Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9304
metadata.dc.type: Tese
Title: Identidade e hibridismo cultural na amazônia brasileira: um estudo comparativo de dois irmãos e cinzas do norte, de Milton Hatoum, e a selva, de Ferreira de Castro
metadata.dc.creator: Oliveira, Tássia Tavares de
metadata.dc.contributor.advisor1: Schneider, Liane
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa enfoca a produção poética da escritora brasileira contemporânea Marina Colasanti, sendo o corpus de análise composto por poemas de seus quatro livros de poesia, (1993), (1998), (2005) e (2009). No âmbito mais amplo, partimos do pressuposto de que a produção literária de autoria feminina foi, ao longo de séculos, parcialmente silenciada pela tradição cultural patriarcal, o que justifica nossa proposta de apresentar um trabalho que se alie com os movimentos de reconhecimento da produção de escritoras contemporâneas no contexto nacional, vinculados aos estudos sobre mulher e literatura, proposta que percebemos como ainda necessária, apesar dos avanços alcançados. Adotamos o entendimento de que a voz lírica nos poemas colasantianos selecionados evidenciam as relações e as tensões que se estabelecem no campo cultural marcado por um sistema de gênero que prioriza o masculino, onde um eu lírico se apresenta pela perspectiva das mulheres. Elegemos, nesse sentido, o corpo como categoria de análise para tratar dos poemas selecionados, a crítica cultural e feminista, sendo essa nossa principal fundamentação teórica, ao discutir o corpo gendrado, e não neutro. Além disso, analisamos como estão postas as representações do corpo e do erotismo do sujeito feminino e a construção de novas identidades culturais em relação ao sexo. Nossa metodologia de pesquisa consiste na discussão de algumas teorias de gênero e autoria feminina, da história do corpo e da literatura erótica, bem como da leitura analítica dos poemas selecionados, que buscam evidenciar o corpo feminino erotizado ou não, reconhecidamente um tema recorrente na poética colasantiana, também apontando a poesia lírica de Colasanti como uma forma de ruptura com a interdição sobre a interlocução erótica e os tabus que rondam os corpos das mulheres. Concluímos que a autora dá voz aos desejos de tantas mulheres, que querem liberdade para seus corpos e também para si mesmas.
Abstract: The present research focuses on the production of the Brazilian contemporary poet Marina Colasanti, having as our literary corpus four of her books of poems (1993), (1998), (2005) and (2009). In general terms, we defend that female poetic production has been for centuries parcially silenced by patriarchal cultural tradition, what justifies our proposal of developing a research in dialogue with established criticism on the literary production by women in the national context from a persective attuned with the field of women and literature. This sounds to us as a still necessary debate, despite considerable advances taken by women writers more recently. We believe that the lyric I in the selected poems by Colasanti gives evidence of relations and tensions established in the cultural field, marked by a gender system that gives priority to the masculine, here questioned by women’s perspective. Thus, we have taken the body as our category of analysis, in order to deal with the selected poems, having feminist and cultural studies as our main theoretical basis, discussing the body as always gendered, never neutral. So, we analyze how representations of the body and eroticism are connected to the feminine, observing the construction of cultural identities in respect to sexual difference. Our methodoly consists of developing a discussion of some gender theories, women’s literary production as well as studies on the history of the body and eroticism, followed by an analytical reading of the selected poems. Colasanti`s poetry is here taken as a way of rupture, of breaking with the historical interdiction imposed to women and the taboos affecting women’s bodies. We conclude that here the lyric eye gives opportunity to women to express or deal with female craving for freedom in respect to their bodies and their lives in wider terms.
Keywords: Marina Colasanti
Gênero
Poesia
Corpo
Erotismo
Marina Colasanti
Gender
Poetry
Body
Eroticism
metadata.dc.subject.cnpq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Letras
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Citation: OLIVEIRA, Tássia Tavares de. Identidade e hibridismo cultural na amazônia brasileira: um estudo comparativo de dois irmãos e cinzas do norte, de Milton Hatoum, e a selva, de Ferreira de Castro. 2017. 162 f. Tese (Doutorado em Letras)-Universidade Federal da Paraíba,João Pessoa, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9304
Issue Date: 27-Mar-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total1,89 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.