Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8704
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Perfil clínico-epidemiológico e cateterismo intermitente limpo em pessoas com traumatismo raquimedular
metadata.dc.creator: Diniz, Iraktânia Vitorino
metadata.dc.contributor.advisor1: Soares, Maria Júlia Guimarâes Oliveira
metadata.dc.description.resumo: O traumatismo raquimedular (TRM) configura-se como um problema de saúde pública, em virtude de seu potencial para morbimortalidade. Objetivo: Caracterizar o perfil sociodemográfico e clínico-epidemiológico de pessoas com TRM. Método: Trata-se de um estudo transversal, com abordagem quantitativa. Os dados foram coletados a partir de um formulário de entrevista semiestruturado e analisados através da estatística descritiva e inferencial, utilizando o teste Qui-Quadrado e Risco Relativo. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob CAAE nº 0058.0.462.126-11. Resultados: A amostra se caracterizou por indivíduos na faixa economicamente ativa, do sexo masculino, solteiros e/ou casados, sem filhos, com mais de quatro anos de estudo e renda mensal básica de um a três salários mínimos. Concernente aos aspectos clínicos, os indivíduos apresentaram lesão torácica seguidos por lesão lombar. Etiologicamente, destacaram-se os acidentes de trânsito, seguido por arma de fogo. Quanto à sequela destacou a paraplegia completa, seguidos pela paraplegia incompleta. Os resultados apontaram correlação do TRM em nível lombar com os acidentes por arma de fogo, lesões torácicas aos acidentes de trânsito e cervicais às lesões por mergulho em águas rasas. No tocante às complicações, a tetraplegia teve maior influência enquanto fator de risco para todas as complicações em relação à paraplegia, mas apresentou fator de proteção às síndromes dolorosas. Quanto à reutilização do cateter como fator de risco para infecção urinária, obstrução e sangramento e o uso de cateter lubrificado como fator de proteção para todas as complicações estudadas. Conclusão: O conhecimento dos fatores intervenientes às lesões medulares, bem como a identificação dos riscos de complicações, corroboram para um cuidar mais qualificado. Ainda nesta perspectiva, a disseminação de estratégias que minimizem esses agravos, como a realização do CIL, constituem boas práticas em saúde.
Abstract: The spinal cord injury (SCI) is configured as a public health problem due to its potential for morbidity and mortality. Objective: To characterize the sociodemographic and clinico-epidemiological profile of people with SCI. Method: This is a cross-sectional study with a quantitative approach. The data were collected using a semi-structured interview form and analyzed through the descriptive and inferential statistics, by using the Chi-Square test and Relative Risk. The study was approved by the Research Ethics Committee under certificate of ethics assessment No 0058.0.462.126-11. Results: The sample was characterized by individuals in the economically active group, males, single and/or married, without children, with over four years of study and basic monthly income of one to three minimum wages. Concerning the clinical aspects, the individuals presented chest injury followed by lumbar injury. Etiologically, traffic accidents followed by firearms stood out. Regarding the sequel, the complete paraplegia was highlighted, followed by incomplete paraplegia. The results showed correlation of SCI in lumbar level with the accidents with firearms, chest injuries with traffic accidents and cervical with injuries caused by diving in shallow water. Regarding complications, tetraplegia had more influence as a risk factor for all the complications in relation to paraplegia, but presented a protective factor to painful syndromes. The reuse of the catheter was regarded as a risk factor for urinary tract infection, obstruction and bleeding and the use of lubricated catheter as a protective factor for all the complications studied. Conclusion: Knowing the intervening factors of spinal cord injuries, as well as identifying the risks of complications, corroborates with a more qualified care. Still in this perspective, the dissemination of strategies that minimize these aggravations, such as the performance of the CIC, constitute good health practices.
Keywords: Traumatismos da coluna espinhal
Epidemiologia
Cateterismo
Complicações
Enfermagem
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citation: DINIZ, Iraktânia Vitorino. Perfil clínico-epidemiológico e cateterismo intermitente limpo em pessoas com traumatismo raquimedular. 2016. 94 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8704
Issue Date: 28-Dec-2016
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo total.pdf1.99 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.