Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8910
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Produção do gênero Carta de solicitação no 9° ano do ensino fundamental: a escrita como prática social.
metadata.dc.creator: Amorim, Andreza Soares Espínola de
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, Erivaldo Pereira do
metadata.dc.description.resumo: Durante muitas décadas, o ensino da língua portuguesa nas escolas esteve alicerçado sobre uma perspectiva normativa, voltando-se quase exclusivamente para a assimilação das regras gramaticais ou da norma culta. Nesse contexto, as atividades de leitura e de escrita ocorriam de maneira descontextualizada, sem relação com a vivência dos alunos, o que dificultava o desenvolvimento dessas habilidades. De encontro a esse modelo de ensino, a proposta de trabalho a partir de gêneros discursivos, na qual se enquadra a presente pesquisa, procura explorar o texto em condições reais de uso, com destaque para a função comunicativa além dos aspectos formais de cada gênero. Aportando-se em teóricos como Bakhtin (2011) e Marcuschi (2010), no que diz respeito à concepção de gênero discursivo/textual, e Dolz, Schneuwly e Noverraz (2011), no que se refere às Sequências Didáticas, entre outros. O trabalho que ora se apresenta tem como objetivo instrumentalizar os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal localizada na zona rural de Pedro Régis, PB, para reconhecerem e produzirem o gênero carta de solicitação a partir de seu funcionamento linguístico-discursivo e de seu uso social, investigando o desenvolvimento de habilidades e estratégias argumentativas, a partir da proposta de produção textual contextualizada do gênero e subsidiada por uma sequência didática. O gênero foi escolhido por possibilitar a escrita com uma função social concreta: solicitar direitos e persuadir um interlocutor específico, por meio de argumentos, a tomar providências sobre alguma situação. Contando com 10 (dez) alunos voluntários, o corpus da nossa análise foi composto pela primeira e pela última versão dos textos por eles produzidos durante a aplicação da Sequência. Com base nas primeiras produções, mapeamos as principais dificuldades apresentadas pelos alunos no tocante ao gênero e, a partir desse mapeamento, foram elaborados os módulos/oficinas com vistas à superação dessas dificuldades. Após a análise comparativa entre as duas versões das cartas, identificamos que os avanços foram mais significativos nos seguintes aspectos: informatividade, mecanismos de coesão e desenvolvimento da argumentação. Os resultados apontam, portanto, para a conclusão segundo a qual a utilização da SD no processo de ensino-aprendizagem do gênero investigado contribuiu para ampliar a competência linguístico-discursiva dos estudantes.
Abstract: For several decades, Portuguese Language teaching in schools was founded on a normative perspective, turning almost exclusively to the assimilation of grammar rules or standard language. In this context, the activities of reading and writing took place in a decontextualized way, unrelated to students experience, which made difficult the development of these skills. Against this teaching model, the work proposal from discourse genres, in which fits the current study, seeks to explore text in real conditions of use, highlighting the communicative function beyond the formal aspects of each genre. Based on theorists as Bakhtin (2011) and Marcuschi (2010) with regard to the conception of discoursive/ textual genre, and Dolz, Schneuwly and Noverraz (2011) in relation to Didactic Sequences, among others. The present study aims to prepare 9th grade students of public Elementary School located in the countryside of Pedro Régis (PB) to recognize and produce the genre letter of request from its linguistic and discursive functioning and its social use, investigating the development of skills and argumentative strategies, from the proposed contextualized textual genre production and subsidized by a didactic sequence. The genre was chosen for enabling writing with a concrete social function: request rights and persuade a specific interlocutor, through argument, to take action on any situation. Counting with ten (10) volunteer students, the corpus of our analysis was made for the first and last version of the texts produced by them during the Sequence's implementation. Based on the first productions, we mapped the main difficulties presented by students about genre, from that mapping, modules / workshops were developed aiming to overcome these difficulties. After the comparative analysis between the two versions of the letters, we identified that advances were more significant in the following ways: informativeness, cohesion mechanisms and development of argument. Therefore, the results indicate that the use of DS in the teaching-learning process of investigated genre contributed to enlarge the linguistic-discursive competence of students.
Keywords: Ensino e aprendizagem de escrita
Carta de solicitação
Sequência didática
Teaching and writing learning
Letter of request
Didactic sequence
metadata.dc.subject.cnpq: LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Letras
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Profissional em Letras (Profletras)
Citation: AMORIM, Andrezza Soares Espínola de. Produção do gênero Carta de solicitação no 9° ano do ensino fundamental: a escrita como prática social. 2016 173 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/8910
Issue Date: 29-Nov-2016
Appears in Collections:Centro de Ciências Aplicadas e Educação (CCAE) - Mestrado Profissional em Letras (Profletras)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf2,41 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.