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.