Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9059
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Prevalência e fatores associados aos distúrbios vocais na população de adultos do município de João Pessoa-PB
metadata.dc.creator: Bandeira, Rafael Nóbrega
metadata.dc.contributor.advisor1: Almeida, Anna Alice Figueirêdo de
metadata.dc.contributor.advisor2: Coêlho, Hemílio Fernandes Campos
metadata.dc.description.resumo: Os distúrbios vocais podem estar associados ao comportamento vocal inadequado ou abusivo e, quando presentes, são caracterizados por sintomas vocais auditivos e/ou sensoriais, decorrentes da exposição a fatores de risco ambientais, organizacionais e/ou pessoais. Quando se aborda a prevalência destes distúrbios na população brasileira, observam-se dados imprecisos pelo fato de que as pesquisas existentes não utilizaram um processo de amostragem probabilística para a composição do tamanho de amostra. Assim, o objetivo deste estudo foi estimar a prevalência dos distúrbios vocais na população de adultos do município de João Pessoa – PB, bem como utilizar um modelo de decisão que ajude a explicar quais os fatores de risco estão mais associados com este distúrbio. Para isto, utilizou-se uma amostragem probabilística por estratificação, onde cada estrato correspondeu a um dos cinco distritos sanitários do município. Dessa forma, uma amostra mínima de 384 voluntários foi estipulada. A coleta de dados foi realizada em 15 unidades de saúde da família e os voluntários foram solicitados a ler e caso concordassem, assinar um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Em seguida, respondiam oralmente ao Protocolo de Triagem Vocal adaptado, que tinha como objetivo realizar uma autoavaliação de queixas e do grau de satisfação com a voz e verificar apresença frequência de sintomas vocais auditivos e sensoriais e a exposição a fatores de risco ambientais, organizacionais e pessoais. O ponto de corte de 16 ou mais pontos do escore total da Escala de Sintomas Vocais foi utilizada para determinar quais dos indivíduos apresentava distúrbios vocais, em caso positivo o voluntário era convidado a gravação da emissão sustentada da vogal /e/ e contagem de 1 a 10 para posterior análise perceptivo-auditiva. Para determinar quais fatores de risco estavam mais associados com o desfecho “apresentar distúrbio vocal de acordo a ESV”, utilizou-se um modelo de decisão baseado em regressão logística. Verificamos em nosso estudo, a prevalência de 19,8% de distúrbios da voz na população de adultos do município de João Pessoa – PB, de acordo com o escore total da Escala de Sintomas Vocais. A prevalência de queixas vocais autorreferidas nesta população é de 16,9%. As queixas mais frequentes foram rouquidão, falar errado, falhas na voz e gagueira. Indivíduos com problemas vocais a partir da ESV possuem menor grau de satisfação com a própria voz em relação aos demais. A população com problema de voz a partir da ESV apresentam desvio vocal de grau leve a moderado nos parâmetros grau geral, rugosidade e soprosidade. Os sintomas vocais auditivo e sensorial mais prevalentes, são respectivamente falhas na voz e dor cervical. Participantes com problemas vocais apresentam mais sintomas vocais que os demais. Os fatores de risco ambientais, organizacionais e pessoais mais prevalentes são respectivamente, poeira e/ou mofo, demanda vocal excessiva e falar muito. Todos os fatores de risco foram mais frequentes em participantes com problemas na voz através da ESV. O modelo de decisão baseado em regressão logística utilizado define que os fatores de risco mais associados com o desfecho “apresentar distúrbio vocal de acordo a ESV” são: ambiente estressante, equipamento inadequado, produtos irritativos, vida social intensa, histórico familiar de disfonia, problemas emocionais e problemas respiratórios.
Abstract: Voice disorders may be associated with inappropriate or abusive vocal behavior and, when present, are characterized by hearing and/or sensory symptoms, resulting of the exposure to environmental, organizational and/or personal risk factors. When the prevalence of these disorders in the Brazilian population are wondered, imprecise data is observed by the fact that those researches didn’t used probabilistic sampling procedures for the sample size composition. The purpose of this study is to estimate the prevalence of voice disorders in the adult’s population from the city of João Pessoa – PB, as using a decision model that helps to explain which risk factors are more associate to this disorder. To this achievement, we used a random stratified sampling, where each layer corresponded to one of the five sanitary districts of the city. This way, a minimal sample of 384 volunteers was stipulated. The data collection were realized on 15 family health units and the volunteers were asked to read and, if they agreed, to sign a free and informed agreement term. Then, the participants orally answered to the adapted Vocal Screening Protocol, that had the objective of realize a self-assessment of vocal complaints and vocal satisfaction grade, as verify the frequency of hearing and sensory symptoms and environmental, organizational and personal risk factors. The cutoff point of 16 or more points in the total score of the Vocal Symptoms Scale (VoiSS) was used to determine which of the subjects had a vocal disorder. In positive case, the volunteers were asked to the recording of the /e/ sustained vowel and 1 to 10 counting for further hearing-perceptual evaluation. To determine which of the risk factors were more associated to the upshot “present a vocal disorder by the VoiSS”, a decision model based on logistic regression was used. We verified in our study, the prevalence of 19,8% of voice disorders in the adult’s population from the city of João Pessoa – PB, according to the total score of the Vocal Symptoms Scale. The prevalence of self-referred voice complaints was 16,9%. The more frequent complaints were hoarseness, wrongly speaking, voice failure and stuttering. Individuals with vocal complaints by the VoiSS has smaller satisfaction grade with the own voice, in relation to the others. The population with voice problems according to the VoiSS, has mild to moderate vocal deviation in the parameters of general grade, roughness and breathiness. The most frequent hearing and sensory vocal symptoms were respectively, voice failure and cervical pain. Participants with vocal problems, by the VoiSS, has more vocal symptoms than the others. The most frequent environmental, organizational and personal risk factors were, respectively, dust and/or mold, excessive vocal demand and talking a lot. Vocal risk factors are more common on people with voice problems according to the VoiSS. The decision model based on logistical regression defined that the risk factors more associated to the upshot “present a vocal disorder by the VoiSS” are: stressfully environment, inadequate equipment, irritative products, intense social life, family history of dysphonia, emotional and respiratory problems.
Keywords: Distúrbios da voz
Sinais e sintomas
Fatores de risco
Prevalência
Epidemiologia
Tomada de decisões
Voice disorders
Signs and symptoms
Risk factors
Prevalence
Epidemiology and decision making
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Exatas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Modelos de Decisão e Saúde
Citation: BANDEIRA, Rafael Nóbrega. Prevalência e fatores associados aos distúrbios vocais na população de adultos do município de João Pessoa-PB. 2016. 113 f. Dissertação (Mestrado em Modelos de Decisão e Saúde) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2016.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9059
Issue Date: 4-Feb-2016
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Modelos de Decisão e Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total3,4 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.