Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9361
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Inovação e ciclo de vida organizacional: o caso do setor de produção de cachaça da Paraíba
metadata.dc.creator: Santos, Jaysa Eliúde Aguia dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Machado, André Gustavo Carvalho
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação tem como objetivo analisar o comportamento das inovações empreendidas por organizações produtoras de cachaça do Estado da Paraíba e seus precedentes (condutores e habilitadores) ao longo do Ciclo de Vida Organizacional. Para atender a tal objetivo, os procedimentos metodológicos foram executados em duas fases. A primeira exploratória, na intenção de caracterizar as organizações produtoras de cachaça da Paraíba quanto ao estágio do Ciclo de Vida Organizacional, sob uma perspectiva quantitativa, na qual foi empreendido um survey utilizando questionários com 23 engenhos produtores de cachaça do Estado da Paraíba. Nessa fase os dados foram analisados por meio da utilização da técnica de Ranking Médio e suportada pela estatística descritiva básica. A segunda fase, sob uma abordagem qualitativa, fez uso da estratégia de pesquisa de estudo de casos múltiplos em dois engenhos selecionados a partir dos resultados da primeira fase do estudo. Nessa nova etapa, os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas, análise de documentos e observação direta sistemática e tratados por meio da técnica de análise de conteúdo. Os resultados da fase I demonstraram que os engenhos produtores de cachaça do Estado da Paraíba se encontram em diferentes fases do Ciclo de Vida Organizacional: sete em fase de nascimento, oito em fase de crescimento, três em fase de maturidade, três em fase de renovação e dois em fase de declínio. Desses engenhos, dois (denominados de engenho A e engenho B) que estão na fase de renovação foram selecionados a partir de critérios previamente estabelecidos. Os resultados da segunda fase evidenciaram que tanto o engenho A quanto o engenho B desenvolveram inovações de produto com intensidade radical, de processo com intensidade radical e incremental, do tipo organizacional com intensidade radical e incremental e de marketing, com cunho radical e incremental no engenho A, e com grau radical no engenho B, ao longo de suas trajetórias. Os principais condutores de inovação evidenciados foram a liderança e oportunidade de mercado e os principais fatores que habilitaram o desenvolvimento de inovações nos engenhos foram os recursos humanos e recursos financeiros. Conclui-se que a forma de inovar não depende especificamente da configuração em determinada fase do ciclo de vida organizacional, ou seja, o direcionamento à inovação deve considerar as características das organizações em termos de estratégia, estrutura, situação e estilo de tomada de decisão, além dos recursos possuídos e trajetória percorrida pela organização.
Abstract: This dissertation aims to analyze the behavior of innovations undertaken by cachaça producer organizations from the state of Paraíba and its precedents (drivers and enablers) throughout the Organizational Life Cycle. To reach this objective the methodological procedures were executed in two phases. The first was exploratory, in an attempt to characterize the cachaça producer organizations from Paraíba as to the stage of the Organizational Life Cycle, under a quantitative perspective, in which a survey was conducted using questionnaires with 23 cachaça distilleries from the state of Paraíba. In this phase the data were analyzed through the use of the Average Ranking technique and supported by the basic descriptive statistics. The second phase using a qualitative approach made use of the multiple case study research strategy in two cachaça distilleries selected from the results of the first phase of the study. In this new phase, the data were collected through semi-structured interviews, document analysis and systematic direct observation and treated through the technique of content analysis. The Phase I results showed that the cachaça distilleries in Paraíba are in different phases of the Organizational Life Cycle: seven in birth, eight in growth, three in maturity, three in the renewal phase, and two in the process of decline. Of these cachaça distilleries, two that (denominated cachaça distilleries A and B) are in the phase of renovation were selected from previously established criteria. The second phase results showed that both A and B cachaça distilleries developed product innovations with radical intensity, of process with radical and incremental intensity, of the organizational type with radical and incremental intensity and of marketing, with a radical and incremental character in the cachaça distilleries A, and with a radical degree in cachaça distilleries B, along its trajectories. The main innovation drivers evidenced were the market leadership and opportunity and the main factors that enabled the development of innovations in the cachaça distilleries were human resources and financial resources. It is concluded that the innovation way does not depend specifically on the configuration at a certain stage of the organizational life cycle, in other words, the direction to innovation must consider the characteristics of organizations in terms of strategy, structure, situation and style of decision making, beyond the resources possessed and the trajectory covered by the organization.
Keywords: Ciclo de Vida Organizacional
Inovação
Condutores de Inovação
Habilitadores de Inovação
Organizational Life Cycle
Innovation
Drivers of Innovation
Enablers of Innovation
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Administração
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Administração
Citation: SANTOS, Jaysa Eliúde Aguiar dos. Inovação e ciclo de vida organizacional: o caso do setor de produção de cachaça da Paraíba. 2017. 171 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/9361
Issue Date: 20-Feb-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA) - Programa de Pós-Graduação em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,84 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.