Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8708
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Pessoas com deficiência visual e sexualidade: concepções e vivências
metadata.dc.creator: Medeiros, Thayris Mariano de
metadata.dc.contributor.advisor1: Costa, Kátia Neyla de Freitas Macêdo
metadata.dc.description.resumo: as pessoas com deficiência visual representam uma parcela significativa da população, mas ainda enfrentam várias dificuldades no cumprimento de direitos em todos os aspectos da vida, inclusive a saúde sexual. A sexualidade ainda é um tema muito delicado em nossa sociedade, e quando se fala em pessoas com deficiência visual percebe-se que existem vários mitos em relação a sua sexualidade, que interferem no seu acesso à saúde sexual e à expressão de uma sexualidade plena, livre de preconceitos. Objetivo: analisar como a sexualidade é concebida e vivenciada por pessoas com deficiência visual. Percurso metodológico: trata-se de um estudo exploratório com abordagem qualitativa, realizado com 17 pessoas com deficiência visual usuários de uma instituição de apoio. O estudo atendeu aos seguintes critérios de inclusão: pessoa com deficiência visual, maior de 18 anos. E critério de exclusão: não apresentar outra deficiência associada à visual. A coleta de dados foi realizada de novembro a dezembro de 2015 através da técnica de grupo focal. As sessões de grupo focal foram realizadas semanalmente e gravadas com auxílio de dois gravadores do tipo MP4. Após a coleta, os dados foram transcritos e analisados através da análise de conteúdo. A presente pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Paraíba, sob Protocolo nº0264/15 e CAAE: 44927215.2.0000.5188. Resultados: a partir da análise, emergiram cinco categorias temáticas: Sexualidade: da concepção à expressão; Sexualidade na infância e adolescência: fragilidade no acesso a informações; Obstáculos à expressão de sua sexualidade; Duplo desafio para as mulheres: deficiência visual e questões de gênero; e Educação sexual: fragilidades e perspectivas. Considerações finais: a partir da reflexão acerca das colocações dos participantes, conclui-se que a sociedade ainda tem pouco entendimento com relação à sexualidade das pessoas com deficiência visual, o que interfere no acesso a informações sexuais específicas e adaptadas. Destaca-se a importância dos profissionais de saúde, principalmente o enfermeiro, na intervenção em educação sexual junto a essas pessoas e família, e no desenvolvimento de mais pesquisas e materiais educativos específicos na área da saúde sexual para as pessoas com deficiência visual.
Abstract: people with visual disabilities represent a significant portion of the population, but still face many difficulties in fulfilling rights in all aspects of life, including sexual health. Sexuality is still a very sensitive issue in our society, and when it comes to people with visual disabilities is noticed that there are several myths regarding their sexuality, that interfere with their access to sexual health and the expression of a full sexuality, free of preconception. Objective: to analyze how sexuality is conceived and experienced by people with visual disabilities. Methodological path: this is an exploratory study with qualitative approach, conducted in 17 persons with visual disabilities, users of an support institution. The study met the following inclusion criteria: person with visual disabilities; older than 18 years. And exclusion criteria: not present other associated disabilities to visual. Data collection was conducted from November to December 2015 through the technique of focus groups. The focus group sessions were done weekly and recorded with the aid of two recorders type MP4. After collection, the data were transcribed and analyzed using content analysis. The present research has been approved by the Ethics Committee in Research of the Health Sciences Center of the Federal University of Paraíba, under Protocolo nº0264/15 e CAAE: 44927215.2.0000.5188. Results: from the analysis, emerged five thematic categories: Sexuality: from conception to expression; Sexuality in childhood and adolescence: weakness in access for information; Obstacles to the expression of their sexuality; Double challenge for women: visual disability and gender issues; and Sex Education: weaknesses and prospects. Conclusion: from reflection on the placement of the participants, it is concluded that the society is still have little understanding in relation to sexuality of people with visual disability, which interferes with access to specific and adapted sexual information. It highlights the importance of health professionals, especially the nurse, on intervention of sex education together to these people and family, and the development of more research and specific materials in the area of sexual health for people with visual disability.
las personas con deficiencia visual representan una parte significativa de la población, pero aún se enfrentan muchas dificultades en el cumplimiento de derechos en todos los aspectos de la vida, incluida la salud sexual. La sexualidad aún es un tema muy complicado en nuestra sociedad, y cuando se trata de las personas con deficiencia visual se percibe que hay varios mitos en relación a su sexualidad, que interfieren en su acceso a la salud sexual y a la expresión de una sexualidad plena, sin preconcepto. Objetivo: analizar cómo la sexualidad es concebida y vivida por las personas con deficiencias visuales. Ruta metodológica: se trata de un estúdio exploratorio con enfoque cualitativo, realizado con 17 personas con deficiencia visual, usuarios de una institución de apoyo. El estudio cumplió con los siguientes criterios de inclusión: persona con deficiencia visual con más de 18 años de edad. El criterio de exclusión fue no tener otra deficiencia visual asociada. La recolección de datos fue realizada entre noviembre y diciembre 2015 mediante la técnica de grupo focal. Las sesiones de grupo focal fueran realizadas semanalmente y grabados con la ayuda de dos grabadoras del tipo MP4. Después de la recolección, los datos fueran transcritos y analizados mediante análisis de contenido. La presente investigación fue aprobada por el Comité Ético de Investigación del Centro de Ciencias de la Salud de la Universidad Federal de Paraíba, bajo el protocolo nº0264/15 y CAAE: 44927215.2.0000.5188. Resultados: Partir de análisis, surgieron cinco categorías temáticas: La sexualidad: desde la concepción hasta la expresión; La sexualidad en la infancia y adolescencia: debilidad en el acceso a la información; obstáculos para la expresión de su sexualidad; Doble desafío para las mujeres: la discapacidad visual y las cuestiones de género; y Educación sexual: debilidades y perspectivas. Consideraciones finales: partiendo de la reflexión sobre las colocaciones de los participantes, se concluye que la sociedad aún tiene poco entendimiento con relación a la sexualidad de las personas con deficiencia visual, lo que interfiere en el acceso a las informaciones sexuales específicas e adaptadas. Se destaca la importancia de los profesionales de la salud, principalmente el enfermero, en la intervención en educación sexual junto a estas personas y familia, y en el desarrollo de más investigación y materiales educativos específicos en el ámbito de la salud sexual para personas con deficiencia visual.
Keywords: Enfermagem
Pessoas com deficiência visual
Sexualidade
Saúde da pessoa com deficiência
Nursing
Sexuality
Visually impaired persons
Health of the disable
Enfermería
Personas con deficiencia visual
Sexualidad
Salud de la persona con discapacidad
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Enfermagem
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Citation: COSTA, Thayris Mariano de Medeiros. Pessoas com deficiência visual e sexualidade: concepções e vivências. 2016. 85 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem)- Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8708
Issue Date: 30-Dec-2016
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf810,18 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.