Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8856
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Atividades anti-Candida e análise da citotoxidade do extrato da folha da Schinopsis brasiliensis Engl.
metadata.dc.creator: Jovito, Vanessa de Carvalho
metadata.dc.contributor.advisor1: Castellano, Lúcio Roberto Cançado
metadata.dc.description.resumo: Diante da necessidade de implementação de novos agentes terapêuticos para tratamento de infecções ocasionadas por Candida spp., a busca por produtos naturais cresce mundialmente. Frente a este cenário extratos obtidos a partir de Schinopsis brasiliensis Engl. representam potenciais fontes de agentes químicos com efeito antifúngico, considerando sua reconhecida atividade bacteriana. Objetivo: Avaliar o potencial antifúngico, anti-biofilme e citotóxico do extrato rotaevaporado da folha da S. brasilienses sobre Candida spp. Métodos: Foi determinada a Concentração Inibitória Mínima - CIM e Fungicida Mínima- CFM sobre 6 cepas de Candida, através da técnica da microdiluição em placas de 96 poços. Foi avaliada a cinética de inibição de crescimento da C. albicans ATCC 60193 em diferentes tempos nas concentrações de CIM, CIM x 2 e CIM X 4. A avaliação anti-biofilme foi determinada em placas de microdiluição com avaliação da inibição de formação e redução dos biofilmes maduros uniespécie ou multiespécie de 24 e 48 horas. Foi avaliado o sinergismo pelo método checkerboard. A citotoxidade foi realizada em células sanguíneas humanas. Os dados foram analisados através do teste T pareado, ANOVA e post hoc de Tukey, Mann- Wihitney, Kruskall Wallis com p<0,05 Resultados: Para a Concentração Inibitória Mínima o extrato da folha da S. brasiliensis apresentou atividade antifúngica frente a todas as espécies de Candida avaliadas. Houve redução na formação e nos biofilmes maduros uni e multiespécie para os períodos de 24 e 48h. Na cinética apenas a concentração CIM x 4 apresentou resultados, sendo o melhor resultado do extrato a partir de seis horas (p<0,01). Em todas as concentrações utilizadas no estudo até 1250 μg/ mL o extrato não apresentou citotoxidade em células humanas. Conclusão: O extrato da folha da S. brasiliensis possui atividade antifúngica sobre cepas do gênero Candida, apresentando, de modo geral, ação fungicida, especialmente após seis horas de contato com as células microbianas e efeito antibiofilme constituído por Candida spp. (uni e multiespécie), com habilidade para inibir a formação e reduzir o biofilme maduro, sem apresentar citotoxidade sobre células humanas de sangue periférico.
Abstract: Given the need to implement new therapeutic agents for the treatment of infections caused by Candida spp., the search for natural products grows worldwide. Against this background extracts obtained from Schinopsis brasiliensis Engl. represent potential sources of chemical agents with antifungal effect, considering their recognized bacterial activity. Objective: To evaluate the antifungal, anti-biofilm and cytotoxic potential of the rotavaporated extract of S. brasilienses leaf on Candida spp. Methods: Minimal Inhibitory Concentration - MIC and Minimum Fungicide - CFM were determined on 6 Candida strains by the microdilution technique in 96-well plates. The growth inhibition kinetics of C. albicans ATCC 60193 at different times in the MIC, MIC x 2 and MIC X 4 concentrations were evaluated. The anti-biofilm evaluation was determined in microdilution plates with evaluation of inhibition of formation and reduction of Biofilms ripe uniespecies or multispecies of 24 and 48 hours. The synergism was evaluated by the checkerboard method. Cytotoxicity was performed on human blood cells. The data were analyzed by Tukey, Mann-Wihitney, Kruskall Wallis, ANOVA and post-hoc paired T-test with p <0.05. Results: For the Minimum Inhibitory Concentration the leaf extract of S. brasiliensis presented antifungal activity against all The Candida species evaluated. There was a reduction in formation and in the mature biofilms uni and multispecies for the periods of 24 and 48h. In the kinetics only the MIC concentration x 4 presented results, being the best result of the extract from six hours (p <0.01). At all concentrations used in the study up to 1250 μg / mL the extract did not show cytotoxicity in human cells. Conclusion: The extract of the leaf of S. brasiliensis has antifungal activity on strains of the genus Candida, showing, in general, fungicidal action, especially after six hours of contact with the microbial cells and antibiofilm effect constituted by Candida spp. (Uni and multispecies), with ability to inhibit the formation and reduction of mature biofilm without cytotoxicity on peripheral blood mononuclear cells.
Keywords: Plantas medicinais.
Candida.
Biofilme.
Cinética microbiana.
Medicinal plants.
Candida.
Biofilm.
Kinetics microbial.
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Odontologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Citation: JOVITO, Vanessa de Carvalho. Atividades anti-Candida e análise da citotoxidade do extrato da folha da Schinopsis brasiliensis Engl. 2016. 47 f. Dissertação, (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8856
Issue Date: 13-Dec-2016
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo total.pdf1,1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.