Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8429
metadata.dc.type: Tese
Title: Percorrendo as imagens do livro didático de língua inglesa com vistas para além dos territórios nativos da anglofonia: uma análise de suas páginas de abertura
metadata.dc.creator: Costa, Walison Paulino de Araújo
metadata.dc.contributor.advisor1: Lucena, Rubens Marques de
metadata.dc.description.resumo: Esta tese tece uma discussão analítica em torno da educação linguística pautada nos padrões imagéticos encontrados nos livros didáticos de língua inglesa, a partir de concepções como o ensino de inglês numa perspectiva pluricêntrica, interculturalidade, multiculturalismo, língua/cultura, adentrando também questões que tratam de crenças e formação docente, cujas reverberações alcançam seu ápice no último capítulo. Dessa forma, objetivamos analisar as imagens dos livros didáticos do PNLD de 2012, tendo como ponto de partida a concepção do inglês como língua internacional/franca/pluricêntrica, que oportuniza aos aprendentes se vejam inseridos como protagonistas de uma língua/cultura, pois, mesmo restando o ultrapassado rótulo de ‘estrangeira’, dessa língua podem fazer uso em contextos em que é possível a lide também com imagens. Em termos metodológicos, selecionamos as 7 (sete) coleções, por se tratar de um momento singular para a história do ensino de línguas no Brasil, sendo esta a primeira vez que os referidos livros de língua inglesa do ensino médio foram incluídos pelo Programa Nacional do Livro Didático na área Linguagem, Códigos e suas tecnologias (BRASIL, 2011, p. 07). Para prosseguirmos, baseamo-nos em critérios elaborados para a escolha definitiva das 17 (dezessete) páginas, constituintes de nosso corpus, sendo 16 (dezesseis) imagens de entrada de unidades e 1 (uma) imagem do livro como um todo. Procedemos à análise de uma a uma, cujo resultado se expressou da seguinte maneira: qualitativa e quantitativamente, os países que fazem referência imagética ao Círculo Interno de Kachru (1985) são predominantes, em decorrência dos espaços que esses elementos imagéticos ocupam e como ocupam. Com base nas categorias da Gramática do Design Visual, de Kress e van Leeuwen (2006), mais precisamente, a metafunção composicional e seus sistemas inter-relacionados, concluímos: os leitores/observadores, no caso, os alunos, não são envolvidos por uma concepção pluricêntrica do inglês, tendo em vista que a supremacia dos nativos anglófonos e seus padrões linguístico-culturais imperam nas páginas, tendo primazia as referências imagéticas à Inglaterra e principalmente aos Estados Unidos da América.
Abstract: This thesis frames an analytical discussion on the linguistic education, based on the imagetic standards found in the English textbooks, grounded on concepts such as teaching of English in a pluricentric approach, interculturality, multiculturalism, language/culture, going further into matters that deal with beliefs and teacher education, whose repercussion reaches its summit level in the last chapter. Thus, we aim at analyzing the images of the textbooks pertaining to PNLD in 2012, having as the starting point the concept of English as an international/pluricentric language/lingua franca, which makes possible that learners can look at themselves inserted like protagonists of a language/culture; although it is still regarded as a ‘foreign’ language, those learners can make use of it in contexts where they may also deal with images. In methodological terms, we selected the 7 (seven) textbook sets, including three-level textbooks each set, since it is a unique moment for the history of language teaching in Brazil: it is the first time that English textbooks for secondary school were included by Programa Nacional do Livro Didático into the area Language, Codes and its Technologies (BRAZIL, 2011, p. 07). To continue, we were based on the criteria we created for the definite choice of the 17 (seventeen) pages that constitute our corpus, 16 (sixteen) images in the unit entries and 01 (one) image in the entry of the book as a whole. We analyzed one by one. Qualitatively and quantitatively the results showed that the countries that make imagetic reference to the internal circle by Kachru (1985) are predominant, owing to the spaces they take up and how they do it. Based on the categories that come from the Grammar of Visual Design, by Kress and van Leeuwen (2006), more precisely, the compositional metafunction and its interrelated systems, we conclude: readers/observers, in this case, learners, are not involved by a pluricentric concept of the English language, since the supremacy of native English speakers and their linguistic-cultural standards dominate in the pages of the textbooks mentioned, but the imagetic references to England and mainly to the United States of America are deemed prime.
Keywords: Educação linguística
Linguistic education
Imagens no livro didático
Ensino do inglês como língua pluricêntrica
língua/cultura
Interculturalidade
Images in the textbook
Teaching of English as a pluricentric language
Language/culture
Interculturality
metadata.dc.subject.cnpq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Linguística e ensino
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Linguística
Citation: COSTA, Walison paulino de Araújo. Percorrendo as imagens do livro didático de língua inglesa com vistas para além dos territórios nativos da anglofonia: uma análise de suas páginas de abertura. 2016. 217 f. Tese (Doutorado em Linguística) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8429
Issue Date: 29-Feb-2016
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo total.pdf9,55 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.