Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8865
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Fatores relacionados às perdas dentárias em adultos e idosos em um município de médio porte no nordeste do Brasil
metadata.dc.creator: Maia, Fabiana Barros Marinho
metadata.dc.contributor.advisor1: Forte, Franklin Delano Soares
metadata.dc.description.resumo: Introdução: Na fase adulta da vida ocorre o maior número de perdas dentárias, o que ocasiona um elevando número de edentados. Objetivo: O presente estudo verificou os fatores relacionados às perdas dentárias em adultos e idosos de um município de médio porte no Nordeste do Brasil. Metodologia: Este trabalho foi um estudo do tipo observacional, ecológico e transversal realizado através de visita domiciliar utilizando os códigos e critérios do SBBrasil (2010). Foram examinados 212 adultos de ambos os sexos. O desfecho do estudo foi a perda dentária, obtido a partir de sua ocorrência (componente “perdido” do Índice CPO-D) e classificado em dois modelos: a) distribuição das perdas dentárias pela mediana de 24 dentes e b) utilizando até 12 dentes perdidos incluindo os anteriores. Foi usado o teste qui-quadrado e exato de Fisher, significativo com p<0,05, considerando o modelo de regressão logística múltipla. Resultados: Observou-se que o valor médio do CPO-D foi 27,0, sendo perdas dentárias o componente mais expressivo, com média de 23,05 não havendo significância entre os sexos (p= 0,665). Cerca de 83% da amostra estudou até 8 anos e 52,9% recebiam 1 salário mínimo ou mais, não apresentando relação com a perda dentária. O tempo da última visita ao dentista maior que 1 ano foi de 72,6% (p= 0,00) tanto para a mediana de perda de 24 dentes e quanto para de 12 dente; os que apresentaram a revisão/prevenção como motivo da última consulta tiveram respectivamente 89,59% e 71,87% menor de chance de perder os dentes; em relação aqueles que perderam até 12 dentes e que classificaram a qualidade de vida em saúde bucal com mais de um impacto obteve p= 0,05 apresentando chance 2,25 vezes maior de perda dentária quando comparado com os que classificaram sem impacto, sendo variáveis que apresentam relação com a perda dentária. Conclusão: Nos dois modelos estudados as variáveis tempo e motivo da última consulta apresentaram-se como fatores de risco e proteção semelhantes, independente do número de dentes perdidos.
Abstract: Introduction: In the adult stage of life occurs the greatest number of tooth loss, which causes an increasing number of edentulous. Objective: This study examined factors related to tooth loss in adults and elderly of a medium-sized municipality in northeastern Brazil. Methodology: This study was a study of observational, cross-sectional ecological and done through home visits using the codes and criteria of SBBrasil (2010). 212 adults of both sexes were examined. The outcome of the study was tooth loss, obtained from its occurrence ("missing teeth" component of DMFT index) and classified in two models: a) distribution of tooth loss by the median of 24 teeth and b) using up to 12 missing teeth including the foregoing. We used the chi-square and Fisher exact test, significant with p <0.05, considering the multiple logistic regression model. Results: It was observed that the mean value of DMFT was 27.0, and tooth loss the most significant component, averaging 23.05 with no significant difference between the sexes (p = 0.665). About 83% of the sample studied up to 8 years and 52.9% received one minimum wage or more, showing no relationship to tooth loss. The time of the last visit to the dentist greater than 1 year was 72.6% (p = 0.00) for both the median loss of teeth 24 and the tooth 12 for; those who presented the review / prevention as a reason for the last consultation were respectively 89.59% and 71.87% lower chance of losing teeth; towards those who have lost up to 12 teeth and who rated the quality of life in oral health with more of an impact obtained p = 0.05 chance presenting 2.25 times more tooth loss compared with those who rated no impact, and variables presenting relation to tooth loss. Conclusion: In both the variables and time of last visit reason models studied presented themselves as risk factors and similar protection, regardless of the number of missing teeth.
Keywords: Saúde Bucal
Perda de Dente
Adultos
Oral Health
Tooth Loss
Adult
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Odontologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Citation: MAIA, Fabiana Barros Marinho. Fatores relacionados às perdas dentárias em adultos e idosos em um município de médio porte no nordeste do Brasil. 2015. 44 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8865
Issue Date: 17-Dec-2015
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivo total.pdf1,51 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.