Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9188
metadata.dc.type: Tese
Title: Análise dialógica de réplicas no gênero comentário on-line: A compreensão responsiva ativa sobre o segundo casamento cristão-católico
metadata.dc.creator: Araújo, Patrícia Silva Rosas de
metadata.dc.contributor.advisor1: Francelino, Pedro Farias
metadata.dc.description.resumo: Desde o dia em que Bento XVI foi eleito Papa pelo Conclave (19 de abril de 2005), seu discurso tornou-se alvo de holofotes e suas palavras tomaram proporções universais, até porque ele se posicionou não apenas sobre temas religiosos, mas, sobretudo, de interesse social, como economia, consumismo, casamento e divórcio. Estes dois últimos temas, em particular, causaram muito alvoroço na mídia brasileira por causa da divulgação da Exortação Apostólica Pós-Sinodal Sacramentum Caritatis (EASC), publicada em 22/02/2007, que trata da Eucaristia e, em um de seus subtemas, da indissolubidade do matrimônio. A mídia, com a intenção de espetacularizar a informação, estampou nas capas de jornais impressos e virtuais que o Papa Bento XVI chamou o segundo casamento de praga social. Com o tom valorativo na palavra “praga”, o enunciado do Pontífice suscitou inúmeras réplicas. Nesse contexto, constitui nosso objeto de estudo nessa tese a análise dialógica de réplicas no gênero comentário on-line sobre o segundo casamento cristão-católico. Desse modo, buscamos responder a seguinte questão: como a compreensão responsiva ativa a enunciados concretos sobre o segundo casamento cristão-católico se realiza no gênero comentário on-line? Para responder a tal questão, constitui nosso objetivo geral observar como se dão as relações dialógicas e seus efeitos ideológicos no gênero comentário on-line. A metodologia de análise dos dados baseou-se no método sociológico de análise dialógica da linguagem, proposto por Bakhtin/Volochinov (2010), cuja ordem metodológica para o estudo da língua parte dos tipos de interação verbal, em seguida dos enunciados e seus gêneros e das formas da língua. O corpus da pesquisa está composto por dois conjuntos de dados. Um é a Exortação Apostólica Pós-Sinodal Sacramentum Caritatis e o segundo está composto por comentários on-line, que surgiram como respostas a essa exortação. Os comentários foram retirados de páginas virtuais de grandes portais, jornais, fóruns e blogs, todos postados no ano de 2007, ano em que o enunciado foi construído. Os resultados da pesquisa apontam que: a) o enunciado concreto se materializa a partir de sua esfera de produção/circulação/recepção. Assim, para a doutrina cristã-católica, o matrimônio é assunto religioso, porque é um vínculo estabelecido pelo próprio Deus. Logo, é incabível o divórcio ou qualquer outra prática que atente contra esse sacramento; b) não se pode retirar da palavra seu contexto social, pois ela está embebida da situação pragmática que a envolve. Assim, cada palavra ocupa o sentido que lhe conferem a esfera de circulação, os falantes, a situação de produção, as ideologias etc. Desse modo, o sentido é tão plural quanto os contextos, que por sua vez não estão prontos, inertes, mas sempre em situação de interação verbal; c) o sujeito não tem álibi que lhe isente de ser um sujeito de resposta, ou seja, quando estamos diante de um enunciado, somos impelidos a responder a ele, ainda que tardiamente, silenciosamente, verbalmente, gestualmente etc., pois temos com ele uma relação responsiva ativa; d) a réplica é constitutiva das relações dialógicas que os sujeitos estabelecem entre si. Sem sujeito, sem relação dialógica, não existe réplica.
Abstract: From the day Benedict XVI was elected Pope by the Conclave (April 19, 2005) his speech became a spotlight and his words took on universal proportions, not least because he was positioned not only religious themes, but above all, of social interest, such as: economics, consumerism, marriage and divorce. These last two themes, in particular, caused a lot of upheaval in the Brazilian media because of the publication of the Post-Synodal Apostolic Exhortation Sacrament Caritatis (AESC) published on February 22, 2007, which deals about the Eucharist, and in one of its sub-theme of the indissolubility of the marriage. The media, with the intention of spectacular the information, printed in the covers of printed and virtual newspapers that Pope Benedict XVI called the second marriage of social plague. With its emphasis in the word “plague”, the Pontiff’s statement provoked numerous replicas. In this context, it is objet of study in this thesis the dialogical analysis of replicas in the genre online commentary about the Christian-Catholic marriage. In this way, we try to answer the follow question: how does the active responsive understanding to concrete statements about the second Christian-Catholic marriage take place in the online commentary genre? In order to answer this question, it is our general objective to observe how dialogical relations and their ideological effects are given in the online comment genre. The methodology of data analysis was based on the social method of dialogical analysis of language proposed by Bakhtin/Volochinov (2010) whose methodological order for the study of language, starts from the types of verbal interaction then the statements and their genres and the forms of the language. The research corpus consists of two sets of data. One is the Pos-Synodal Apostolic Exhortation Sacrament Caritatis and the second is composed by online, commentaries that have emerged as answer to this exhortation. The comments were taken from pages of larges portals, newspapers, forums and blogs, all posted in 2007, year in which the statement was built. The results of research indicate that: a) the concrete statement materializes from its sphere of production/circulation/reception. Thus, for the Christian-Catholic doctrine, marriage is a religious affair, because it is a bond established by God himself. Therefore, the divorce or any other practice that violates this sacrament is not possible; b) its social context cannot be removed from the word, because it is embedded in pragmatic situation that surrounds it. Thus, each word occupies the sense that they give to the sphere of circulation, the speakers, the situation of production, the ideologies, etc. In this way, the meaning is as plural as the contexts, which in turn are not ready, inert, but always in situation of verbal interaction; the subject does not have an alibi that exempt him from a subject of response, that is, when we are in front of a statement we are impelled to respond to him, albeit tardily, silently, verbally, gesture, etc. since we have with him a relation active responsive; d) the replica is constitutive of the dialogical relations that the subjects establish among themselves. Without a subject, without a dialogical relation, there is no replica.
Keywords: Enunciado concreto
Mídia virtual
Réplica
Comentário
Segundo casamento cristão-católico
Concrete statement
Virtual media
Replica
Comment
Second chistian-catholic marriage
metadata.dc.subject.cnpq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Linguística e ensino
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Linguística
Citation: ARAÚJO, Patrícia Silva Rosas de. Análise dialógica de réplicas no gênero comentário on-line: A compreensão responsiva ativa sobre o segundo casamento cristão-católico. 2017. 161 f. Tese (Doutorado em Linguística)-Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9188
Issue Date: 17-Mar-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total2,11 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons